Oração diária, Mestre, dize ao meu irmão que reparta a herança comigo... - Lc 12,13-21

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Lc 12,13-21

O dinheiro é uma mediação para o bem e para o mal. Ele deve ser nosso empregado, nunca nosso patrão. Ele deve estar a serviço da vida.

Façamos a oração do dia: Pai, preserva-me do apego exagerado às riquezas, as quais me tornam insensível às necessidades do meu próximo. Que eu descubra na partilha um caminho de salvação.

29ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

Liturgia do dia 19 de outubro de 2020

PRIMEIRA LEITURA: Ef 2,1-10

Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios – Irmãos, 1vós estáveis mortos por causa de vossas faltas e pecados, 2nos quais vivíeis outrora, quando seguíeis o deus deste mundo, o príncipe que reina entre o céu e a terra, o espírito que age agora entre os rebeldes.

3Nós éramos deste número, todos nós. Outrora nos abandonávamos às paixões da carne; satisfazíamos os seus desejos, seguíamos os seus caprichos e éramos por natureza como os demais, filhos da ira.

4Mas Deus é rico em misericórdia. Por causa do grande amor com que nos amou, 5quando estávamos mortos por causa das nossas faltas, ele nos deu a vida com Cristo. É por graça que vós sois salvos! 6Deus nos ressuscitou com Cristo e nos fez sentar nos céus em virtude de nossa união com Jesus Cristo.

7Assim, pela bondade, que nos demonstrou em Jesus Cristo, Deus quis mostrar, através dos séculos futuros, a incomparável riqueza da sua graça. 8Com efeito, é pela graça que sois salvos, mediante a fé. E isso não vem de vós; é dom de Deus! 9Não vem das obras, para que ninguém se orgulhe. 10Pois é ele quem nos fez; nós fomos criados em Jesus Cristo para as obras boas, que Deus preparou de antemão para que nós as praticássemos.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO  100(99)

— O Senhor mesmo nos fez, e somos seus.
— O Senhor mesmo nos fez, e somos seus.

— Aclamai o Senhor, ó terra inteira, servi ao Senhor com alegria, ide a ele cantando jubilosos!

— Sabei que o Senhor, só ele, é Deus, Ele mesmo nos fez, e somos seus, nós somos seu povo e seu rebanho.

— Entrai por suas portas dando graças, e em seus átrios com hinos de louvor, dai-lhe graças, seu nome bendizei!

— Sim, é bom o Senhor e nosso Deus, sua bondade perdura para sempre, seu amor é fiel eternamente!

 EVANGELHO:  Lc 12,13-21

– O Senhor esteja convosco.
– Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
– Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 13alguém, do meio da multidão, disse a Jesus: “Mestre, dize ao meu irmão que reparta a herança comigo”.
14Jesus respondeu: “Homem, quem me encarregou de julgar ou de dividir vossos bens?” 15E disse-lhes: “Atenção! Tomai cuidado contra todo tipo de ganância, porque, mesmo que alguém tenha muitas coisas, a vida de um homem não consiste na abundância de bens”.

16E contou-lhes uma parábola: “A terra de um homem rico deu uma grande colheita. 17Ele pensava consigo mesmo: ‘Que vou fazer? Não tenho onde guardar minha colheita’. 18Então resolveu: ‘Já sei o que fazer! Vou derrubar meus celeiros e construir maiores; neles vou guardar todo o meu trigo, junto com os meus bens. 19Então poderei dizer a mim mesmo: Meu caro, tu tens uma boa reserva para muitos anos. Descansa, come, bebe, aproveita!’ 20Mas Deus lhe disse: ‘Louco! Ainda nesta noite, pedirão de volta a tua vida. E para quem ficará o que tu acumulaste?’ 21Assim acontece com quem ajunta tesouros para si mesmo, mas não é rico diante de Deus”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Alguém pediu que Jesus resolvesse um problema de herança. Jesus se recusou por não ser juiz de partilha de bens. Não deixou, porém, de dizer uma palavra formativa: “Guardai-vos de todo tipo de ganância […] a vida não consiste na abundância de bens”. Com muitos bens ou sem nenhum, chega o momento em que tudo fica para trás. Não levaremos nada conosco na hora da nossa morte, mas foi bom ter alguma coisa antes. Alguns até dirão que é bom ter muita coisa agora, porque amanhã morreremos e não teremos mais nada. Jesus não está dizendo que não precisamos dos bens deste mundo. Está dizendo o que rezamos no primeiro domingo do Advento: “Caminhando entre as coisas que passam, abraçar as que não passam”. Nesse momento será importante ser rico diante de Deus ou rico para Deus.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Iniciemos a nossa oração em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Oremos: Senhor, nosso Deus, que pela luz do Espírito Santo instruístes o coração dos vossos fiéis, fazei-nos dóceis ao mesmo Espírito, para apreciarmos o que é justo e nos alegrarmos sempre com a sua presença. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto bíblico? Leia o Evangelho indicado para o dia de hoje, destacando os verbos e os personagens que surgem. O texto mostra Jesus fazendo um alerta à multidão. O que Ele diz às pessoas? O que está acontecendo no texto? Qual é a mensagem central da narrativa?
“O homem rico da parábola não tem nome, nada se sabe de sua família, não tem nenhuma preocupação social. Seus sonhos são as colheitas, os celeiros e usufruir a vida. É um homem extremamente pobre, pois só tem dinheiro. Ele parece como exemplo dos ricos sobre os quais Jesus pronunciou seus “ais”. A ganância denota duas ambições desmedidas, intimamente relacionadas: desejo insaciável de riqueza e anseio por uma posição social. Ele é chamado de insensato, que significa, na tradição religiosa hebraica, uma pessoa que se rebela contra Deus e cujas práticas rejeitam a Deus. O dinheiro é uma mediação para o bem e para o mal. Ele deve ser nosso empregado, nunca nosso patrão. Ele deve estar a serviço da vida.” 

Meditação (Caminho)

Em minha escala de valores, que lugar ocupa o dinheiro, os bens materiais? Percebo as advertências de Jesus sobre a cobiça dos bens passageiros ou supérfluos? O que possuo apenas para minha vaidade? O que sobra em minha vida que possa saciar a necessidade de irmãos meus?

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Este é o momento de sua oração, por isso, aproxime-se do Senhor sem medo e apresente-lhe suas intenções e necessidades. Se possível, procure um lugar silencioso e converse com Deus, Pai de Misericórdia, que nos acolhe com amor infinito.

Contemplação (Vida e Missão)

Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? De que forma você deseja colocar em prática os apelos que a Palavra de Deus lhe revelou neste dia? Senhor, dai-me a alegria de semear a boa semente!

Bênção

  • O Senhor Deus nosso Pai esteja sempre conosco.
  • Ele está no meio nós.

Oremos: “Senhor nosso Deus, Que enviastes Vosso Filho ao mundo Para curar as nossas enfermidades, Levar sobre Si as nossas dores, Redimir nossos pecados e Nos dar a Vida Eterna que vem de Vós, Tendes Piedade de nós!

Deus Misericordioso, Que cuida de todas as Vossas Criaturas, Atendei as nossas suplicas, e Segundo a Vossa Vontade, Protegei o Vosso Povo, Oprimido por essa doença terrível. Guardai e mantenhais a saúde daqueles Que não contraíram essa doença e Dai Senhor, aos que a contraíram, Paciência fortalecida, fé renovada e A cura desse mal, Para que todos nós desfrutemos De plena e duradoura saúde! Por Jesus Cristo nosso Senhor.” Amém.

Todo o Louvor, toda a Honra, toda a Gratidão, Toda a Fé, toda a Confiança, Toda a Adoração e toda a Glória Sejam dadas aos Senhor nosso Deus, Agora e para sempre! Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo! Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui