Oração diária As bem-aventuranças

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Lc 6,20-26

Se os bens que você possui são resultado de propina e corrupção, está na hora de ouvir com atenção os impropérios de Lucas aos ricos

Façamos a oração do dia: Pai, faze-me solidário com os mais pobres deste mundo, e ensina-me a partilhar, de modo que chegue até eles a esperança e a alegria que Jesus veio nos trazer.

23ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

Liturgia do dia 09 de setembro de 2020

PRIMEIRA LEITURA: 1Cor 7,25-31

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios

Irmãos, 25a respeito das pessoas solteiras, não tenho nenhum mandamento do Senhor. Mas, como alguém que, por misericórdia de Deus, merece confiança, dou uma opinião: 26Penso que, em razão das angústias presentes, é vantajoso não se casar, é bom cada qual estar assim.

27Estás ligado a uma mulher? Não procures desligar-te. Não estás ligado a nenhuma mulher? Não procures ligar-te. 28Se, porém, casares, não pecas. E, se a virgem se casar, não peca. Mas as pessoas casadas terão as tribulações da vida matrimonial; e eu gostaria de poupar-vos disso. 

29Eu digo, irmãos: o tempo está abreviado. Então, que, doravante, os que têm mulher vivam como se não tivessem mulher; 30e os que choram,

como se não chorassem, e os que estão alegres, como se não estivessem alegres, e os que fazem compras, como se não possuíssem coisa alguma; 31e os que usam do mundo, como se dele não estivessem gozando. Pois a figura deste mundo passa.

. – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 45

— Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto!
— Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto!

— Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto: “Esquecei vosso povo e a casa paterna! Que o Rei se encante com vossa beleza! Prestai-lhe homenagem: é vosso Senhor!

— Majestosa, a princesa real vem chegando, vestida de ricos brocados de ouro. Em vestes vistosas ao Rei se dirige, e as virgens amigas lhe formam cortejo.

— Entre cantos de festa e com grande alegria, ingressam, então, no palácio real”. Deixareis vossos pais, mas tereis muitos filhos; fareis deles soberanos da terra.

EVANGELHO:  Lc 6,20-26

– O Senhor esteja convosco.
– Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
– Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 20Jesus, levantando os olhos para os seus discípulos, disse: “Bem-aventurados vós, os pobres, porque vosso

é o Reino de Deus! 21Bem-aventurados vós que agora tendes fome, porque sereis saciados! Bem-aventurados vós que agora chorais, porque havereis de rir! 22Bem-aventurados sereis, quando os homens vos odiarem, vos expulsarem, vos insultarem e amaldiçoarem o vosso nome, por causa do Filho do Homem!

23Alegrai-vos, nesse dia, e exultai pois será grande a vossa recompensa no céu; porque era assim que os antepassados deles tratavam os profetas. 24Mas, ai de vós, ricos, porque já tendes vossa consolação! 25Ai de vós que agora tendes fartura, porque passareis fome! Ai de vós que agora rides, porque tereis luto e lágrimas! 26Ai de vós quando todos vos elogiam! Era assim que os antepassados deles tratavam os falsos profetas

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Se você possui bens deste mundo e não se interessa por ninguém, se os bens que você possui são resultado de propina e corrupção, se a avareza e a ambição o tornam prisioneiro dos seus próprios bens, está na hora de ouvir

com atenção os impropérios de Lucas aos ricos, aos bem-alimentados, bem-contentes e bem-falados.

Que verdadeira satisfação pode ter quem acumula um exorbitante volume de dinheiro de origem dúbia? Não será uma satisfação mórbida? Felizes os pobres ou felizes os espertos? Estamos lendo o início do Sermão da Planície, que, em São Mateus, é o Sermão da Montanha.

Lucas abre o sermão com este anúncio: “Felizes vocês, pobres”. Poderíamos começar imediatamente uma grande discussão sobre quem são esses pobres. Para evitar dúvidas, Lucas nos apresenta os que passam fome, os que choram, os perseguidos por seguirem Jesus. Até o rio de Piracicaba transborda quando chega a água dos olhos de alguém que chora! Por que chora?

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Na escuta e meditação da Palavra de Deus, acolhamos o Senhor que fala ao nosso coração. Peçamos que renove em nós a disposição para receber a sua Palavra e caminharmos à luz das bem-aventuranças.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Rezemos: “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: Senhor, nosso Deus, que pela luz do Espírito Santo instruístes o coração dos vossos fiéis, fazei-nos dóceis ao mesmo Espírito, para apreciarmos o que é justo e nos alegrarmos sempre com a sua presença. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Leitura (Verdade)

Faça a leitura do Evangelho quantas vezes julgar necessário e destaque as bem-aventuranças presentes no texto. Quais são as advertências que aparecem na narrativa? A quem Jesus está instruindo? Qual é o ensinamento de Jesus? Qual é a mensagem central do texto?

“Enquanto Mateus relata nove bem-aventuranças, Lucas aponta apenas quatro e reserva mais quatro “mal-aventuranças”. Esta divisão retrata a diversidade dos que ouviam a palavra de Jesus. Um grupo de discípulos, formado pelos últimos da sociedade, acolhia com alegria a Boa-Nova. Para os outros, aqueles que sempre encontravam motivos para acusar Jesus, restam os alertas: “Ai de vós!”.

As bem-aventuranças não são convites para o conformismo de quem espera a recompensa na outra vida. O anúncio é um desafio: “Avancem, a caminho, vós os pobres, os que choram, os desprezados”. É uma ordem de batalha. O mandamento do amor ao próximo é para aqui e agora. É um tempo novo que começa; os pobres são os protagonistas

Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim? Com qual das bem-aventuranças me identificou mais?

Faça a leitura do texto novamente e traga-o para os nossos dias. Medite a Palavra e permita que ela se misture com a sua vida. Relacione as bem-aventuranças com os que choram, os mansos, os que têm fome e sede de justiça, os misericordiosos, os puros de coração, os que promovem a paz, os que são perseguidos por causa da justiça. O que Jesus pede a você?

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Neste passo da leitura orante, mantendo em mente o que você leu e meditou, faça a sua oração. A oração nos leva a viver a experiência pessoal com Jesus, que nos escuta com todo amor e carinho. Fale com o Senhor sem medo e entregue a Ele tudo o que você tem e deseja ser.

Contemplação (Vida e Missão)

Lembrar que as bem-aventuranças são para hoje. Sobre qual delas eu quero me empenhar na prática deste dia?

Bênção

  • O Senhor Deus nosso Pai esteja sempre conosco.
  • Ele está no meio nós.

Oremos: “Senhor nosso Deus, Que enviastes Vosso Filho ao mundo Para curar as nossas enfermidades, Levar sobre Si as nossas dores, Redimir nossos pecados e Nos dar a Vida Eterna que vem de Vós, Tendes Piedade de nós!

Deus Misericordioso, Que cuida de todas as Vossas Criaturas, Atendei as nossas suplicas, e Segundo a Vossa Vontade, Protegei o Vosso Povo, Oprimido por essa doença terrível. Guardai e mantenhais a saúde daqueles Que não contraíram essa doença e Dai Senhor, aos que a contraíram, Paciência fortalecida, fé renovada e A cura desse mal, Para que todos nós desfrutemos De plena e duradoura saúde! Por Jesus Cristo nosso Senhor.” Amém.

Todo o Louvor, toda a Honra, toda a Gratidão, Toda a Fé, toda a Confiança, Toda a Adoração e toda a Glória Sejam dadas aos Senhor nosso Deus, Agora e para sempre! Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo! Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui