Oração diária Cuidado com os falsos profetas

12ª Semana Comum – Ano Litúrgico C

22 de junho de 2016

ORAÇÃO DO DIA

Pai, dá-me o discernimento necessário para perceber quem, revestido de pele de cordeiro, pode levar-me a arrefecer meu entusiasmo por ti e por teu Reino.

PRIMEIRA LEITURA:  2Rs 22,8-13;23,1-3

Leitura do Segundo Livro dos Reis – Naqueles dias, 22,8o sumo sacerdote Helcias disse ao secretário Safã: “Achei o livro da Lei na casa do Senhor!” Helcias deu o livro a Safã, que também o leu. 9Então o secretário Safã foi à presença do rei e fez-lhe um relatório nestes termos: “Os teus servos juntaram o dinheiro que se achou no templo e entregaram-no aos empreiteiros encarregados do templo do Senhor”.
10Em seguida, o secretário Safã comunicou ao rei: “O sacerdote Helcias entregou-me um livro”. E Safã leu-o diante do rei. 11Ao ouvir as palavras do livro da Lei, o rei rasgou as suas vestes. 12E ordenou ao sacerdote Helcias, a Aicam, filho de Safã, a Acobor, filho de Mi­quéias, ao secretário Safã e a Asaías, ministro do rei: 13“Ide e consultai o Senhor a meu respeito, a respeito do povo e de todo o Judá, sobre as palavras deste livro que foi encontrado. Grande deve ser a ira do Senhor que se inflamou contra nós, porque nossos pais não obedeceram às palavras deste livro, nem puseram em prática tudo o que nos fora prescrito”.
23,1Então o rei mandou que se apresentassem diante dele todos os anciãos de Judá e de Jerusalém. 2E subiu ao templo do Senhor com todos os homens de Judá e todos os habitantes de Jerusalém, os sacerdotes, os profetas e todo o povo, do maior ao menor. Leu diante deles todo o conteúdo do livro da Aliança que tinha sido achado na casa do Senhor. 3De pé, sobre o seu estrado, o rei concluiu a aliança diante do Senhor, obrigando-se a seguir o Senhor e a observar seus mandamentos, preceitos e decretos, de todo o seu coração e de toda a sua alma, cumprindo as palavras da Aliança escritas naquele livro. E todo o povo aderiu à Aliança.

SALMO 118

 — Ensinai-me a viver vossos preceitos, ó Senhor!
— Ensinai-me a viver vossos preceitos, ó Senhor!

— Ensinai-me a viver vossos preceitos; quero guardá-los fielmente até o fim!

— Dai-me o saber, e cumprirei a vossa lei, e de todo o coração a guardarei.

— Guiai meus passos no caminho que traçastes, pois só nele encontrarei felicidade.

— Inclinai meu coração às vossas leis, e nunca ao dinheiro e à avareza.

— Desviai o meu olhar das coisas vãs, dai-me a vida pelos vossos mandamentos!

— Como anseio pelos vossos mandamentos! Dai-me a vida, ó Senhor, porque sois justo!

EVANGELHO: Mt 7,15-20

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

         Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 15“Cuidado com os falsos profetas: Eles vêm até vós vestidos com peles de ovelha, mas por dentro são lobos ferozes. 16Vós os conhecereis pelos seus frutos. Por acaso se colhem uvas de espinheiros ou figos de urtigas? 17Assim, toda árvore boa produz frutos bons, e toda árvore má, produz frutos maus. 18Uma árvore boa não pode dar frutos maus, nem uma árvore má pode produzir frutos bons. 19Toda a árvore que não dá bons frutos é cortada e jogada no fogo. 20Portanto, pelos seus frutos vós os conhe­ce­reis”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Oração Inicial
No Evangelho de hoje, Jesus nos alerta para que não sejamos lobos com pele de carneiros, ou seja, para que sejamos autênticas testemunhas Dele. Iniciemos a nossa oração, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
Que o Espírito Santo seja a nossa luz e nos ajude a compreender o Evangelho com os dons da sabedoria e do entendimento. Amém!

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? “Cuidado com os falsos profetas: eles vêm até vós vestidos de ovelha, mas por dentro são lobos ferozes” (Mt 7,15). Faça a leitura do Evangelho de hoje calmamente, frase por frase, atentando-se ao modo como são descritas as ações. Deixe-se iluminar por outros textos bíblicos, recordando-os para que o ajudem na compreensão deste. “Uma árvore boa não pode dar frutos maus, nem uma árvore má dar frutos bons” (Mt 7,18).

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Como podemos ler no Evangelho de hoje, “uma árvore boa não pode dar frutos maus”. Neste passo da leitura orante, coloque-se à disposição da Palavra, para perceber o que o Senhor tem a lhe dizer. Leia novamente o texto, deixe-se tocar por ele e identifique a mensagem de Deus para você.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Viver este momento de oração é permitir-se obter de Deus a graça de uma vida nova, baseada em sua Palavra de vida. Abra o seu coração, reze ao Senhor e apresente a Ele as suas intenções e as pessoas pelas quais você gostaria de orar.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você a partir da Palavra? Neste momento de contemplação, repasse o texto bíblico, ruminando a mensagem do Evangelho. Deixe que ele desperte em você um sentimento e identifique que sentimento é esse. Resuma sua leitura orante em uma palavra, para vivê-la durante este dia.

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

LEITURA ORANTE

Falsos profetas estão por toda parte, vestidos de muitas cores, disfarçados de ovelhas e de pastor. É preciso prestar atenção ao que fazem e o que produzem. O lobo feroz devora a ovelha, na sociedade e dentro da Igreja. Dentro da Igreja não significa somente dentro da Igreja Católica. Sistemas religiosos acobertam lobos que enganam e depois devoram as ovelhas e seus bens. Quanto mais próximos do evangelho de Jesus, mais autêntica é a vida religiosa e civil. O evangelho ensina a ser gente e orienta o relacionamento com Deus. Tudo o que se distancia da prática do evangelho, torna-se duvidoso. São Luiz de Monfort dizia: “Que cruz, quando não há cruz”. A cruz não pode estar ausente de quem quer ser cristão. Cristianismo sem cruz não é o de Jesus. Além disso, para dar bom fruto, a árvore precisa ter raízes profundas que vão até os apóstolos. Não se inventa o Cristianismo, não se foge da história e da tradição. Não é difícil abrir uma porta na rua da sua casa e dar início a uma nova Igreja. Isso se faz constantemente. O impressionante é que tal Igreja encontre adeptos, mesmo quando duas evidências saltam aos olhos: não é Igreja da Cruz, não vem dos apóstolos. É comercial, inventada com técnica e arte. Os frutos de uma Igreja são a santidade de seus membros e a caridade.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2016’, Paulinas

[apss_share]