Liturgia diária, A multidão escuta Jesus - Mc 12,35-37

PRECISAMOS MUITO DE SUA AJUDA

Estimados irmãos venho aqui pedir a sua ajuda se possível for. Estamos fechando o mês e não vou conseguir pagar a mensalidade da divida do site referente ao servidor onde o site fica hospedado. Pra complicar minha situação tenho pai acamado. Diante das dificuldades que todos estamos passando compreendo o qto esta difícil para todos, mas se vc tiver a possibilidade de AJUDAR COM UMA DOAÇÃO sera de muita ajuda para diminuir as dividas. .Clique aqui para Doar

9ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

05 de junho de 2020

ORAÇÃO DO DIA

Pai, revela-me a identidade de teu filho Jesus, para que eu não me acerque dele movido por falsas esperanças.

PRIMEIRA LEITURA:  2Tm 3,10-17

Leitura da Segunda Carta de São Paulo a Timóteo.

Caríssimo, 10tu me tens seguido fielmente no ensino, no procedimento, nos projetos, na fé, na paciência, no amor, na perseverança, 11nas perseguições e nos sofrimentos que suportei em Antioquia, Icônio e Listra. E que perseguições sofri! Mas de todas elas o Senhor me livrou.

12Aliás, todos os que quiserem levar uma vida fervorosa em Cristo Jesus serão perseguidos. 13Os homens maus e sedutores irão de mal a pior, enganando e sendo enganados. 14Permanece firme naquilo que aprendeste e aceitaste como verdade; tu sabes de quem o aprendeste. 15Desde a infância conheces as Sagradas Escrituras: elas têm o poder de te comunicar a sabedoria que conduz à salvação pela fé em Cristo Jesus. 16Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para ensinar, para argumentar, para corrigir e para educar na justiça, 17a fim de que o homem de Deus seja perfeito e qualificado para toda boa obra.

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 119(118)

— Os que amam vossa lei têm grande paz!

— Os que amam vossa lei têm grande paz!

— Tantos são os que me afligem e perseguem, mas eu nunca deixarei vossa Aliança!

— Vossa palavra é fundada na verdade, os vossos justos julgamentos são eternos.

— Os poderosos me perseguem sem motivo; meu coração, porém, só teme a vossa lei.

— Os que amam vossa lei têm grande paz, e não há nada que os faça tropeçar.

— Ó Senhor, de vós espero a salvação, pois eu cumpro sem cessar vossos preceitos.

— Serei fiel à vossa lei, vossa Aliança; os meus caminhos estão todos ante vós.

EVANGELHO: Mc 12,35-37

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos. 
— Glória a vós, Senhor.

35Naquele tempo, Jesus ensinava no Templo, dizendo: “Como é que os mestres da Lei dizem que o Messias é Filho de Davi? 36O próprio Davi, movido pelo Espírito Santo, falou: ‘Disse o Senhor ao meu Senhor: senta-te à minha direita, até que eu ponha teus inimigos debaixo dos teus pés’. 37Portanto, o próprio Davi chama o Messias de Senhor. Como é que ele pode então ser seu filho?” E uma grande multidão o escutava com prazer.

Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Na tradição judaica, o Messias será um descendente do rei Davi. Será um homem extraordinário, escolhido por Deus para uma grande missão em favor do povo de Israel. Não será Deus, porque Deus é um só e não pode haver mais do que um. Será o profeta por excelência, semelhante a Moisés, como o próprio Moisés anunciou. Davi, no entanto, o chama de “Senhor”, dizendo com isso que ele é mais do que um descendente do rei. A questão colocada está dizendo que Jesus não depende de uma tradição, seja ela qual for. Ele está dentro dela e além dela. João Batista dirá: “Aquele que veio depois de mim, passou à minha frente porque existia antes de mim”. Comparando Jesus e Davi, São Pedro diz ao povo, no dia de Pentecostes, e o diz “com toda a franqueza”, que Davi morreu, foi sepultado e seu túmulo “encontra-se entre nós até hoje”. Jesus, ao contrário, está vivo, ressuscitado. E ainda São Pedro: “Davi, que não subiu ao céu, afirma: ‘Disse o Senhor ao meu senhor: Senta-te à minha direita’”. Mais do que descendente de Davi, Jesus é Senhor e Cristo. É o Verbo de Deus encarnado, que se sujeitou às nossas limitações e as aceitou, e por isso nasceu em Belém e se fez filho de Davi. A Palavra de Deus não está algemada, escreveu Paulo a Timóteo. A Palavra é Jesus que, aceitando as limitações humanas com seus preceitos e tradições, não se deixou algemar.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Diante do Deus Criador somos sempre devedores de gratidão. Assim que abrimos os olhos para este mundo estamos cercados(as) de dons que recebemos sem nenhum mérito. A vida é o grande presente. Coloco-me na presença do Senhor dos senhores, o Deus da vida, e abro meu ser em louvor e gratidão, rezando com o salmista: “Que todos os povos louvem a Deus com gritos de alegria!
Cantem hinos de louvor a ele; ofereçam a ele louvores gloriosos.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Faça a leitura do Evangelho com calma e atenção. Qual é o contexto da narrativa? A quem Jesus está instruindo? Por que a multidão o escuta com prazer? De que forma as palavras de Jesus tocam o coração dos seus ouvintes?

“Enquanto as multidões o escutavam com prazer, percebendo o novo na pregação de Jesus, os escribas procuravam, nos detalhes das leis e das profecias, algo para criticá-lo. Eles fechavam os olhos à verdade. Jesus é perfeito de Deus e perfeito homem. É filho de Deus, mas também filho de Davi, nascido da virgem Maria. Nós temos dificuldade em harmonizar estas duas dimensões. Mas Deus não é para ser entendido, mas amado. Um Deus que entendêssemos totalmente seria tão pequeno quanto nós. E por isso mergulhamos com alegria no oceano da fé. Não precisamos, nem conseguimos, entender a Deus, mas ele nos dá o privilégio de amá-lo. O pensar comum exige ver para crer; a fé nos possibilita crer para poder ver.”(Viver a Palavra – 2020. Frei Aldo Colombo – Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Acolho com prazer os ensinamentos do Mestre? As palavras e gestos de Jesus tocam minha vida e inspiram minhas ações? Eu busco a Palavra de Deus que me dá prazer e força na fé? “Jesus, princípio e realização do homem novo, convertei a vós o meu coração, para que, deixando as sendas do erro, siga os vossos passos no caminho que conduz à vida.”

Oração (Vida)
Senhor Jesus, invoco tua presença para que eu possa te servir com o coração agradecido. Permaneça comigo, abençoa meus projetos de trabalho, minha vontade de fazer o bem e, que tudo o que eu fizer, até mesmo as pequenas gentilezas sejam um testemunho de minha sintonia com a tua proposta de fraternidade e de serviço gratuito em prol do teu reinado sobre toda a criação.
Renova minhas forças, dá-me um coração generoso para atender com amabilidade as pessoas e não ser indiferente às necessidades delas. Especialmente, Senhor, dá-me uma fé profunda para que eu acredite na tua palavra e uma vontade forte de agir corretamente e fazer o bem sem olhar a quem.
Senhor, quando eu estiver confuso(a), guia-me; quando eu me sentir fraco(a), fortalece-me; quando eu estiver cansado(a), enche-me com a luz do Espírito Santo. Amém.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? De que forma você deseja colocar em prática os apelos que a Palavra de Deus lhe revelou neste dia?

Bênção
” Saúdem-se uns aos outros com o beijo da caridade. Que a paz esteja com todos vocês que estão em Cristo” ( I Pd 5,14).

Ir. Carmen Maria Pulga

Confira a Homilia dominical.Clique aqui

[apss_share]