Oração diária, Por que ele come com os publicanos e os pecadores? - Mc 2,13-17

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Mc 2,13-17

Façamos a oração do dia: Pai, coloca-me, cada dia, no seguimento de Jesus, pois, assim, estarei no bom caminho que me conduz a ti.

1ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico C

Liturgia do dia 15 de janeiro de 2022

PRIMEIRA LEITURA: 1Sm 9,1-4.17-19, 10,1a

Leitura do Primeiro Livro de Samuel.

9,1Havia um homem de Benjamin, chamado Cis, filho de Abiel, filho de Seror, filho de Becorat, filho de Afia, um benjaminita, homem forte e valente. 2Ele tinha um filho chamado Saul, de boa apresentação. Entre os filhos de Israel não havia outro melhor do que ele: dos ombros para cima sobressaía a todo o povo.

3Ora, aconteceu que se perderam umas jumentas de Cis, pai de Saul. E Cis disse a seu filho Saul: “Toma contigo um dos criados, põe-te a caminho e vai procurar as jumentas”. Eles atravessaram a montanha de Efraim 4e a região de Salisa, mas não as encontraram. Passaram também pela região de Salim, sem encontrar nada; e, ainda pela terra de Benjamin, sem resultado algum.

17Quando Samuel avistou Saul, o Senhor lhe disse: “Este é o homem de quem te falei. Ele reinará sobre o meu povo”. 18Saul aproximou-se de Samuel, na soleira da porta, e disse-lhe: “Peço-te que me informes onde é a casa do vidente”. 19Samuel

respondeu a Saul: “Sou eu mesmo o vidente. Sobe na minha frente ao santuário da colina. Hoje comereis comigo, e amanhã de manhã te deixarei partir, depois de ter revelado tudo o que tens no coração”.

10,1aNa manhã seguinte, Samuel tomou um pequeno frasco de azeite, derramou-o sobre a cabeça de Saul e beijou-o dizendo: “Com isto o Senhor te ungiu como chefe do seu povo, Israel. Tu governarás o povo do Senhor e o livrará das mãos de seus inimigos, que estão ao seu redor”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO  21(20) 

— Ó Senhor, em vossa força o rei se alegra!

— Ó Senhor, em vossa força o rei se alegra!

— Senhor, em vossa força o rei se alegra; quanto exulta de alegria em vosso auxílio! O que sonhou seu coração, lhe concedestes; não recusastes os pedidos de seus lábios.

— Com bênção generosa o preparastes; de ouro puro coroastes sua fronte. A vida ele pediu e vós lhe destes, longos dias, vida longa pelos séculos.

É grande a sua glória em vosso auxílio; de esplendor e majestade o revestistes. Transformastes o seu nome numa bênção, e o cobristes de alegria em vossa face.

EVANGELHO: Mc 2,13-17

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 13Jesus saiu de novo para a beira mar. Toda a multidão ia a seu encontro, e Jesus os ensinava. 14Enquanto passava, Jesus viu Levi, o filho de Alfeu, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: “Segue-me!” Levi se levantou e o seguiu.

15E aconteceu que, estando à mesa na casa de Levi, muitos cobradores de impostos e pecadores também estavam à mesa com Jesus e seus discípulos. Com efeito, eram muitos os que o seguiam.

16Alguns doutores da Lei, que eram fariseus, viram que Jesus estava comendo com pecadores e cobradores de impostos. Então eles perguntaram aos discípulos: “Por que ele come com cobradores de impostos e pecadores?”

17Tendo

ouvido, Jesus respondeu-lhes: “Não são as pessoas sadias que precisam de médico, mas as doentes. Eu não vim para chamar justos, mas sim pecadores”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Como na vocação de Pedro, André, Tiago e João (Mc 1,16ss), também aqui Jesus chama, e o seguimento é imediato. Nesta perícope, no entanto, há uma novidade: Levi é cobrador de impostos, categoria duplamente impura. Estava em relação com os romanos (impuros) e abusava das coletas. A lei de pureza proibia entrar na casa de impuros e de comer com eles. Mas Jesus instaura o Reino que é Boa Notícia para as pessoas que se viam à margem da religião oficial.

Os escribas se escandalizam, pois sua prática religiosa não vai à busca dos excluídos. Sua religião não é Boa Notícia ao povo; antes, é opressão. Jesus, como o bom pastor, não se preocupa com a Lei, mas com as pessoas, principalmente com aquelas que mais precisam. Não teme tornar-se impuro. Ele é o pastor com cheiro de ovelha. Acima da Lei está a pessoa humana. Como se busca, hoje, as pessoas marginalizadas: prostitutas, drogados, mendigos etc.? Ou se dá preferência às pessoas aparentemente boas, que não se sentem pecadoras? O verdadeiro pastor se aproxima das ovelhas perdidas?

Frei Bruno Godofredo Glaab, ‘A Bíblia dia a dia 2022’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

“Segue-me!” Esse é o convite que hoje Jesus nos faz por meio do seu Evangelho. O seguimento é uma atitude concreta de toda pessoa que escuta a Palavra de Deus. Não há distinção de pessoas no seguimento de Jesus.

Peçamos: “Espírito Divino, luz de Deus, vinde nos iluminar, para que possamos compreender o sentido profundo da Palavra de Deus. Fazei-nos discípulos missionários de Jesus, Caminho, Verdade e Vida, transformando nosso coração em terra boa, onde a Palavra produza frutos abundantes. Amém.”

Leitura (Verdade)

Jesus sai para a beira do lago e mais uma vez a multidão vai ao seu encontro. Ao passar, vê Levi, coletor de impostos. Qual proposta Jesus faz a Levi? Qual é a reação de Levi diante da proposta de Jesus? Jesus vai à casa de Levi e, lá, se põe à mesa com os publicanos e pecadores. Como os escribas reagem ao ver tal atitude de Jesus? Qual a resposta de Jesus diante da reação dos escribas?

“Jesus chamou um cobrador de impostos para ser seu discípulo. Esse foi Levi, chamado depois de Mateus. O chamado de Jesus já foi uma surpresa, porque mostrou uma nova mentalidade, sem discriminação nem preconceitos. A resposta de Levi foi também surpreendente: aceitou imediatamente o convite de Jesus e deixou tudo para segui-lo. No jantar em sua casa, houve muitas críticas sobre essa aproximação de Jesus com os pecadores. Nós nos movemos em um mundo de muitos preconceitos. Pelo preconceito, excluímos as pessoas, desrespeitamos sua dignidade e seus direitos. É hora de aprender com Jesus a incluir, a integrar, a defender quem foi marginalizado, a viver com outra lógica.”

Meditação (Caminho)

Qual palavra mais ressoou em seu coração? O convite de Jesus é rápido e claro, sem rodeios: “Segue-me!” E a resposta de Levi é imediata e firme: “Levantou-se e o seguiu”. Procure escutar com atenção o chamado que Jesus lhe faz. Sua resposta é firme e imediata? Os pecadores têm um lugar no coração de Jesus. Que lugar ocupam os excluídos da sociedade em seu coração?

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Na oração, você é convidado(a) a conversar com Deus, a abrir o seu coração. Aproxime-se dele e faça a sua oração, apresentando-lhe suas intenções e as necessidades de seus irmãos e irmãs. Reze também por todos os que são chamados por Jesus a assumir sua vocação na Igreja.

Contemplação (Vida e Missão)

Qual é a sua atitude concreta diante do chamado de Jesus: “Segue-me”? Qual novo olhar nasceu em você a partir da Palavra? Quais apelos a Palavra despertou em seu coração? Quais compromissos você deseja assumir em sua vida?

Bênção

– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !