Oração diária, Felizes os que ouvem a Palavra e a põem em prática - Lc 11,27-28

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Lc 11,27-28

Façamos a oração do dia: Pai, dá-me a graça de compreender sempre mais que a grandeza de Maria consistiu em ser fiel à tua Palavra acolhida e posta em prática com generosidade sem limites

27ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 09 de outubro de 2021

PRIMEIRA LEITURA: Jl 4,12-21  

Leitura da Profecia de Joel.

Assim fala o Senhor: 12“Levantem-se e ponham-se em marcha os povos, rumo ao Vale de Josafá; ali me sentarei como juiz para julgar todas as nações em redor.

13Tomai a foice, pois a colheita está madura; vinde calcar, que o lagar está cheio: as tinas transbordam, porque grande é a sua malícia. 14Povos e mais povos no Vale da Decisão: o dia do Senhor está próximo no Vale da Decisão.

15Escureceram o sol e a lua e as estrelas perderam o brilho. 16Desde Sião rugirá o Senhor, fará ouvir sua voz desde Jerusalém; tremerão céus e terra, mas o Senhor será refúgio para o seu povo, será a fortaleza dos filhos de Israel.

17Sabereis, então, que eu sou o Senhor, vosso Deus, que habito em Sião, meu santo monte; Jerusalém será lugar sagrado, por onde não mais passarão estranhos.

18Acontecerá naquele dia que os montes farão correr vinho, e as colinas manarão leite; aos regatos de Judá não há de faltar água, e da casa do Senhor brotará uma fonte, que irá alimentar a corrente de Setim.

19O

Egito será devastado, e a Iduméia, devastada e deserta, por causa de suas atrocidades contra os filhos de Judá, derramando sangue inocente em suas terras.

20Judá será habitada para sempre, e Jerusalém, por todos os séculos. 21Vingarei meu sangue, não o deixarei sem castigo. O Senhor está habitando em Sião.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 97(96)

— Ó justos, alegrai-vos no Senhor.

— Ó justos, alegrai-vos no Senhor.

— Deus é Rei! Exulte a terra de alegria, e as ilhas numerosas rejubilem! Treva e nuvem o rodeiam no seu trono, que se apoia na justiça e no direito.

— As montanhas se derretem como cera ante a face do Senhor de toda a terra; e assim proclama o céu sua justiça, todos os povos podem ver a sua glória.

— Uma luz já se levanta para os justos, e a alegria, para os retos corações. Homens justos, alegrai-vos no Senhor, celebrai e bendizei seu santo nome!

EVANGELHO:
Lc 11,27-28

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 27enquanto Jesus falava, uma mulher levantou a voz no meio da multidão e lhe disse: “Feliz o ventre que te trouxe e os seios que te amamentaram”. 28Jesus respondeu: “Muito mais felizes são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

“Tua Mãe é feliz” e “felizes são os que ouvem e praticam a Palavra de Deus”. A mulher se levantou e elogiou a Mãe de Jesus. Uma atitude muito espontânea entre os seres humanos, chamar pela mãe. Todo mundo, quando está em apuros, grita pela mãe e, quando quer ofender, xinga a mãe.

Esta mulher elogia a mãe porque se encantou com o filho. Há uma lógica na sua atitude. Só não há lógica em quem diz aceitar Jesus como seu único e suficiente Salvador e não tem nenhum apreço por sua mãe. Ficamos felizes em chamar a mãe de Jesus de Nossa Senhora, de chamá-la de Mãe de Deus.

E

feliz é aquele que ouve e pratica a Palavra de Deus, ouve a Palavra e ouve o mestre, que ensina. Dizem os sábios de Israel que há quatro categorias de alunos que escutam as lições dos mestres. São eles comparáveis à esponja, ao funil, ao filtro e à peneira.

A esponja absorve tudo; o funil deixa escapar de um lado o que recebeu do outro; o filtro deixa passar o vinho e retém a borra; a peneira, ao contrário deixa passar a poeira e guarda a boa farinha. Dizem ainda que, quanto à Palavra de Deus, “é preciso estudá-la com método, interrogar e responder de forma conveniente, ouvir os ensinamentos e em seguida meditá-los; é preciso aprender para poder ensinar e para praticar o que se aprendeu”. Leia cada dia uma passagem como faz com a agenda. Quando puder, leia e releia com calma o que foi lido. Imaginar a cena. Fazer perguntas. Conversar com os atores da narrativa. Aplicar a si mesmo os ensinamentos. Invocar o Espírito.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

“Senhor, tudo está em vosso poder, e ninguém pode resistir à vossa vontade. Vós fizestes todas as coisas: o Céu, a Terra, e tudo o que eles contém; sois o Deus do Universo!

Envia teu Santo Espírito para que eu compreenda e acolha Tua Santa Palavra! Que eu te conheça e te faça conhecer, te ame e te faça amar, te sirva e te faça sevir, te louve e faça louvar por todas as criaturas. Faze, ó Pai, que pela leitura da Palavra, os pecadores se convertam, os justos perseverem na graça e que todos consigamos a vida eterna. Amém!

Leitura (Verdade)

O Evangelho de hoje nos apresenta a Mãe de Jesus como modelo de mulher que escutou a Palavra de Deus e a colocou em prática. Peçamos que o mesmo Espírito que gerou Jesus no seio de Maria nos configure a cada dia ao Cristo pela escuta e meditação da Palavra.

“A exclamação entusiasta da mulher faz lembrar o episódio de Isabel em relação a Maria. É o povo simples proclamando a bem-aventurança de Maria; porém, Isabel havia antecipado uma bem-aventurança maior. A mãe de Jesus é exaltada por todas as gerações porque deu à luz o Filho de Deus e, também, porque ela acreditou na penumbra da fé.

Maria, a mãe de Jesus, é também a discípula mais perfeita. Ela guardava a Palavra de Deus em seu coração. Rezando o Rosário, o povo de Deus retoma a caminhada de Maria e os mistérios da redenção. A oração não dispensa, ao contrário, faz crescer nossa responsabilidade no anúncio do Reino. No Mês das Missões, lembramos Maria como a grande missionária, levando Jesus e oferecendo-o ao mundo.”

Meditação (Caminho)

Maria, a mãe de Jesus, nos ensina a sermos verdadeiros discípulos de Cristo, promotores da justiça, da caridade e operários do amor, edificando Cristo nos corações.

A Igreja apresenta Maria como exemplo de vida ‘não exatamente pelo tipo de vida que levou ou, menos ainda, por causa do ambiente sociocultural em que se desenrolou sua existência, mas porque, nas condições concretas da sua vida, aderiu total e responsavelmente à vontade de Deus; porque soube acolher sua palavra e pô-la em prática; porque sua ação foi animada pela caridade e pelo espírito de serviço; e porque, em suma, foi a primeira e mais perfeita discípula de Cristo’. Procurando imitá-la, acabaremos adquirindo o jeito de Maria, isto é, teremos como ideal fazer a vontade de Deus, sempre.

Oração (Vida)

“Mãe de Jesus e minha Mãe! Estende tua ajuda para nossas famílias, para cada família. Apressa-te em levar para elas a mensagem de salvação de teu Filho. Que cada lar seja um ambiente de amor. Nenhuma força humana seja capaz de destruir o bem e a beleza que só a família pode fazer nascer nos corações das novas gerações.

Que a bondade triunfe sobre a fraqueza humana e o nome de Deus seja invocado em todos os lares. Intercede por aquelas famílias em que não há lugar para teu Filho e, por isso, falta o amor, inexiste o diálogo e não se conhece o perdão. Intercede também, e particularmente, pelas que sofrem com a fome, o desemprego e a doença. Amém”

Contemplação (Vida e Missão)

Esta aí o convite de Jesus paras nós: ouvir sua palavra. Que a Palavra seja nossa referência no pensar e no agir. E que nossas atitudes sejam motivadas por sua Palavra.

Bênção

Concedei, ó Deus, a vossos filhos a benção desejada, para que nutridos por vosso amor produzam frutos de paz e de justiça. Amém.

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !