Oração diária, O Espírito do Senhor está sobre mim... - Lc 4,16-30
Faça uma doação de qualquer valor e ajude a manter o site no ar !

PIX CHAVE EMAIL: doacao@catequizar.com.br
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Lc 4,16-30

Jesus está em Nazaré e na sinagoga faz a sua pregação inaugural. Ele veio para todos os necessitados deste mundo,

Façamos a oração do dia: Pai, que as contrariedades da vida jamais me impeçam de seguir o caminho que traçaste para mim. Com Jesus, quero seguir sempre adiante!

22ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

Liturgia do dia 31 de agosto de 2020

PRIMEIRA LEITURA: 1Cor 2,1-5

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios – 1Irmãos, quando fui à vossa cidade anunciar-vos o mistério de Deus, não recorri a uma linguagem elevada ou ao prestígio da sabedoria humana. 2Pois, entre vós, não julguei saber coisa alguma, a não ser Jesus Cristo, e este, crucificado.

3Aliás, eu estive junto de vós, com fraqueza e receio, e muito tremor. 4Também a minha palavra e a minha pregação não tinham nada dos discursos persuasivos da sabedoria, mas eram uma demonstração do poder do Espírito, 5para que a vossa fé se baseasse no poder de Deus e não na sabedoria dos homens.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 118

— Quanto eu amo, ó Senhor, a vossa lei!
— Quanto eu amo, ó Senhor, a vossa lei!

— Quanto eu amo, ó Senhor, a vossa

lei! Permaneço o dia inteiro a meditá-la.

— Vossa lei me faz mais sábio que os rivais, porque ela me acompanha eternamente.

— Fiquei mais sábio do que todos os meus mestres, porque medito sem cessar vossa Aliança.

— Sou mais prudente que os próprios anciãos, porque cumpro, ó Senhor, vossos preceitos.

— De todo mau caminho afasto os passos, para que eu siga fielmente as vossas ordens.

— De vossos julgamentos não me afasto, porque vós mesmo me ensinastes vossas leis

EVANGELHO:  Lc 4,16-30

– O Senhor esteja convosco.
– Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
– Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 16veio Jesus à cidade de Nazaré, onde se tinha criado. Conforme seu costume, entrou na sinagoga no sábado, e levantou-se para fazer a leitura. 17Deram-lhe o livro do profeta Isaías. Abrindo o livro, Jesus achou a passagem em que está escrito: 18“O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me consagrou com a unção para anunciar a Boa Nova aos pobres; enviou-me para proclamar a libertação aos cativos e aos cegos a recuperação da vista; para libertar os

oprimidos 19e para proclamar um ano da graça do Senhor”.

20Depois fechou o livro, entregou-o ao ajudante e sentou-se. Todos os que estavam na sinagoga tinham os olhos fixos nele. 21Então começou a dizer-lhes: “Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir”. 22Todos davam testemunho a seu respeito, admirados com as palavras cheias de encanto que saíam da sua boca. E diziam: “Não é este o filho de José?”

23Jesus, porém, disse: “Sem dúvida, vós me repetireis o provérbio: Médico, cura-te a ti mesmo. Faze também aqui, em tua terra, tudo o que ouvimos dizer que fizeste em Cafarnaum”. 24E acrescentou: “Em verdade eu vos digo que nenhum profeta é bem recebido em sua pátria. 25De fato, eu vos digo: no tempo do profeta Elias, quando não choveu durante três anos e seis meses e houve grande fome em toda a região, havia muitas viúvas em Israel. 26No entanto, a nenhuma delas foi enviado Elias, senão a uma viúva que vivia em Sarepta, na Sidônia.

27E

no tempo do profeta Eliseu, havia muitos leprosos em Israel. Contudo, nenhum deles foi curado, mas sim Naamã, o sírio”. 28Quando ouviram estas palavras de Jesus, todos na sinagoga ficaram furiosos.29Levantaram-se e o expulsaram da cidade. Levaram-no até o alto do monte sobre o qual a cidade estava construída, com a intenção de lançá-lo no precipício. 30Jesus, porém, passando pelo meio deles, continuou o seu caminho

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Jesus está em Nazaré e na sinagoga faz a sua pregação inaugural. Ele veio para todos os necessitados deste mundo, segundo o que ele mesmo leu no profeta Isaías. Todos os que o ouviam estavam de acordo com ele, até perceberem que o programa de Jesus não era só para eles, mas para todas as pessoas, e que para ajudar a resolver os problemas do mundo cada um devia renunciar a seus privilégios.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

A leitura orante é uma maneira de dialogar com Deus, que fala conosco por meio de sua Palavra. Nesse diálogo, aos poucos vamos conhecendo o mistério de Cristo e o coração de Deus. São Gregório Magno lembrava: “Conheço o coração de Deus por meio das Palavras de Deus”. Também nós, por meio da leitura, da escuta e da contemplação da Palavra, queremos conhecer o mistério de Cristo e o coração de Deus.

Rezemos, pedindo a abertura de nosso coração: “Ó Espírito Santo, dai-nos um coração grande, aberto à vossa silenciosa e forte palavra inspiradora; fechado a todas as ambições mesquinhas, alheio a qualquer desprezível competição humana. Um coração grande, desejoso de se tornar semelhante ao Coração do Senhor Jesus!”

Leitura (Verdade)

O Espírito do Senhor está sobre mim.” Faça a leitura do Evangelho quantas vezes julgar necessário. Durante a leitura, destaque os verbos e os personagens que mais lhe chamaram atenção. O que acontece no Evangelho? O que Jesus faz? Qual é a mensagem que Ele transmite?

A sinagoga ocupava o lugar central na observância religiosa dos judeus. Aos sábados era feita a leitura de passagens do Torá – Livro do Lei – e dos profetas. Foi numa sinagoga de sua terra natal que Jesus anunciou com clareza sua missão, a partir do profeta Isaías, que viveu seis séculos antes. São clientes privilegiados os últimos, para quem, mais tarde, proclamaria as Bem-aventuranças.

Ele anuncia a Boa-Nova aos pobres, aos presos, aos cegos e aos oprimidos. Mais, ele anuncia o ano favorável. Seus conterrâneos, apesar de admitirem sua sabedoria, o rejeitaram por ser um deles, uma pessoa do povo. É o preconceito que desqualifica, sem tentar perceber o sentido da afirmação. Nazaré perdeu a chance de acolher o Profeta.

Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim? Neste momento, leia novamente o Evangelho, mas desta vez para escutar o que o Senhor tem a lhe dizer. O que o Evangelho lhe diz? Leia o texto com bastante calma e deixe-se conduzir pela Palavra. Escute o que Jesus quer lhe dizer por meio daquela palavra ou versículo que lhe chamou mais atenção.

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Você escutou o Senhor, e, nesta etapa da leitura orante, o Senhor também quer escutar você. Aproxime-se dele sem medo e abra seu coração, conte-lhe o que se passa com você. Deus, presente no Filho pela ação do Espírito Santo, o(a) acolhe com o amor e o carinho de um Pai que espera o seu filho voltar e contar-lhe o que sente e do que precisa. Reze ao Senhor, agradeça-lhe sua vida.

Contemplação (Vida e Missão)

Ver os pontos positivos em todas as situações é uma sugestão de proposta para este dia.

Bênção

  • O Senhor Deus nosso Pai esteja sempre conosco.
  • Ele está no meio nós.

Oremos: “Senhor nosso Deus, Que enviastes Vosso Filho ao mundo Para curar as nossas enfermidades, Levar sobre Si as nossas dores, Redimir nossos pecados e Nos dar a Vida Eterna que vem de Vós, Tendes Piedade de nós!

Deus Misericordioso, Que cuida de todas as Vossas Criaturas, Atendei as nossas suplicas, e Segundo a Vossa Vontade, Protegei o Vosso Povo, Oprimido por essa doença terrível. Guardai e mantenhais a saúde daqueles Que não contraíram essa doença e Dai Senhor, aos que a contraíram, Paciência fortalecida, fé renovada e A cura desse mal, Para que todos nós desfrutemos De plena e duradoura saúde! Por Jesus Cristo nosso Senhor.” Amém.

Todo o Louvor, toda a Honra, toda a Gratidão, Toda a Fé, toda a Confiança, Toda a Adoração e toda a Glória Sejam dadas aos Senhor nosso Deus, Agora e para sempre! Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo! Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui