Liturgia diária Jesus realiza muitos sinais - Jo 6,30-35

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Jo 6,30-35

Não teremos mais fome nem teremos mais sede quando estivermos ressuscitados com Jesus.

Façamos a oração do dia: Pai, dá-me sensibilidade para perceber que a presença de Jesus, na nossa história, é a grande obra que realizaste: dar-nos a vida eterna.

3ª Semana da Páscoa – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 20 de abril de 2021

PRIMEIRA LEITURA: At 7,51-8,1a 

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naqueles dias, Estêvão disse ao povo, aos anciãos e aos doutores da lei: 51“Homens de cabeça dura, insensíveis e incircuncisos de coração e ouvido! Vós sempre resististes ao Espírito Santo e como vossos pais agiram, assim fazeis vós! 52A qual dos profetas vossos pais não perseguiram? Eles mataram aqueles que anunciavam a vinda do Justo, do qual, agora, vós vos tornastes traidores e assassinos. 53Vós recebestes a Lei, por meio de anjos, e não a observastes!”

54Ao ouvir essas palavras, eles ficaram enfurecidos e rangeram os dentes contra Estêvão. 55Estêvão, cheio do Espírito Santo, olhou para a céu e viu a glória de Deus e Jesus, de pé, à direita de Deus. 56E disse: “Estou vendo o céu aberto, e o Filho do Homem, de pé, à direita de Deus”.

57Mas eles, dando grandes gritos e, tapando os ouvidos, avançaram todos juntos contra Estêvão; 58arrastaram-no

para fora da cidade e começaram a apedrejá-lo. As testemunhas deixaram suas vestes aos pés de um jovem, chamado Saulo. 59Enquanto o apedrejavam, Estêvão clamou dizendo: “Senhor Jesus, acolhe o meu espírito”. 60Dobrando os joelhos, gritou com voz forte: “Senhor, não os condenes por este pecado”. E, ao dizer isto, morreu. 8,1aSaulo era um dos que aprovavam a execução de Estêvão.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 31(30)

— Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito.

— Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito.

— Sede uma rocha protetora para mim, um abrigo bem seguro que me salve! Sim, sois vós a minha rocha e fortaleza; por vossa honra orientai-me e conduzi-me!

— Em vossas mãos, Senhor, entrego o meu espírito, porque vós me salvareis, ó Deus fiel! Quanto a mim, é ao Senhor que me confio, vosso amor me faz saltar de alegria.

— Mostrai serena a vossa face ao vosso servo e salvai-me pela vossa compaixão! Na proteção de vossa face os defendeis bem longe das intrigas dos mortais.

EVANGELHO: Jo 6,30-35 

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória

a vós, Senhor.

Naquele tempo, a multidão perguntou a Jesus: 30“Que sinal realizas, para que possamos ver e crer em ti? Que obras fazes? 31Nossos pais comeram o maná no deserto, como está na Escritura: ‘Pão do céu deu-lhes a comer’”.

32Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade vos digo, não foi Moisés quem vos deu o pão que veio do céu. É meu Pai que vos dá o verdadeiro pão do céu. 33Pois o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo”.

34Então pediram: “Senhor, dá-nos sempre desse pão”. 35Jesus lhes disse: “Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim nunca mais terá sede”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Jesus multiplicou o pão e quiseram fazê-lo rei para terem sempre pão. Não compreenderam o sinal. O pão que não pode faltar é antes de tudo sinal do “não poder faltar”. Sabemos perfeitamente o que não nos pode faltar, conhecemos nossas necessidades e aceitamos nossas dependências nos momentos de precisão. Mas o que significa na vida humana ir a Jesus e não ter mais fome, crer nele e não ter mais sede? Talvez seja preciso fazer a experiência para depois dar a resposta. O Senhor é meu pastor, nada me pode faltar, e me falta tanta coisa! Pela fé que tinham em Jesus Cristo, os primeiros cristãos decidiram que entre eles não haveria necessitados. Partilhavam a Eucaristia e partilhavam os seus bens. Não dizemos às vezes, diante da atitude de alguém que, enfim, decidiu fazer alguma coisa boa: “Que milagre!”. Os milagres acontecem, e nós podemos fazê-los. Não teremos mais fome nem teremos mais sede quando estivermos ressuscitados com Jesus. Isto é certo e cremos firmemente. Sabemos também que estarão com Jesus aqueles que aqui na terra fizeram algum gesto de doação. Nossos gestos são sinais que revelam a qualidade do alimento que tomamos na mesa da fraternidade.

