Oração diária, A morte de João Batista - Mt 14,1-12

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Mt 14,1-12

João Batista foi martirizado por defender a honestidade da vida conjugal na crítica que fez à relação adúltera de Herodes

Façamos a oração do dia:  Pai, na qualidade de discípulo de teu Filho Jesus, quero inspirar-me na coragem inabalável de João Batista, denunciando profeticamente a prepotência dos grandes.

17ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 31 de julho de 2021

PRIMEIRA LEITURA:  Lv 25,1.8-17  

Leitura do Livro do Levítico.

1O Senhor falou a Moisés no monte Sinai, dizendo: 8“Contarás sete semanas de anos, ou seja, sete vezes sete anos, o que dará quarenta e nove anos. 9Então farás soar a trombeta no décimo dia do sétimo mês. No dia da Expiação fareis soar a trombeta por todo o país. 10Declarareis santo o quinquagésimo ano e proclamareis a libertação para todos os habitantes do país: será para vós um jubileu. Cada um de vós poderá retornar à sua propriedade e voltar para a sua família. 11O quinquagésimo ano será para vós um ano de jubileu: não semeareis, nem colhereis o que a terra produzir espontaneamente, nem colhereis as uvas da vinha não podada; 12pois é um ano do jubileu, sagrado para vós, mas podereis comer o que produziram os campos não cultivados.

13Nesse

ano de jubileu cada um poderá retornar à sua propriedade. 14Se venderes ao teu conterrâneo, ou dele comprares alguma coisa, que ninguém explore o seu irmão; 15de acordo com o número de anos decorridos após o jubileu, o teu conterrâneo fixará para ti o preço de compra, e de acordo com os anos de colheita, ele fixará o preço de venda. 16Quanto maior o número de anos que restarem após o jubileu, tanto maior será o preço da terra; quanto menor o número de anos, tanto menor será o seu preço, pois ele te vende de acordo com o número de colheitas. 17Não vos leseis uns aos outros entre irmãos, mas temei o vosso Deus. Eu sou o Senhor, vosso Deus”.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO  67(66) 

— Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor, que todas as nações vos glorifiquem.

— Que as nações vos glorifiquem, ó Senhor, que todas as nações vos glorifiquem.

— Que Deus nos dê a sua graça e sua bênção, e sua face resplandeça sobre nós! Que na terra se conheça o seu caminho e a sua salvação por entre os povos.

Exulte de alegria a terra inteira, pois julgais o universo com justiça; os povos governais com retidão, e guiais, em toda a terra, as nações.

— A terra produziu sua colheita: o Senhor e nosso Deus nos abençoa. Que o Senhor e nosso Deus nos abençoe, e o respeitem os confins de toda a terra.

EVANGELHO: Mt 14,1-12

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

1Naquele tempo, a fama de Jesus chegou aos ouvidos do governador Herodes. 2Ele disse a seus servidores: “É João Batista, que ressuscitou dos mortos; e, por isso, os poderes miraculosos atuam nele”.

3De fato, Herodes tinha mandado prender João, amarrá-lo e colocá-lo na prisão, por causa de Herodíades, a mulher de seu irmão Filipe. 4Pois João tinha dito a Herodes: “Não te é permitido tê-la como esposa”. 5Herodes queria matar João, mas tinha medo do povo, que o considerava como profeta. 6Por

ocasião do aniversário de Herodes, a filha de Herodíades dançou diante de todos, e agradou tanto a Herodes 7que ele prometeu, com juramento, dar a ela tudo o que pedisse. 8Instigada pela mãe, ela disse: “Dá-me aqui, num prato, a cabeça de João Batista”. 9O rei ficou triste, mas, por causa do juramento diante dos convidados, ordenou que atendessem o pedido dela. 10E mandou cortar a cabeça de João, no cárcere. 11Depois a cabeça foi trazida num prato, entregue à moça e esta a levou para a sua mãe. 12Os discípulos de João foram buscar o corpo e o enterraram. Depois foram contar tudo a Jesus.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Ouvindo falar da fama de Jesus, o rei Herodes logo imaginou que se tratasse de João Batista, que ele tinha mandado decapitar na prisão. João teria criticado o rei Herodes por estar vivendo com a mulher de seu irmão Filipe. Sabemos do resto, de como na festa do aniversário do rei, Herodíades, assim se chamava a mulher, pediu a cabeça de João num prato.

João foi martirizado por defender a honestidade da vida conjugal na crítica que fez à relação adúltera de Herodes Antipas com sua cunhada Herodíades. Outra explicação, mais de acordo com a história, refere-se ao medo político de Herodes diante da influência de João Batista sobre o grande número de pessoas que o seguiam e escutavam.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2021’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

“Senhor Jesus, dá-me um coração simples para compreender a riqueza de ensinamentos escondida em tua Palavra. Envia teu Espírito Santo para que eu não tenha medo de escutá-la e vivê-la conforme a tua vontade. Que a Palavra transforme o meu coração através da fé e confiança que eu deposito em ti. Amém.”

Leitura (Verdade)

Ao ler este Evangelho pergunte-se por que a identidade de Jesus incomoda? Por que o opção pelo bem, a profecia, a justiça tem um preço tão alto?

“Três décadas antes, Herodes, o Grande, tentou eliminar Jesus, ainda criança. Agora, um filho seu, Herodes Antipas, ouviu falar de Jesus e se questiona sobre sua identidade. Na realidade, ele estava diante de João Batista. Herodes gostava de ouvi-lo, mas nunca admitiu seguir o seu caminho. Um rei bajulador e fraco, uma amante cheia de ódio e uma filha vaidosa compõem o quadro. Mas o rude profeta não se inclina diante do poder e denuncia: “Não te é lícito viver com a mulher do teu irmão”. Ele pagou o preço por ser profeta. Sua cabeça ensanguentada continuava a desafiar o rei: “Não te é permitido”. Os discípulos enterraram o corpo de João, e este fato marca o início da vida pública de Cristo. O tempo chegou.”

Meditação (Caminho)

O que diz o texto a você hoje? Qual ensinamento a Palavra revela para sua vida? Como você acolhe os profetas de nosso tempo? Você os reconhece? Quem são? E quais suas obras?

Oração (Vida)

Apresente ao Senhor o apelo que brotou em seu coração e peça a graça de vivê-lo durante o dia. Faça a sua prece de agradecimento ou pedido.

Provai E Vede

Provai e vede como é bom o Senhor,
Bendito o homem que encontra seu refúgio nele.
Temei o Senhor, vós, os seus santos,
Nada falta para aqueles que o temem.

Bendirei o Senhor em todo tempo,
Em minha boca seu louvor.
Me glorio no Senhor,
Escutem seus humildes e se alegrem.

Provai e vede como é bom o Senhor,
Bendito o homem que encontra seu refúgio nele.
Temei o Senhor, vós, os seus santos,
Nada falta para aqueles que o temem.

Alegrai-vos comigo no Senhor,
Exultemos juntos o Seu Nome.

Procurei o Senhor
E ele me ouviu e me libertou
Provai e vede como é bom o Senhor,
Temei o Senhor, vós, os seus santos,
Nada falta para aqueles que o temem.
Sereis radiantes se voltardes a Deus
Vossos rostos jamais serão confusos
O Senhor escuta o Pobre
Ele o liberta de toda aflição.

Contemplação (Vida e Missão)

Com a Palavra de Deus na mente e no coração, qual atitude você se propõe a viver hoje?

Bênção

– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !