Oração diária, Jesus apareceu a Maria Madalena - Mc 16,9-15

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Mc 16,9-15

A presença de Jesus é vivificante e transforma a vida. Caminhemos na firmeza de da fé em Cristo Ressuscitado.

Façamos a oração do dia: Pai, livra-me da incredulidade que me impede de ser proclamador da ressurreição de teu Filho Jesus, por quem nos é oferecida a tua salvação.

Oitava da Páscoa – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 10 de abril de 2021

PRIMEIRA LEITURA: At 4,13-21 

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naqueles dias, os chefes dos sacerdotes, os anciãos e os escribas 13ficaram admirados ao ver a segurança com que Pedro e João falavam, pois eram pessoas simples e sem instrução. Reconheciam que eles tinham estado com Jesus. 14No entanto viam, de pé, junto a eles, o homem que tinha sido curado. E não podiam dizer nada em contrário.  15Mandaram que saíssem para fora do Sinédrio, e começaram a discutir entre si: 16“Que vamos fazer com esses homens? Eles realizaram um milagre claríssimo, e o fato tornou-se de tal modo conhecido por todos os habitantes de Jerusalém, que não podemos negá-lo. 17Contudo, a fim de que a coisa não se espalhe ainda mais entre o povo, vamos ameaçá-los, para que não falem mais a ninguém a respeito do nome de Jesus”. 18Chamaram

de novo Pedro e João e ordenaram-lhes que, de modo algum, falassem ou ensinassem em nome de Jesus. 19Pedro e João responderam: “Julgai vós mesmos, se é justo diante de Deus que obedeçamos a vós e não a Deus! 20Quanto a nós, não nos podemos calar sobre o que vimos e ouvimos”.

21Então, insistindo em suas ameaças, deixaram Pedro e João em liberdade, já que não tinham meio de castigá-los, por causa do povo. Pois todos glorificavam a Deus pelo que havia acontecido.

– Palavra do Senhor.

Graças a Deus.

SALMO 118(117)

— Dou-vos graças, ó Senhor, porque me ouvistes.

— Dou-vos graças, ó Senhor, porque me ouvistes.

— Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! “Eterna é a sua misericórdia!” O Senhor é minha força e o meu canto, e tornou-se para mim o Salvador. “Clamores de alegria e de vitória ressoem pelas tendas dos fiéis.

— A mão direita do Senhor fez maravilhas, a mão direita do Senhor me levantou, a mão direita do Senhor fez maravilhas! O Senhor severamente me provou, mas não me abandonou às mãos da morte.

— Abri-me vós, abri-me as portas da justiça: quero entrar para dar graças ao Senhor! “Sim, esta é a porta do Senhor, por ela só os justos entrarão!” Dou-vos graças, ó Senhor, porque me ouvistes e vos tornastes para mim o Salvador!

EVANGELHO:
Mc 16,9-15 

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

9Depois de ressuscitar, na madrugada do primeiro dia após o sábado, Jesus apareceu primeiro a Maria Madalena, da qual havia expulsado sete demônios. 10Ela foi anunciar isso aos seguidores de Jesus, que estavam de luto e chorando.11Quando ouviram que ele estava vivo e fora visto por ela, não quiseram acreditar. 12Em seguida, Jesus apareceu a dois deles, com outra aparência, enquanto estavam indo para o campo. 13Eles também voltaram e anunciaram isso aos outros. Também a estes não deram crédito. 14Por fim, Jesus apareceu aos onze discípulos enquanto estavam comendo, repreendeu-os por causa da falta de fé e pela dureza de coração, porque não tinham acreditado naqueles que o tinham visto ressuscitado. 15E

disse-lhes: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura!”

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Terminamos a semana das visões. O Ressuscitado é visto em encontros inesperados de grande intimidade. Ele toma a iniciativa com um corpo que parece não ocupar espaço. É o corpo ressuscitado, mais próximo, mais perto. O ponto de partida foi a visão do túmulo vazio. O Discípulo viu o vazio e acreditou. Acreditou que Jesus estava vivo. Acreditou sem ter visto. Jesus, porém, se deixou ver. Foi visto pelas mulheres, por Pedro, pelos discípulos de Emaús, pelos Onze, pelos sete na praia. Muitos não acreditaram no testemunho dos que viram. De repente, Jesus se põe no meio, igualmente próximo de todos, censura os que não acreditam e envia todos em missão. Deem ao mundo a Boa Notícia de que a vida venceu a morte. Vida nova! A vida nova, que não repete a anterior, por isso é nova num corpo ressuscitado com propriedades novas. Os discípulos deixaram por escrito o que viram e experimentaram, narrando com palavras de tempo e espaço a história de um Deus encarnado num corpo ressuscitado.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

A presença de Jesus é vivificante e transforma a vida. Caminhemos na firmeza de da fé em Cristo Ressuscitado.

Abramo-nos à ação do Espírito Santo que reza em nós, dizendo: “Ó divino Espírito, ensina-me tudo quanto Jesus ensinou. Dá-me inteligência para entender; memória para lembrar; vontade dócil para praticar; coração generoso para corresponder aos teus convites. Amém.”

Leitura (Verdade)

Este é o momento de compreendermos o texto. O que ele diz? Leia-o com calma e silenciosamente. Depois, leia-o novamente em voz alta e pausadamente, repetindo as palavras que mais chamaram sua atenção.

“O texto conclui o Evangelho de Marcos fazendo um relato das aparições do Ressuscitado. A figura de Maria Madalena tem grande destaque nos Evangelhos. A expulsão de sete demônios significa a mudança verificada em sua vida depois de conhecer Jesus. Ela esteve presente em oportunidades importantes, inclusive junto à cruz, e foi a primeira a encontrar-se com o Senhor Ressuscitado. Não há dúvida de que ela ocupa um lugar importante entre as amigas de Jesus. O final do Evangelho de Marcos é um envio para a missão, apesar da oscilação da fé dos apóstolos. É a oitava vez que Marcos emprega a palavra Evangelho. Aqui a perspectiva é a mais universal possível: batizar e anunciar a Boa-Nova ao mundo inteiro.”

Meditação (Caminho)

Vamos trazer o texto para a nossa vida. De que forma a Palavra de Deus está em sintonia com a realidade em que eu vivo? Como é minha relação com o Mestre? Quais sentimentos a Palavra de Deus despertou em mim?
Fique em silêncio por alguns instantes para compreender melhor o sentido deste testemunho dos que fizeram a experiência da ressurreição.

Oração (Vida)

“Ó Jesus, verdadeira luz que ilumina a humanidade, viestes do Pai para ser nosso mestre e nos ensinar seu caminho na verdade: vida e espírito são as “palavras” que nos destes.
Concedei-nos conhecer os mistérios de Deus e suas incompreensíveis riquezas.
Mostrai-nos todos os tesouros da sabedoria e da ciência de Deus, que em vós estão guardados.
Fazei com que a palavra habite nossa vida e ilumine nossos passos.
Fazei com que a palavra se espalhe rapidamente e chegue até os confins da Terra.”

Contemplação (Vida e Missão)

Qual é a aplicação da Palavra em sua vida? O que você se propõe a viver hoje? Como pretende atingir esse propósito

Bênção

– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !