Liturgia diária, A cura da sogra de Pedro - Lc 4,38-44

22ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

06 de setembro de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Pai, que a presença de Jesus em minha vida seja motivo de libertação, de modo que eu possa servir com alegria o meu próximo, especialmente, os mais necessitados.

PRIMEIRA LEITURA:  Cl 1,1-8

Início da carta de são Paulo aos Colossesnses – 1Paulo, apóstolo de Jesus Cristo pela vontade de Deus, e o irmão Timóteo, 2aos irmãos em Cristo, santos e fiéis de Colossos: a vós, graça e paz da parte de Deus, nosso Pai! 3Nas contínuas orações que por vós fazemos, damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, 4porque temos ouvido falar da vossa fé em Jesus Cristo e da vossa caridade com os irmãos, 5em vista da esperança que vos está reservada nos céus. Esperança que vos foi transmitida pela pregação da verdade do Evangelho, 6que chegou até vós, assim como toma incremento no mundo inteiro e produz frutos sempre mais abundantes. É o que acontece entre vós, desde o dia em que ouvistes anunciar a graça de Deus e verdadeiramente a conhecestes, 7pela pregação de Epafras, nosso muito amado companheiro no ministério. Ele nos ajuda como fiel ministro de Cristo. 8Foi ele que

nos informou do amor com que o Espírito vos anima.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 51

          — Confio na clemência do meu Deus, agora e sempre!
— Confio na clemência do meu Deus, agora e sempre!

— Eu, porém, como oliveira verdejante na casa do Senhor, confio na clemência do meu Deus agora e para sempre!

— Louvarei a vossa graça eternamente, porque vós assim agistes; espero em vosso nome, porque é bom, perante os vossos santos!

EVANGELHO:  Lc 4,38-44

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 38Saindo Jesus da sinagoga, entrou na casa de Simão. A sogra de Simão estava com febre alta; e pediram-lhe por ela. 39Inclinando-se sobre ela, ordenou ele à febre, e a febre deixou-a. Ela levantou-se imediatamente e pôs-se a servi-los. 40Depois do pôr-do-sol, todos os que tinham enfermos de diversas moléstias lhos traziam. Impondo-lhes a mão, os sarava. 41De muitos saíam os demônios, aos gritos, dizendo: Tu és o

Filho de Deus. Mas ele repreendia-os severamente, não lhes permitindo falar, porque sabiam que ele era o Cristo. 42Ao amanhecer, ele saiu e retirou-se para um lugar afastado. As multidões o procuravam e foram até onde ele estava e queriam detê-lo, para que não as deixasse. 43Mas ele disse-lhes: É necessário que eu anuncie a boa nova do Reino de Deus também às outras cidades, pois essa é a minha missão. 44E andava pregando nas sinagogas da Galiléia.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Jesus está bem inserido na vida de seu povo. Está na sinagoga, na rua, nas casas. São Lucas não disse nada sobre o chamado dos primeiros apóstolos, mas Jesus está na casa de Pedro e cura a sua sogra. A movimentação é grande em torno dele. Doentes e possessos. Espetáculo deprimente, diria alguém. Não há outras pessoas em volta de Jesus? De manhã bem cedo ele desaparece. Foi para um lugar deserto.

Sabemos que foi para rezar. A oração, conversa com o Pai, ele a faz sozinho, recolhido no silêncio, no deserto. É uma manhã de deserto. Depois, percorre outras cidades. Pregador itinerante, pregava nas sinagogas da Judeia, isto é, em todo o país. Já no início de sua missão, Jesus é um modelo completo para o discípulo missionário. A direção certa do olhar é Jesus e o povo. Olhar para Jesus e olhar para o povo. O resto distrai. Distrai e pode cegar.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Hoje, quarta-feira, é dia de rezarmos pelas pessoas doentes. Rezemos por essas pessoas que trazemos em nossa vida. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém! “Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado. Ajudai-nos a viver a vossa Palavra.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Faça a leitura do Evangelho quantas vezes julgar necessário e destaque os verbos e os personagens que mais lhe chamaram atenção. Qual é o contexto da narrativa? O que representava a enfermidade de acordo com a mentalidade da época? Qual é a ação de Jesus? Qual é a mensagem central do texto?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Neste segundo passo da leitura orante, aproxime-se do Evangelho e leia-o novamente. Durante a leitura, deixe-se conduzir pela Palavra e escute, com bastante atenção, a voz do Senhor, que fala com você por meio dela. Procure identificar o caminho que Ele lhe indica.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Orar significa aproximar-se de Deus e conversar com Ele. Diga ao Senhor como você está, conte-lhe o que o(a) preocupa e o que lhe traz alegria neste momento.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Faça uma síntese da Palavra de Deus, para vivê-la neste dia.

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !