Oração diária, Não vivais preocupados - Mt 6,24-34

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Mt 6,24-34

Não devemos preocupar-nos antes do tempo e em excesso. Precisamos fazer a nossa parte e confiar na ação de Deus. Ação e oração andam juntas.

Façamos a oração do dia: Pai, centra toda minha vida na busca do teu Reino e na justiça que dele vem, de forma que nenhuma outra preocupação possa ser importante para mim.

11ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 19 de junho de 2021

PRIMEIRA LEITURA:  2Cor 12,1-10  

Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios.

1Irmãos, será que é preciso gloriar-me? Na verdade, não convém. No entanto, passarei a falar das visões e revelações do Senhor.

2Conheço um homem, unido a Cristo, que, há catorze anos, foi arrebatado ao terceiro céu. Se ele foi arrebatado com o corpo ou sem o corpo, eu não o sei, só Deus sabe. 3Sei que esse homem – se com o corpo ou sem o corpo, não sei, Deus o sabe – 4foi arrebatado ao paraíso e lá ouviu palavras inefáveis que nenhum homem consegue pronunciar.

5Quanto a esse homem eu me gloriarei, mas, quanto a mim mesmo, não me gloriarei, a não ser das minhas fraquezas. 6No entanto, se eu quisesse gloriar-me, não seria insensato, pois só diria a verdade. Mas evito gloriar-me, para que ninguém faça de mim uma ideia superior àquilo que vê em mim ou que ouve de mim. 7E

para que a extraordinária grandeza das revelações não me ensoberbecesse, foi espetado na minha carne um espinho, que é como um anjo de Satanás a esbofetear-me, a fim de que eu não me exalte demais.

8A esse propósito, roguei três vezes ao Senhor que o afastasse de mim. 9Mas ele disse-me: “Basta-te a minha graça. Pois é na fraqueza que a força se manifesta”. Por isso, de bom grado, eu me gloriarei das minhas fraquezas, para que a força de Cristo habite em mim. 10Eis por que me comprazo nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições e nas angústias sofridas por amor a Cristo. Pois, quando eu me sinto fraco, é então que sou forte.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 34(33)

— Provai e vede quão suave é o Senhor!

— Provai e vede quão suave é o Senhor!

— O anjo do Senhor vem acampar ao redor dos que o temem, e os salva. Provai e vede quão suave é o Senhor! Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!

— Respeitai

o Senhor Deus, seus santos todos, porque nada faltará aos que o temem. Os ricos empobrecem, passam fome, mas aos que buscam o Senhor não falta nada.

— Meus filhos, vinde agora e escutai-me: vou ensinar-vos o temor do Senhor Deus. Qual o homem que não ama sua vida, procurando ser feliz todos os dias?

EVANGELHO: Mt 6,24-34

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 24“Ninguém pode servir a dois senhores: pois, ou odiará um e amará o outro, ou será fiel a um e desprezará o outro. Vós não podeis servir a Deus e ao dinheiro.

25Por isso eu vos digo: não vos preocupeis com a vossa vida, com o que havereis de comer ou beber; nem com vosso corpo, com o que havereis de vestir. Afinal a vida não vale mais do que o alimento, e o corpo, mais do que a roupa? 26Olhai

os pássaros dos céus: eles não semeiam, não colhem, nem ajuntam em armazéns. No entanto, vosso Pai que está nos céus os alimenta. Vós não valeis mais do que os pássaros?

27Quem de vós pode prolongar a duração da própria vida, só pelo fato de se preocupar com isso? 28E por que ficais preocupados com a roupa? Olhai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham nem fiam. 29Porém, eu vos digo: nem o rei Salomão, em toda a sua glória, jamais se vestiu como um deles. 30Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é queimada no forno, não fará ele muito mais por vós, gente de pouca fé?

31Portanto, não vos preocupeis, dizendo: Que vamos comer? Que vamos beber? Como vamos nos vestir? 32Os pagãos é que procuram essas coisas. Vosso Pai, que está nos céus, sabe que precisais de tudo isso. 33Pelo contrário, buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão dadas por acréscimo. 34Portanto, não vos preocupeis com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã terá suas preocupações! Para cada dia, bastam seus próprios problemas”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

“A cada dia basta o seu mal.” Pedimos na Missa, depois do Pai-Nosso, que Deus nos livre de todos os males. Faz parte da sabedoria não aumentar nem multiplicar os problemas da vida. Saber usar o dinheiro é um bem. Submeter-se a ele é um mal. Teremos tudo se primeiro buscarmos o Reino de Deus e sua justiça.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

“Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo do vosso amor. Enviai, Senhor, o vosso Espírito, e tudo será criado, e renovareis a face da terra. Oremos: Senhor, nosso Deus, que pela luz do Espírito Santo instruístes o coração dos vossos fiéis, fazei-nos dóceis ao mesmo Espírito, para apreciarmos o que é justo e nos alegrarmos sempre com a sua presença. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.”

Leitura (Verdade)

Deus se revela por meio de seu Filho Jesus Cristo. Aproxime-se da sua Palavra e faça a leitura, destacando as comparações, os sujeitos e os ensinamentos que surgem ao longo do texto. Procure identificar o tema central do Evangelho e reflita sobre a mensagem que Jesus comunica por meio dele.

“O servo devia submissão total à pessoa que o tinha adquirido. A imagem lembra a fidelidade e as exigências do Pai. A mamona – o dinheiro – se apresenta como rival de Deus e assume a condição de ídolo, querendo que seus súditos o adorem. Jesus aponta a ternura do Pai que se preocupa com cada um dos seus filhos e filhas. E indica as aves dos céus e os lírios do campo – que enfeitavam os caminhos da Galileia – como provas da Providência Divina. O termo “preocupação” deve ser entendido em seu verdadeiro sentido. Precisamos todos nos ocupar, isto é, fazer o que nos compete. Porém, não devemos preocupar-nos antes do tempo e em excesso. Precisamos fazer a nossa parte e confiar na ação de Deus. Ação e oração andam juntas.” 

Meditação (Caminho)

Agora, vamos trazer a reflexão da Palavra para a nossa vida. O que o texto diz para mim? Que aspectos da revelação de Deus esta passagem me possibilita conhecer? Que luz me dão as palavras de Jesus? De que maneira esta passagem me compromete? O que ela me pede?
Deixo-me tocar pela Palavra e identifico o caminho que o Senhor me indica.

Oração (Vida)

Na oração, você se coloca na presença do Senhor e lhe diz tudo que há em seu coração. Esse é um encontro muito esperado por Deus, na pessoa de Jesus Cristo, pela ação do Espírito Santo. Apresente ao Senhor o que você deseja sem medo, pois Deus o(a) ama com amor infinito.

Contemplação (Vida e Missão)

Contemplando esta Palavra: “Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão dadas por acréscimo.” O que você deseja colocar em prática neste momento da sua vida?

Bênção

“Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.” (Filipenses 4,8).

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !