Liturgia diária A genealogia de Jesus Cristo

3ª Semana do Advento – Ano Litúrgico A

17 de dezembro de 2016

ORAÇÃO DO DIA

Pai, que a presença de teu Filho Jesus, na História, leve à plenitude a obra de tua criação, fazendo desabrochar, em cada coração humano, o amor para o qual foi criado.

PRIMEIRA LEITURA: Gn 49,2.8-10

Leitura do Livro do Gênesis – Naqueles dias, 2Jacó chamou seus filhos e disse: “Juntai-vos e ouvi, filhos de Jacó, ouvi Israel, vosso pai! 8Judá, teus irmãos te louvarão; pesará tua mão sobre a nuca de teus inimigos, prostrar-se-ão diante de ti os filhos de teu pai. 9Judá, filhote de leão: subiste, meu filho, da pilhagem; ele se agacha e se deita como um leão, e como uma leoa; quem o despertará? 10O cetro não será tirado de Judá, nem o bastão de comando dentre seus pés, até que venha Aquele a quem pertencem, e a quem obedecerão os povos”. – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 71

          — Nos seus dias a justiça florirá e paz em abundância para sempre.
— Nos seus dias a justiça florirá e paz em abundância, para sempre.

— Dai ao Rei vossos poderes, Senhor Deus, vossa justiça ao descendente da realeza! Com justiça ele governe o vosso povo, com equidade ele julgue os vossos pobres.

— Das montanhas venha a paz a todo o povo, e desça das colinas a justiça! Este Rei defenderá os que são pobres, os filhos dos humildes salvará.

— Nos seus dias a justiça florirá e grande paz, até que a lua perca o brilho! De mar a mar estenderá o seu domínio, e desde o rio até os confins de toda a terra!

— Seja bendito o seu nome para sempre! E que dure como o sol sua memória! Todos os povos serão nele abençoados, todas as gentes cantarão o seu louvor!

EVANGELHO:  Mt 1,1-17

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

1Livro da origem de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão. 2Abraão gerou Isaac; Isaac gerou Jacó; Jacó gerou Judá e seus irmãos. 3Judá gerou Farés e Zara, cuja mãe era Tamar. Farés gerou Esrom; Esrom gerou Aram; 4Aram gerou Aminadab; Aminadab gerou Naasson; Naasson gerou Salmon; 5Salmon gerou Booz, cuja mãe era Raab. Booz gerou Obed, cuja mãe era Rute. Obed gerou Jessé. 6Jessé gerou o rei Davi.
Davi gerou Salomão, daquela que tinha sido mulher de Urias. 7Salomão gerou Roboão; Roboão gerou Abias; Abias gerou Asa; 8Asa gerou Josafá; Josafá gerou Jorão. Jorão gerou Ozias; 9Ozias gerou Jotão; Jotão gerou Acaz; Acaz gerou Ezequias; 10Ezequias gerou Manassés; Manassés gerou Amon; Amon gerou Josias. 11Josias gerou Jeconias e seus irmãos, no tempo do exílio na Babilônia.
12Depois do exílio na Babilônia, Jeconias gerou Salatiel; Salatiel gerou Zorobabel; 13Zorobabel gerou Abiud; Abiud gerou Eliaquim; Eliaquim gerou Azor; 14Azor gerou Sadoc; Sadoc gerou Aquim; Aquim gerou Eliud; 15Eliud gerou Eleazar; Eleazar gerou Matã; Matã gerou Jacó. 16Jacó gerou José, o esposo de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado o Cristo. 17Assim, as gerações desde Abraão até Davi são catorze; de Davi até o exílio na Babilônia catorze; e do exílio na Babilônia até Cristo, catorze.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Mateus fala da origem de Jesus, com três afirmações que dão início à sua genealogia: Jesus é o Cristo, filho de Davi, filho de Abraão. Cristo é o ungido escolhido para uma missão, filho de Davi, porque de Davi vem o Messias; filho de Abraão, o pai de todos os crentes no qual todos os povos são abençoados. Vêm em seguida os nomes com Davi no centro e José, o esposo de Maria, no fim. O número quatorze das gerações, duas vezes sete, indica a plenitude. Tudo se concentra e se realiza na pessoa de Jesus. Ele é a descendência de Abraão.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2016’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
A genealogia de Jesus, apresentada pelo evangelista Mateus, nos leva a reconhecer que Ele é o Messias descendente de Davi. Ele é a bênção de Deus para toda a humanidade, e Nele toda a criação chega à sua plenitude.
Oremos: “Pai, que a presença de teu Filho Jesus, na história, leve à plenitude a obra de tua criação, fazendo desabrochar, em cada coração humano, o amor para o qual foi criado. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto? Identifique os três períodos da história de Israel e de Judá presentes no relato e os personagens de cada período. Destaque os nomes das mulheres presentes na narrativa. “Os antigos atribuíam à genealogia uma importância capital, pois ela tinha como finalidade inserir a pessoa no tecido social e histórico de um povo. À diferença de Lucas, que remete a origem de Jesus a Deus (Lc 3,23-38), Mateus a faz remontar a Abraão. A finalidade é mostrar que Jesus é plenamente membro do povo de Israel. Davi também é mencionado no primeiro versículo porque, para os judeus, o Messias seria descendente de Davi. Para a fé cristã que relê o Antigo Testamento à luz do Ressuscitado, Jesus é descendente de Davi segundo a carne (Rm 1,3; Lc 1,32). Deus promete a Abraão a bênção a partir da qual todas as nações seriam abençoadas. Desse modo, fazer remontar a genealogia de Jesus a Abraão é um modo de afirmar o caráter universal da missão de Jesus. Jesus é a bênção de Deus para toda a humanidade; nele e por ele somos recriados. Mais ainda, para o cristão a genealogia de Jesus visa fazer compreender que nele se resume toda a história passada de Israel, desde a criação. Com a encarnação do Verbo de Deus, a criação chega à sua plenitude. Em Jesus, uma nova história do universo começa” (Reflexão de Pe. Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Deus enviou o seu Filho ao mundo e o confiou a José, filho de Davi, da descendência de Jessé. Jesus é o Messias esperado pelo povo. É o Emanuel, o Deus conosco, pois se faz próximo dos pobres, oprimidos e marginalizados. Medite com a canção a seguir:

Oração (Vida)
“Ó Deus de bondade, te agradecemos por nos ter dado teu Filho Jesus como nosso Salvador. Ele é para nós o Caminho, a Verdade e a Vida. Nele encontramos a esperança, a alegria e a paz. Fortaleça-nos na caminhada rumo ao Natal do Senhor, que alegres e vigilantes aguardamos. Amém.”

Contemplação (Vida e Missão)
Qual é o apelo que a Palavra de Deus despertou em seu coração? Neste tempo do Advento, pense em uma ação concreta e procure torná-la realidade. Conte com a graça de Deus.

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]