Liturgia diária Ide contar a João Batista o que vistes e ouvistes

3ª Semana do Advento – Ano Litúrgico A

14 de dezembro de 2016

ORAÇÃO DO DIA

Pai, enviaste teu Filho ao mundo, na condição de Messias dos pobres. Que eu saiba reconhecê-lo no gesto simples de solidariedade com os pobres e sofredores.

PRIMEIRA LEITURA: Is 45,6b-8.18.21b-25

Leitura do Livro do Profeta Isaías – 6b”Eu sou o Senhor, não há outro, 7eu formei a luz e criei as trevas, crio o bem-estar e as condições de mal-estar: sou o Senhor que faço todas essas coisas. 8Céus, deixai cair orvalho das alturas, e que as nuvens façam chover justiça; abra-se a terra e germine a salvação; brote igualmente a justiça: eu, o Senhor, a criei”. 18Isto diz o Senhor que criou os céus, o próprio Deus que fez a terra, a conformou e consolidou; não a criou para ficar vazia, formou-a para ser habitada: “Sou eu o Senhor, e não há outro. 21bAcaso não sou eu o Senhor? E não há deus além de mim. Não há um Deus justo, e que salve, a não ser eu. 22Povos de todos os confins da terra, voltai-vos para mim e sereis salvos, eu sou Deus, e não há outro. 23Juro por mim mesmo: de minha boca sai o que é justo, a palavra que não volta atrás; todo joelho há de dobrar-se para mim, por mim há de jurar toda língua, 24dizendo: Somente no Senhor residem justiça e força”. Comparecerão perante ele, envergonhados, todos os que lhe resistem; 25no Senhor será justificada e glorificada toda a descendência de Israel. – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 84

          — Que os céus lá do alto derramem o orvalho, que chova das nuvens o justo esperado!
— Que os céus lá do alto derramem o orvalho, que chova das nuvens o justo esperado!

— Quero ouvir o que o Senhor irá falar: é a paz que ele vai anunciar; a paz para o seu povo e seus amigos, para os que voltam ao Senhor seu coração. Está perto a salvação dos que o temem, e a glória habitará em nossa terra.

— A verdade e o amor se encontrarão, a justiça e a paz se abraçarão; da terra brotará a fidelidade, e a justiça olhará dos altos céus.

— O Senhor nos dará tudo o que é bom, e a nossa terra nos dará suas colheitas; a justiça andará na sua frente e a salvação há de seguir os passos seus.

EVANGELHO: Lc 7,19-23

– O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

         Naquele tempo, João convocou dois de seus discípulos, 19e mandou-os perguntar ao Senhor: És tu aquele que há de vir, ou devemos esperar outro?” 20Eles foram ter com Jesus, e disseram: “João Batista nos mandou a ti para perguntar: ‘És tu aquele que há de vir, ou devemos esperar outro?’” 21Nessa mesma hora, Jesus curou de doenças, enfermidades e espíritos malignos a muitas pessoas, e fez muitos cegos recuperarem a vista. 22Então, Jesus lhes respondeu: “Ide contar a João o que vistes e ouvistes: os cegos recuperam a vista, os paralíticos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam, e a boa nova é anunciada aos pobres. 23É feliz aquele que não se escandaliza por causa de mim!”

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Tem-se a impressão, pela pergunta feita, de que João não conhecia Jesus. Podiam até ser parentes, mas João não tinha clareza sobre a missão de Jesus. As composições teológicas dos evangelhos dificultam a reconstrução histórica dos fatos acontecidos. Tudo o que envolve o batismo de Jesus feito antes da prisão de João tem muito a ver com a visão teológica do evangelista. Sem fazer uma história sagrada, eles se completam. Lucas deixa João inteiramente do Antigo Testamento e não o menciona no batismo de Jesus. Coloca-o já na prisão. Evita também, segundo alguns comentaristas, identificá-lo com Elias, deixando Elias identificar-se com Jesus em sua missão. O importante são os sinais indicativos de quem é Jesus. As profecias falavam dos paralíticos que andam e dos cegos que recuperam a vista no Dia do Messias. Pois bem, vão dizer a João o que vocês viram e ouviram, e que nem João nem os seus discípulos se escandalizem a respeito de Jesus. O aspecto glorioso de sua messianidade está na Boa-Nova dada aos pobres. Para isso ele veio. Eles aguardam ansiosamente a sua segunda vinda.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2016’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
A festa de hoje é de São João da Cruz, um grande místico que nos ensina a viver em intimidade com Jesus Cristo. Assim como conduziu São João da Cruz em sua caminhada de fé cristã, peçamos que o Espírito Santo nos ilumine na caminhada e na compreensão da Palavra de Deus. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? “És tu aquele que há de vir ou devemos esperar outro?” Essa é a pergunta que os discípulos de João Batista fazem a Jesus. O que Jesus respondeu? O que Ele estava fazendo para que João mandasse seus discípulos lhe fazerem essa pergunta? Faça a leitura do texto com bastante atenção e identifique seu tema central.

Meditação (Caminho)
O que diz o texto bíblico? “És tu aquele que há de vir ou devemos esperar outro?” Essa é a pergunta que os discípulos de João Batista fazem a Jesus. O que Jesus respondeu? O que Ele estava fazendo para que João mandasse seus discípulos lhe fazerem essa pergunta? Faça a leitura do texto com bastante atenção e identifique seu tema central.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Oração é a ação de falar com Deus, por isso, aproxime-se do Senhor e tome consciência de sua condição humana e cristã. Apresente a Deus a sua oração.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Que sentimento está presente em você neste momento? O que Deus o(a) convida a viver?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]