LEITURA
ORANTE

Oração Inicial

Iniciamos um novo dia buscando o Senhor, o Pão da vida, que, em sua Palavra, nos alimenta, nutre, fortalece na caminhada, indica-nos o caminho da vida plena.
Bendito sejas, Deus da vida, por este novo dia. Na escuta da Palavra, reconheceremos que nosso Deus é o Deus dos vivos e nos alimenta com seu amor.

Rezamos: “Vem, Espírito Santo! Fazei-nos amar as Escrituras, para reconhecermos a voz viva de Jesus. Tornai-nos humildes e simples, a fim de compreendermos os mistérios do Reino de Deus. Dai-nos sabedoria e docilidade de coração! Amém.”

Leitura (Verdade)

Leia o texto e deixe-se tocar diretamente pelo Evangelho. Quais palavras mais se repetem no Evangelho? O que busca a multidão ao procurar por Jesus? Qual é a mensagem de Jesus?

“A multidão pede um sinal que credencie Jesus para que possa crer que ele é o enviado de Deus. O sinal, porém, já havia sido dado por Jesus ao alimentar a multidão com poucos pães e peixes. O povo faz sua interpretação, a partir do maná do deserto. Jesus responde que o verdadeiro pão do céu não é o maná, nem foi dado por Moisés. As coisas antigas passaram. Agora é o Pai que alimenta a multidão com o pão da Palavra de Jesus. O maná do deserto era frágil, o pão de cada dia tem duração limitada, mas o Pão da Vida tem ressonâncias de vida eterna. Este Pão sacia a fome, mas, ao mesmo tempo, aumenta essa fome, que encaminha para a vida eterna. É o Pão partido e partilhado entre todos e que anuncia o Reino definitivo.”(Viver a Palavra – 2021. Frei Aldo Colombo – Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)

O que o texto diz para minha vida? Quais os sinais realizados por Jesus que eu me recordo? O que significam para mim as palavras de Jesus: “Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome”?

O próprio Jesus é o pão do céu e toda a sua vida é alimento para o povo. Em Jesus, em suas palavras e ações, revela-se a verdadeira vida que Deus nos oferece. Só Jesus pode saciar a nossa fome de uma vida plena, autêntica, de amor, paz, liberdade…

Oração (Vida)

Ó Jesus, verdadeira luz que ilumina a humanidade, viestes do Pai para ser nosso mestre e nos ensinar seu caminho na verdade: vida e espírito são as “palavras” que nos destes.
Concedei-nos conhecer os mistérios de Deus e suas incompreensíveis riquezas.
Mostrai-nos todos os tesouros da sabedoria e da ciência de Deus, que em vós estão guardados.>br> Fazei com que a palavra habite nossa vida e ilumine nossos passos.
Fazei com que a palavra se espalhe rapidamente e chegue até os confins da Terra.

Além das preces e orações que a Palavra de Deus despertou em seu coração, reze em comunhão com as pessoas que passam necessidades. Recordemos as multidões famintas de hoje. Famintas de pão, de verdade e de justiça.

Contemplação (Vida e Missão)

Qual atitude desejo viver neste dia para estreitar sempre mais meu compromisso com a proposta de Jesus?

Bênção

Deus Pai do céu te abençoe e te cuide
Que Ele esteja na tua frente para te mostrar o caminho correto.
Atrás de ti para te sustentar em todos os desafios
Acima de ti para te proteger contra os perigos que vem do alto
Que Deus esteja em teu coração como chama ardente, e que a luz dele ilumine tua vida e te aqueça para a virtude.
Que Ele te cerque por todos os lados e não permita que te afastes dele. Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !