Oração diária O Espírito Santo falará através de nós

14ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

10 de julho de 2020

ORAÇÃO DO DIA

Pai, reveste-me com a força do teu Espírito a fim de que eu tenha força suficiente para perseverar, até o fim, no cumprimento da missão recebida de Jesus.

PRIMEIRA LEITURA: Os 14,2-10

Leitura da Profecia de Oséias – Assim fala o Senhor: 2Volta, Israel, para o Senhor, teu Deus, porque estavas caído em teu pecado. 3Vós todos, encontrai palavras e voltai para o Senhor; dizei-lhe: “Livra-nos de todo o mal e aceita este bem que oferecemos; o fruto de nossos lábios.
4A Assíria não nos salvará; não queremos montar nossos cavalos, não chamaremos mais ‘Deuses nossos’ a produtos de nossas mãos; em ti encontrará o órfão misericórdia”. 5“Hei de curar sua perversidade e me será fácil amá-los, deles afastou-se a minha cólera. 6Serei como orvalho para Israel; ele florescerá como o lírio e lançará raízes como plantas do Líbano.
7Seus ramos hão de estender-se; será seu esplendor como o da oliveira, e seu perfume como o do Líbano. 8Voltarão a sentar-se à minha sombra e a cultivar o trigo, e florescerão com a videira, cuja fama se iguala à do vinho do Líbano. 9Que tem ainda Efraim a ver com ídolos? Sou eu que o atendo e que olho por ele. Sou como o cipreste sempre verde: de mim procede o teu fruto. 10Compreenda estas palavras o homem sábio, reflita sobre elas o bom entendedor! São retos os caminhos do Senhor e, por eles, andarão os justos, enquanto os maus ali tropeçam e caem” – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 50

  — Minha boca anunciará o vosso louvor!
— Minha boca anunciará o vosso louvor!

— Tende piedade, ó meu Deus, misericórdia! Na imensidão de vosso amor, purificai-me! Lavai-me todo inteiro do pecado, e apagai completamente a minha culpa!

— Mas vós amais os corações que são sinceros, na intimidade me ensinais sabedoria. Aspergi-me e serei puro do pecado, e mais branco do que a neve ficarei.

— Criai em mim um coração que seja puro, dai-me de novo um espírito decidido. Ó Senhor, não me afasteis de vossa face, nem retireis de mim o vosso Santo Espírito!

— Dai-me de novo a alegria de ser salvo e confirmai-me com espírito generoso! Abri meus lábios, ó Senhor, para cantar, e minha boca anunciará vosso louvor!

EVANGELHO: Mt 10,16-23

          – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 16“Eis que eu vos envio como ovelhas no meio de lobos. Sede, portanto, prudentes como as serpentes e simples como as pombas. 17Cuidado com os homens, porque eles vos entregarão aos tribunais e vos açoitarão nas suas sinagogas.
18Vós sereis levados diante de governadores e reis, por minha causa, para dar testemunho diante deles e das nações. 19Quando vos entregarem, não fiqueis preocupados como falar ou o que dizer. Então naquele momento vos será indicado o que deveis dizer. 20Com efeito, não sereis vós que havereis de falar, mas sim o Espírito do vosso Pai é que falará através de vós.
21O irmão entregará à morte o próprio irmão; o pai entregará o filho; os filhos se levantarão contra seus pais, e os matarão. 22Vós sereis odiados por todos, por causa do meu nome. Mas quem perseverar até o fim, esse será salvo. 23Quando vos perseguirem numa cidade, fugi para outra. Em verdade vos digo, vós não acabareis de percorrer as cidades de Israel, antes que venha o Filho do Homem.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

O Discurso Missionário é realista. O discípulo é enviado como ovelha no meio de lobos. Não é de admirar se o lobo devorar as ovelhas, mas é preciso ser esperto. O discípulo não pode ser ingênuo. É simples como a pomba, porque vive uma espiritualidade animada pelo Espírito. Prudente como a serpente, porque sabe fazer bom uso da ciência humana e situar-se na história. Sua vida é dedicada a pescar gente, mas tem cuidado ao cruzar com gente em seu caminho. Perseguições, acusações, prisões farão parte da missão. A divisão mostrará os comprovados, mas a ninguém faltará a força do Espírito para perseverar até o fim. Fugindo de uma cidade para outra – se não fugindo, indo, se não indo, sendo mandado –, a vida do discípulo missionário se torna um capítulo do Livro do Desassossego, de Fernando Pessoa, até que venha o Filho do Homem.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Iniciemos a nossa oração e peçamos ao Senhor da vida que renove em nós a disposição para acolhermos a sua Palavra.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Rezemos: “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: Senhor, nosso Deus, que pela luz do Espírito Santo instruístes o coração dos vossos fiéis, fazei-nos dóceis ao mesmo Espírito, para apreciarmos o que é justo e nos alegrarmos sempre com a sua presença. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Leitura (Verdade)
“Vede, eu vos envio como ovelhas para o meio de lobos.” Faça a leitura do Evangelho quantas vezes julgar necessário e destaque os pontos que mais lhe chamaram atenção. Quais são as orientações de Jesus? Por que Jesus pede a prudência e a simplicidade? Qual deve ser a postura dos discípulos diante das dificuldades na missão?

“Jesus não promete aos seus um caminho florido. Pelo contrário, enfrentarão a má vontade, a perseguição e tribunais tendenciosos. Os discípulos devem copiar o comportamento da serpente e da pomba. A serpente, com seu espírito de autopreservação, e a pomba, com a proverbial simplicidade, ensinam o modo de evangelizar. Nessa tarefa os discípulos não ficarão abandonados. Poderão contar com o Espírito do Pai, que ditará o modo de agir e falar. A própria perseguição traz alguns ganhos. Com ela os discípulos amadurecem e o sangue derramado será sementeira de novos cristãos. As perseguições, simbolizadas pelos lobos, estão em toda parte, não excluindo a família. A cruz indica o caminho certo.” (Viver a Palavra – 2020. Frei Aldo Colombo – Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Como vimos na abertura do Sermão da Montanha, Jesus já anunciara a bem-aventurança dos que são injuriados e perseguidos por causa da justiça. Qual parte do Evangelho de hoje mais o(a) tocou? O que o texto diz a você? Que caminho Jesus lhe aponta? Releia o Evangelho e faça a sua meditação.

Oração (Vida)
Faça a sua oração ao Senhor, com entrega e confiança. Conte-lhe o que está acontecendo com você, suas preocupações e necessidades, e apresente-lhe também as necessidades de seus irmãos e irmãs.

Ó Jesus, verdadeira luz que ilumina a humanidade, viestes do Pai para ser nosso mestre e nos ensinar seu caminho na verdade: vida e espírito são as “palavras” que nos destes.
Concedei-nos conhecer os mistérios de Deus e suas incompreensíveis riquezas.
Mostrai-nos todos os tesouros da sabedoria e da ciência de Deus, que em vós estão guardados.
Fazei com que a palavra habite nossa vida e ilumine nossos passos.
Fazei com que a palavra se espalhe rapidamente e chegue até os confins da Terra.
Maria Rainha dos Apóstolos e os santos Pedro e Paulo sejam nosso exemplo, inspiração e guia. Amém. (oração livremente inspirada nos textos de Pe. Alberione).

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Sintetize em uma palavra o que o Senhor o(a) convida a viver hoje.

Bênção
O Senhor Jesus Cristo esteja ao meu lado para me sustentar,
Dentro de mim para me encorajar,
Diante de mim para me orientar,
Atrás de mim para me proteger,
Acima de mim para me abençoar.
Ele que vive e reina pelos séculos dos séculos. Amém.
Que a bênção do Deus do amor, da paz e da providência desça sobre mim, em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo. Amém.

Ir. Carmen Maria Pulga

Confira a Homilia dominical.Clique aqui

[apss_share]