Oração diária A cura da sogra de Pedro

22ª Semana Comum – Ano Litúrgico C

31 de agosto de 2016

ORAÇÃO DO DIA

Pai, que a presença de Jesus em minha vida seja motivo de libertação, de modo que eu possa servir com alegria o meu próximo, especialmente, os mais necessitados.

PRIMEIRA LEITURA: 1Cor 3,1-9

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios – 1Irmãos, não pude falar-vos como a pessoas espirituais. Tive de vos falar como a pessoas carnais, como a crianças na vida em Cristo. 2Pude oferecer-vos somente leite, não alimento sólido, pois ainda não éreis capazes de tomá-lo. E nem atualmente sois capazes de receber alimento sólido, 3visto que ainda sois carnais. As rivalidades e rixas que existem aí, no meio de vós, acaso não mostram que sois carnais e que procedeis de acordo com os impulsos naturais?
4Quando um declara: “Eu sou de Paulo”, e outro: “Eu sou de Apolo”, não estais procedendo como pessoas simplesmente naturais? 5Pois, que é Apolo? que é Paulo? Não passam de servidores, pelos quais chegastes à fé. E cada um deles exerce seu serviço segundo o dom recebido de Deus. 6Eu plantei, Apolo regou, mas Deus é que fazia crescer. 7De modo que nem o que planta, nem o que rega são, propriamente, importantes. Quem é importante é aquele que faz crescer: Deus.
8Aquele que planta e aquele que rega formam uma unidade, mas cada um receberá o seu próprio salário, proporcional ao seu trabalho. 9Com efeito, nós somos cooperadores de Deus, e vós sois lavoura de Deus, construção de Deus. – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 32

           — Feliz o povo que o Senhor escolheu por sua herança!
— Feliz o povo que o Senhor escolheu por sua herança!

— Feliz o povo cujo Deus é o Senhor, e a nação que escolheu por sua herança! Dos altos céus o Senhor olha e observa; ele se inclina para olhar todos os homens.

— Ele contempla do lugar onde reside e vê a todos os que habitam sobre a terra. Ele formou o coração de cada um e por todos os seus atos se interessa.

— No Senhor nós esperamos confiantes, porque ele é nosso auxílio e proteção! Por isso o nosso coração se alegra nele, seu santo nome é nossa única esperança

EVANGELHO: Lc 4,38-44 

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 38Jesus saiu da sinagoga e entrou na casa de Simão. A sogra de Simão estava sofrendo com febre alta, e pediram a Jesus em favor dela. 39Inclinando-se sobre ela, Jesus ameaçou a febre, e a febre a deixou. Imediatamente, ela se levantou e começou a servi-los.
40Ao pôr do sol, todos os que tinham doentes atingidos por diversos males, os levaram a Jesus. Jesus punha as mãos em cada um deles e os curava. 41De muitas pessoas também saíam demônios, gritando: “Tu és o Filho de Deus”. Jesus os ameaçava, e não os deixava falar, porque sabiam que ele era o Messias.
42Ao raiar do dia, Jesus saiu e foi para um lugar deserto. As multidões o procuravam e, indo até ele, tentavam impedi-lo de as deixar. 43Mas Jesus disse: “Eu devo anunciar a Boa Nova do Reino de Deus também a outras cidades, porque para isso é que eu fui enviado”. 44E pregava nas sinagogas da Judeia.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Terminado o ofício da manhã era preciso comer alguma coisa de antemão preparada por respeito ao descanso sabático. O que não sabiam era que a sogra de Simão estava com febre alta. E a mesa não estava preparada. Pedem a Jesus por ela. Sempre com uma palavra de autoridade, fala com a febre. A febre deixa a boa senhora, que solícita ajeita a refeição. Jesus é prático, e atencioso. Fim do dia, a terceira estrela apareceu, terminou o sábado. Começa a movimentação. Doentes e possessos são levados a Jesus, que não gosta de propaganda. Os demônios sabem quem é Jesus e o expõem: Tu és o Filho de Deus. Quem são esses demônios que sabem das coisas? Jesus impõe as mãos. Gesto típico. Jesus sai. Começa a sair, primeiro para um lugar deserto. Espaço de liberdade? Continua saindo para anunciar a Boa-Nova do Reino. Querem segurá-lo para que não saia. Mas sai. Para isso veio. Sai pela Judeia afora. Modelo de Igreja em movimento. O tempo se encarregará de retê-la.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2016’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Estamos no último dia do mês, portanto, ao iniciar a oração, recordemos o que vivemos durante esse período e agradeçamos a Deus por ter nos acompanhado todos os dias. Façamos deste momento uma oportunidade de louvar e agradecer ao Senhor. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Leia-o pausadamente, procurando compreender a atitude de Jesus no Evangelho. Além de Jesus, quais personagens aparecem no texto? Qual seu tema central? Encontre as respostas para essas perguntas lendo o texto e destacando tudo aquilo que lhe chama atenção.

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Agora que você já conhece o tema central do Evangelho, faça sua meditação. Procure perceber o que Deus diz a você por intermédio de sua Palavra. Se ainda não conseguiu identificar o que o Senhor quer lhe dizer, leia o texto novamente, procurando escutá-lo.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Oração é prece ou louvor dirigido ao Pai. Apresente-se a Ele com tudo que você é e tem. Abra o seu coração e conte para o Senhor o que deseja. Deus está pronto para escutá-lo(a) e acolhê-lo(a) com um abraço de Pai. Faça a sua oração.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Que compromisso você deseja firmar neste dia, de acordo com o que Deus lhe transmitiu por meio de sua Palavra?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]