Oração diária Sim, Pai, assim foi do teu agrado

15ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

15 de julho de 2020

ORAÇÃO DO DIA

Pai, que a arrogância jamais contamine meu coração. E, fazendo-me pequenino, que eu esteja em condições de acolher a tua revelação.

PRIMEIRA LEITURA: Is 10,5-7.13-16

Leitura do Livro do Profeta Isaías – Assim fala o Senhor: 5“Ai de Assur, vara de minha cólera, bastão em minhas mãos, instrumento de minha indignação! 6Eu o envio contra uma nação ímpia e ordeno-lhe, contra um povo que me excita à ira, que o submeta à pilhagem e ao saque, que o calque aos pés como lama nas ruas.
7Mas ele assim não pensava, seu propósito não era esse; pelo contrário, sua intenção era esmagar e exterminar não poucas nações. 13Pois diz o rei da Assíria: ‘Realizei isso pela força de minha mão e com minha sagacidade, pois tenho experiência; aboli as fronteiras dos povos, saqueei seus tesouros, e derrubei de golpe os ocupantes de altos postos; 14minha mão espalmou como um ninho a riqueza dos povos; e como se apanha uma ninhada de ovos, assim ajuntei eu os povos da terra, e não houve quem batesse asa ou abrisse o bico e desse um pio’.
15Mas acaso gloria-se o machado, em detrimento do lenhador que com ele corta? Ou se exalta a serra contra o serrador que a maneja? Como se a vara movesse quem a levanta e um bastão erguesse aquele que não é madeira. 16Por isso, enviará o Do¬mi¬na¬dor, Senhor dos exércitos, contra aqueles fortes guerreiros o raquitismo; e abalará sua glória com convulsões que queimam como o fogo”. – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 93

   — O Senhor não rejeita o seu povo.
— O Senhor não rejeita o seu povo.

— Eis que oprimem, Senhor, vosso povo, e humilham a vossa herança; estrangeiro e viúva trucidam, e assassinam o pobre e o órfão!

— Eles dizem: “O Senhor não nos vê e o Deus de Jacó não percebe!” Entendei, ó estultos do povo; insensatos, quando é que vereis?

— O que fez o ouvido não ouve? Quem os olhos formou não verá? Quem educa as nações não castiga? Quem os homens ensina não sabe?

— O Senhor não rejeita o seu povo e não pode esquecer sua herança: voltarão a juízo as sentenças; quem é reto andará na justiça.

EVANGELHO: Mt 11,25-27

        – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

25Naquele tempo, Jesus pôs-se a dizer: “Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pe¬que¬ninos. 26Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado. 27Tudo me foi entregue por meu Pai, e ninguém conhece o Filho, senão o Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar”.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Sábios e entendidos, a que se refere Jesus em sua prece ao Pai, são pessoas que acreditam entender de tudo, às vezes pela posição social que ocupam. É gente que entende “de tudo o que se pode saber, e de mais algumas coisas”. O rei pode não entender nada de arte culinária, mas jamais fará uma pergunta que demonstre sua ignorância, exatamente porque quer aparentar ser sábio e entendido. Sábio e entendido é o pequenino que, se não sabe, pergunta e, se exerce alguma função, se faz assessorar por sábios e entendidos de verdade. Não tenha raiva dos pretensos sábios. Tenha pena e ajude-os para que, em suas decisões, as atitudes práticas não prejudiquem ninguém. Os pequeninos, que receberam a revelação, podem ser, no pensamento de Jesus, os seus discípulos. Se forem verdadeiros sábios, saberão que a revelação recebida não foi um privilégio, e sim uma responsabilidade. Dizia Simeão, filho do grande mestre Gamaliel: “Passei toda a minha vida no meio dos sábios, e não encontrei nada mais salutar do que o silêncio. Não é o estudo que é o essencial, mas a prática. Quem fala muito, ocasiona pecados”. Acolhamos a revelação no silêncio e na contemplação. Com ela adquirimos conhecimento e sabedoria e damos suporte a quem não recebeu a revelação, mas é chamado à salvação. A salvação é para todos, a revelação é para os pequeninos, os verdadeiros sábios e entendidos.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
No Evangelho de hoje, Jesus se alegra com a sabedoria do Pai e o louva por esconder dos sábios e entendidos e revelar aos pequeninos. Peçamos também ao Senhor que nos permita entender sua Palavra de vida. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! Rezemos: “Vinde, ó Espírito Santo, e enchei os nossos corações com a chama do vosso amor. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Faça a leitura do Evangelho pausadamente, quantas vezes julgar necessário, e destaque os pontos que mais lhe chamaram atenção. Detenha-se na oração de Jesus: quais palavras mais se destacam? Qual é o motivo do louvor feito na oração? Como é a relação entre Jesus e o Pai revelada no texto?

“Deus é puro espírito e, portanto, não temos possibilidade de conhecê-lo. Diante disso, Deus Pai enviou seu Filho para nos revelar – tirar o véu – toda a Verdade. Jesus assumiu nossa carne, nossa história, caminhou conosco, comeu do nosso pão e experimentou nossas dificuldades. Com Jesus, a Vontade do Pai se tornou manifesta. Mesmo assim, alguns se autoexcluíram da Revelação. Tão orgulhosos, tão cheios de si, não deram espaço para a Boa-Nova, mesmo conhecendo a Escritura, a Lei e os Profetas. Contrariamente a estes, pessoas simples, humildes, sem grandes conhecimentos teóricos, absorveram a sabedoria divina que o Pai lhes revelou. Assim como os próprios apóstolos, pessoas rudes e simples.” (Viver a Palavra – 2020. Frei Aldo Colombo – Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim? Faça a leitura do Evangelho novamente, dispondo-se a escutar o que o Senhor tem a lhe dizer. É importante ler o texto mais de uma vez, para que a Palavra não fique só na mente, mas chegue ao coração. Identifique o que o Senhor quer lhe dizer por meio da Palavra.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Neste momento de sua oração, aproxime-se do Senhor sem medo e peça-lhe que renove em você os dons do Espírito Santo, para que assim reze melhor. Apresente-lhe seus pedidos, louvores e preces.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Sintetize em uma palavra aquilo que o Evangelho o(a) convida a viver

Bênção
O Senhor Jesus Cristo esteja ao meu lado para me sustentar,
Dentro de mim para me encorajar,
Diante de mim para me orientar,
Atrás de mim para me proteger,
Acima de mim para me abençoar.
Ele que vive e reina pelos séculos dos séculos. Amém.
Ir. Carmen Maria Pulga

Confira a Homilia dominical.Clique aqui

[apss_share]