Liturgia diária Ide contar a João Batista o que vistes e ouvistes

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Lc 7,19-23

É feliz quem soma com Jesus e faz sua companhia os deserdados deste mundo.

Façamos a oração do dia: Pai, enviaste teu Filho ao mundo, na condição de Messias dos pobres. Que eu saiba reconhecê-lo no gesto simples de solidariedade com os pobres e sofredores.

3ª Semana do Advento – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 16 de dezembro de 2020

PRIMEIRA LEITURA: Is 45,6b-8.18.21b-25

Leitura do Livro do Profeta Isaías.

6b“Eu sou o Senhor, não há outro, 7eu formei a luz e criei as trevas, crio o bem-estar e as condições de mal-estar: sou o Senhor que faço todas essas coisas. 8Céus, deixai cair orvalho das alturas, e que as nuvens façam chover justiça; abra-se a terra e germine a salvação; brote igualmente a justiça: eu, o Senhor, a criei”.

 18Isto diz o Senhor que criou os céus, o próprio Deus que fez a terra, a conformou e consolidou; não a criou para ficar vazia, formou-a para ser habitada: “Sou eu o Senhor, e não há outro. 21bAcaso não sou eu o Senhor? E não há deus além de mim. Não há um Deus justo, e que salve, a não ser eu. 

22Povos de todos os confins da terra, voltai-vos para mim e sereis salvos, eu sou Deus e não há outro. 23Juro

por mim mesmo: de minha boca sai o que é justo, a palavra que não volta atrás; todo joelho há de dobrar-se para mim, por mim há de jurar toda língua, 24dizendo: Somente no Senhor residem justiça e força”. Comparecerão perante ele, envergonhados, todos os que lhe resistem; 25no Senhor será justificada e glorificada toda a descendência de Israel.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 85(84) 

— Que os céus lá do alto derramem o orvalho, que chova das nuvens o justo esperado!

— Que os céus lá do alto derramem o orvalho, que chova das nuvens o justo esperado!

— Quero ouvir o que o Senhor irá falar: é a paz que ele vai anunciar; a paz para o seu povo e seus amigos, para os que voltam ao Senhor seu coração. Está perto a salvação dos que o temem, e a glória habitará em nossa terra.

— A verdade e o amor se encontrarão, a justiça e a paz se abraçarão; da terra brotará a fidelidade, e a justiça olhará dos altos céus.

— O Senhor nos dará tudo o que é bom, e a nossa terra nos dará suas colheitas; a justiça andará na sua frente e a salvação há de seguir os passos seus.

EVANGELHO: 
Lc 7,19-23

– O Senhor esteja convosco.
– Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas
– Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, João convocou dois de seus discípulos, 19e mandou-os perguntar ao Senhor: “És tu aquele que há de vir, ou devemos esperar outro?” 20Eles foram ter com Jesus, e disseram: “João Batista nos mandou a ti para perguntar: ‘És tu aquele que há de vir, ou devemos esperar outro?’” 

21Nessa mesma hora, Jesus curou de doenças, enfermidades e espíritos malignos a muitas pessoas, e fez muitos cegos recuperarem a vista. 22Então, Jesus lhes respondeu: “Ide contar a João o que vistes e ouvistes: os cegos recuperam a vista, os paralíticos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam, e a boa nova é anunciada aos pobres. 23E

feliz é aquele que não se escandaliza por causa de mim!”

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Hoje nos despedimos de João Batista, que nos preparou para não sermos reprovados no juízo final e para a acolhida de Jesus, que vai nascer em Belém. A primeira parte do Advento termina aqui. Amanhã iniciamos a preparação mais imediata da festa do Natal do Senhor. Tudo o que Jesus dizia e fazia se difundia pela Judeia inteira e por toda a redondeza, escreve São Lucas.

A notícia chegou também até João Batista, que enviou dois de seus discípulos com uma pergunta a Jesus, feita sem rodeios: “Tu és aquele que há de vir ou devemos esperar outro?”. Jesus responde com os fatos que os profetas indicaram como sinais do Messias. Os fatos são pessoas e as pessoas, cegos, paralíticos, leprosos, surdos, mortos e pobres em geral. Todos eles estão recebendo uma Boa Notícia.

“Feliz de quem não se escandaliza” a respeito de Jesus. Esta frase pode ser entendida assim: é feliz quem soma com Jesus e faz sua companhia os deserdados deste mundo. Nada fácil, por isso Jesus dirá mais adiante que João não é um caniço agitado pelo vento nem um homem vestido com vestes finas. É alguém de opções radicais.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

No encontro com o Senhor, por meio da leitura orante, queremos entregar-lhe tudo o que iremos viver neste dia e pedir-lhe as luzes e graças necessárias para compreender sua Palavra. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Silenciando seu coração, repita algumas vezes, pausadamente, esta oração: “Espírito Santo, necessitamos de vossa ajuda para conhecer o caminho que devemos seguir”.

Leitura (Verdade)

O que diz o texto bíblico? Reflita bem sobre o sentido de cada versículo, repetindo-os em voz alta, e em seguida responda: quais são as palavras e os gestos de Jesus? Qual é o tema central da narrativa?

“Em algumas oportunidades, Jesus não respondeu a perguntas porque eram mal-intencionadas. No Evangelho de hoje se percebe o desejo de João Batista e de seus discípulos de conhecer a verdade. Jesus não responde com teorias ou citando passagens bíblicas. Pede para contar a João o novo que está acontecendo.

É a libertação que começa a acontecer; é o mal que vai sendo expulso. E os privilegiados são os últimos da sociedade: leprosos, cegos, surdos, paralíticos e pobres. São os sujeitos das bem-aventuranças. Eles entenderam todo o significado da Boa-Nova. Às vésperas de sua morte, João Batista também foi iluminado pela imagem de um Pai que perdoa e ama, um Deus de ternura que exige vida em plenitude.” 

Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim? No momento da meditação, somos convidados a ler o texto novamente, para atualizar e assimilar a Palavra, ligando-a a nossa vida. Faça a leitura do Evangelho e escute o que Deus quer lhe dizer por meio dele. Durante a leitura, deixe-se tocar pela Palavra e escute a voz do Senhor, que fala com você. Avaliar: quais são os sinais de fé que eu apresento?

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Aproxime-se do Senhor, Deus de amor e compaixão, e apresente suas preces, sua oração. Reze pelas realidades e necessidades do povo de Deus, este é o momento. O Senhor está com você e deseja escutá-lo(a).

Contemplação (Vida e Missão)

Os sinais de Jesus são obras em favor da vida. Com quem você quer se importar hoje? Quem está precisando de sua compaixão ou ajuda neste momento?

Bênção

Sejas bendito, Príncipe da Paz, Senhor sempre fiel às tuas promessas e a aliança de amor, porque em Cristo, teu Filho, iluminastes a nossa vida com o esplendor da tua presença. Concede-me acolher a tua luz e tornar essa celebração de Natal uma aproximação de teu amor para que eu seja mensageiro(a) da paz entre os que me cercam.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !