Liturgia diária, As minhas ovelhas escutam a minha voz... - Jo 10,22-30

PRECISAMOS MUITO DE SUA AJUDA

Estimados irmãos venho aqui pedir a sua ajuda se possível for. Estamos com uma divida acumulada. Pra complicar minha situação tenho pai acamado. Diante das dificuldades que todos estamos passando compreendo o qto esta difícil para todos, mas se vc tiver a possibilidade de AJUDAR COM UMA DOAÇÃO sera de muita ajuda para diminuir as dividas. .Clique aqui

4ª Semana da Páscoa – Ano Litúrgico A

05 de maio de 2020

ORAÇÃO DO DIA

Pai, dá-me um coração de discípulo que se deixa guiar docilmente pelo Mestre Jesus, tornando-se, assim, apto para reconhecer sua condição de Messias de Deus.

PRIMEIRA LEITURA: At 11,19-26

Leitura dos Atos dos Apóstolos – Naqueles dias, 19aqueles que se haviam espalhado por causa da perseguição que se seguiu à morte de Estêvão chegaram à Fenícia, à ilha de Chipre e à cidade de Antioquia, embora não pregassem a Palavra a ninguém que não fosse judeu.
20Contudo, alguns deles, habitantes de Chipre e da cidade de Cirene, chegaram a Antioquia e começaram a pregar também aos gregos, anunciando-lhes a Boa Nova do Senhor Jesus. 21E a mão do Senhor estava com eles. Muitas pessoas acreditaram no Evangelho e se converteram ao Senhor.
22A notícia chegou aos ouvidos da Igreja que estava em Jerusalém. Então enviaram Barnabé até Antioquia. 23Quando Barnabé chegou e viu a graça que Deus havia concedido, ficou muito alegre e exortou a todos para que permanecessem fiéis ao Senhor, com firmeza de coração. 24É que ele era um homem bom, cheio do Espírito Santo e de fé. E uma grande multidão aderiu ao Senhor.
25Então Barnabé partiu para Tarso, à procura de Saulo. 26Tendo encontrado Saulo, levou-o a Antioquia. Passaram um ano inteiro trabalhando juntos naquela Igreja, e instruíram uma numerosa multidão. Em Antioquia os discípulos foram, pela primeira vez, chamados com o nome de cristãos

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO  87(86) 

         — Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes.
— Cantai louvores ao Senhor, todas as gentes.

— O Senhor ama a cidade que fundou no Monte santo; ama as portas de Sião mais que as casas de Jacó. Dizem coisas gloriosas da Cidade do Senhor.

— “Lembro o Egito e Babilônia entre os meus veneradores. Na Filistéia ou em Tiro ou no país da Etiópia, este ou aquele ali nasceu. De Sião, porém, se diz: “Nasceu nela todo homem; Deus é sua segurança”.

— Deus anota no seu livro, onde inscreve os povos todos: “Foi ali que estes nasceram”. E por isso todos juntos a cantar se alegrarão; e, dançando, exclamarão: “Estão em ti as nossas fontes!”

EVANGELHO: Jo 10,22-30

        – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São João.
          – Glória a vós, Senhor.

22Celebrava-se, em Jerusalém, a festa da Dedicação do Templo. Era inverno. 23Jesus passeava pelo Templo, no pórtico de Salomão. 24Os judeus rodeavam-no e disseram: “Até quando nos deixarás em dúvida? Se tu és o Messias, dize-nos abertamente”.
25Jesus respondeu: “Já vo-lo disse, mas vós não acreditais. As obras que eu faço em nome do meu Pai dão testemunho de mim; 26vós, porém, não acreditais, porque não sois das minhas ovelhas. 27As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço, e elas me seguem. 28Eu dou-lhes a vida eterna, e elas jamais se perderão. E ninguém vai arrancá-las de minha mão.
29Meu Pai, que me deu estas ovelhas, é maior que todos, e ninguém pode arrebatá-las da mão do Pai. 30Eu e o Pai somos um”.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Jesus diz que os judeus do seu tempo não acreditavam nele nem em suas palavras. Perguntavam se ele era ou não o Cristo e, no entanto, podiam ver as obras que ele fazia em nome do seu Pai. Não acreditam, diz Jesus, “porque não são das minhas ovelhas. As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem”. Quem são de fato as ovelhas do rebanho de Jesus? Santo Agostinho nos ajuda a responder com outra pergunta que ele mesmo faz: “São todos os que estão? E estão todos os que são?”. Ele pergunta se todos os que estão na Igreja são de fato discípulos de Jesus e se todos os que são de verdade discípulos de Jesus estão na Igreja. Muitos podem estar na Igreja sem pertencer ao rebanho, porque não ouvem a voz do Pastor. Outros, porém, que estão fisicamente fora do rebanho, participam do mistério pascal de Cristo de um modo que só Deus conhece. Suas obras realizam a vontade do Pai. O melhor será estar no rebanho, fazer parte dele de forma consciente, ouvir a voz do Pastor e segui-lo com muita disposição.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Na acolhida da Palavra de Deus, que vem ao nosso encontro neste dia, reconheceremos que Jesus é verdadeiramente o Messias da parte de Deus e que suas obras atestam que Ele é o enviado do Pai.
Para bem compreendermos a Palavra que vamos meditar, peçamos as luzes do Espírito Santo rezando: “Divino Espírito Santo, necessitamos muito de vossa ajuda para conhecer o caminho que devemos seguir. Temos necessidade de Vós, para que o nosso coração, inundado pela vossa consolação, se abra e que, muito além das palavras e dos conceitos, possamos perceber a vossa presença. Iluminai a nossa mente, movei o nosso coração, para que esta meditação produza em nós frutos de vida. Amém.”

Leitura (Verdade)
Faça a leitura do Evangelho pausadamente, atentando-se aos personagens, ao contexto, aos diálogos… Depois, procure recontar a narrativa utilizando suas próprias palavras. Qual é a preocupação dos judeus ao procurarem por Jesus? De que forma Jesus reage? Quais questionamentos apresentam os judeus? O que Jesus quer dizer quando afirma: “Eu e o Pai somos um”?

“Os judeus querem uma resposta clara, sem rodeios: ‘Se tu és o Cristo, dize-nos abertamente!’. No entanto, nenhuma resposta seria convincente. Em nenhum dos evangelhos Jesus diz claramente ser o Messias. Jesus não irá responder com a clareza pretendida por eles. Ao invés de responder diretamente à questão, Jesus passa a falar de suas ovelhas. Lembremo-nos de que em todo o Antigo Testamento o povo de Israel se compara a um rebanho, e Deus, a um pastor (cf. Sl 23[22]). As ovelhas que escutam a voz é que conhecem o Pastor. A afirmação de Jesus referida às suas ovelhas, ‘eu lhes dou a vida eterna’, estarrece os judeus, pois quem pode dar a vida eterna, a não ser Deus? As ovelhas são confiadas a Jesus pelo Pai. É nas mãos do Filho e do Pai que as ovelhas estão. Nas mãos de Deus as ovelhas estão em segurança. Nas mãos fortes do Filho as ovelhas jamais se perderão. Jesus afirma uma unidade profunda entre ele e o Pai: ‘Eu e o Pai somos um’. Para quem todo dia recitava o Shemá Israel, a afirmação de Jesus soava a blasfêmia e escândalo” (Carlos Alberto Contieri, sj, em “A Bíblia dia a dia”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Como as palavras de Jesus encontraram acolhida em minha vida? Jesus afirma que as obras que Ele realiza em nome do Pai dão testemunho dele. A que obras Jesus se refere? Quais gestos e palavras de Jesus testemunham que Ele é o enviado do Pai? Os judeus se dirigiram a Jesus manifestando um desejo: “Se tu és o Cristo, dize-nos abertamente!” Qual pergunta está no meu coração hoje com a qual eu desejo conhecer melhor Jesus?

Oração (Vida)
Apresente ao Senhor a oração que brotou em seu coração ao ouvir a Palavra. Faça sua prece de agradecimento, pedido, intercessão. Recorde as pessoas e realidades que você quer apresentar nesta oração.

“Jesus, divino Mestre, nós vos adoramos, Verbo feito carne, enviado pelo Pai para ensinar aos homens a verdade que dá a vida. Sois a verdade incriada, o único Mestre. Somente Vós tendes palavras de vida eterna. Nós vos louvamos e agradecemos, porque nos concedestes a luz da inteligência e da fé e nos chamastes à luz da glória. Nós cremos e abrimos a nossa inteligência e todo o nosso ser para aceitar e viver a vossa Palavra. Mostrai-nos, ó Senhor e Mestre, os tesouros da vossa sabedoria. Fazei que conheçamos o Pai e sejamos vossos discípulos autênticos. Aumentai nossa fé, para que vos possamos contemplar eternamente no céu. Amém.”

Contemplação (Vida e Missão)
A Palavra de Deus encontrou sintonia em minha vida? Qual foi a resposta de Jesus a minha pergunta sobre Ele? Qual apelo desejo colocar em prática neste dia.

Bênção
Cristo, a maior bênção do Pai, apareceu no Evangelho abençoando os irmãos, principalmente os mais humildes, e elevando ao Pai uma oração de bênção. Finalmente, tendo sido glorificado pelo Pai e subido ao Céu, derramou sobre os irmãos, remidos com o seu Sangue, o dom do Espírito, para que, movidos pelo seu poder, pudessem louvar e glorificar em todas as coisas a Deus Pai, adorá-l’o e dar-lhe graças, e, praticando obras de caridade, merecessem ser contados entre os benditos do seu reino. A benção de Deus Pai, Deus Filho, Deus Espírito Santo desça sobre nós. Amém.

Ir. Carmen Maria Pulga

[apss_share]