Oração Não convém que um profeta morra fora de Jerusalém... - Lc 13,31-35

PRECISO MUITO TE AJUDA ! FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

O site acumula uma divida e diante a crise que todos estamos passando essa divida esta aumentando podendo até o site sair fora do ar.

Divida atual: R$ 2800,00
Valor arrecadado: R$ 849,00 (22/04/2021 - 07:30 - atualizaremos quando recebermos uma nova doação)

Peço se alguém puder ajudar com uma doação de qualquer valor, agradeço imensamente.

PIX CHAVE CELULAR: 19 987634283
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

OU

PIX CHAVE EMAIL: doacao@catequizar.com.br
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Quem não tem pix e puder doar por boleto esse é meu numero de WhatsApp 19 987634283 me chama e como forma de agradecimento dou acesso ao site missa com crianças que tem historinhas para catequese. Quem nao puder ajudar, peço oraçoes ! Deus abençoe a todos. Anderson

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Lc 13,31-35

 Jesus é o Libertador, que compartilha a vida, as angústias, os sofrimentos, a dor de seu povo. É nele que também hoje encontraremos a libertação

Façamos a oração do dia: Pai, predispõe-me, pela força do teu Espírito, a acolher a salvação que teu Filho Jesus me oferece, fazendo-me digno deste dom supremo de tua bondade.

30ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

Liturgia do dia 29 de outubro de 2020

PRIMEIRA LEITURA: Ef 6,10-20

Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios – 10Para terminar, irmãos, confortai-vos no Senhor, e no domínio de sua força, 11revesti-vos da armadura de Deus, para estardes em condições de enfrentar as manobras do diabo. 12Pois não é a homens que enfrentamos, mas as autoridades, os poderes, as dominações deste mundo de trevas, os espíritos do mal que estão nos céus.
13Revesti, portanto, a armadura de Deus, a fim de que no dia mau possais resistir e permanecer firmes em tudo. 14De pé, portanto! Cingi os vossos rins com a verdade, revesti-vos com a couraça da justiça 15e calçai os vossos pés com a prontidão em anunciar o Evangelho da paz.

16Tomai o escudo da fé, o qual vos permitirá apagar todas as flechas ardentes do Maligno. 17Tomai,

enfim, o capacete da salvação e o gládio do espírito, isto é, a Palavra de Deus. 18Com preces e súplicas de vária ordem, orai em todas as circunstâncias, no Espírito, e vigiai com toda a perseverança, intercedendo por todos os santos.

19Orai também por mim, para que a palavra seja posta em minha boca para anunciar corajosamente o mistério do Evangelho, 20do qual sou embaixador acorrentado. Possa eu, como é minha obrigação, proclamá-lo com toda a ousadia.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 144(143)

— Bendito seja o Senhor, meu rochedo!
— Bendito seja o Senhor, meu rochedo!

— Bendito seja o Senhor, meu rochedo, que adestrou minhas mãos para a luta, e os meus dedos treinou para a guerra!

— Ele é meu amor, meu refúgio, libertador, fortaleza e abrigo. É meu escudo: é nele que espero, ele submete as nações a meus pés.

— Um canto novo, meu Deus, vou cantar-vos, nas dez cordas da harpa louvar-vos, a vós que dais a vitória aos reis e salvais vosso servo Davi.

EVANGELHO:  Lc 13,31-35

– O Senhor esteja convosco.
– Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de

Jesus Cristo † segundo São Mateus.
– Glória a vós, Senhor.

31Naquela hora, alguns fariseus aproximaram-se e disseram a Jesus: “Tu deves ir embora daqui, porque Herodes quer te matar”. 32Jesus disse: “Ide dizer a essa raposa: eu expulso demônios e faço curas hoje e amanhã; e no terceiro dia terminarei o meu trabalho. 33Entretanto, preciso caminhar hoje, amanhã e depois de amanhã, porque não convém que um profeta morra fora de Jerusalém.

34Jerusalém, Jerusalém! Tu que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes eu quis reunir teus filhos, como a galinha reúne os pintinhos debaixo das asas, mas tu não quiseste! 35Eis que vossa casa ficará abandonada. Eu vos digo: não me vereis mais, até que chegue o tempo em que vós mesmos direis: Bendito aquele que vem em nome do Senhor”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Subindo para Jerusalém, depois de ter explicado que a porta da salvação é estreita e que há últimos que serão

primeiros e primeiros que serão últimos, Jesus recebeu de alguns fariseus o aviso para ir embora porque Herodes estava querendo matá-lo. A resposta de Jesus, aparentemente enigmática, é bastante clara. Herodes é uma raposa e Jesus vai morrer quando chegar a sua hora, e não quando Herodes quiser.

Ele está a caminho de Jerusalém e deve chegar lá. Em seguida, Jesus faz um lamento belo e ao mesmo tempo triste sobre a cidade santa, com uma séria afirmação: “Eu quis, mas não quiseste”. “Quantas vezes eu quis reunir teus filhos, mas não quiseste!” Os fariseus que avisam a Jesus provavelmente não são aqueles que, juntamente com os escribas, queriam armar-lhe ciladas.

O texto fala de “alguns fariseus”. Embora Jesus tenha sido crucificado fora da cidade, foi em Jerusalém que se decidiu a sua morte. Não convém que um profeta morra fora de Jerusalém! No terceiro dia ele chegará ao termo de sua missão.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Abra o coração para a ternura de Deus e confie sem temor em sua promessa. Deixe que o amor generoso de Deus o(a) acolha como uma mãe acolhe o filho. Permaneça na intimidade do Pai e sinta a força de sua asa protetora.

Leitura (Verdade)

Como jesus se preparou para a escolha dos apóstolos?

“Segundo dados anteriores sobre Herodes, há motivos para supor que ele representava um perigo real. Jesus, no entanto, o chama de raposa, isto é, algo insignificante comparado a um leão.

Mesmo assim não o considera alguém capaz de impedi-lo de realizar sua missão. Jesus recebera esta missão do Pai, com poder infinitamente maior que o de Herodes.

As autoridades religiosas são as maiores responsáveis pela rejeição a Jesus, mas o povo tem sua parcela de culpa. Jesus chorou sobre Jerusalém e tudo fez para mudar sua trajetória. Contudo, ele usa uma comparação cheia de ternura: a galinha que cuida e defende seus pintinhos. Israel não soube reconhecer o tempo da graça. E Jesus – como profeta – iria morrer em Jerusalém.” 

Meditação (Caminho)

É preciso vigiar, estar sempre atento(a) e confiar na misericórdia de Deus, para permanecer fiel ao amor. Qual imagem você tem de Deus? Você crê em seu amor misericordioso ou o teme como um patrão justiceiro? Você testemunha um Deus de ternura que atrai os que o(a) cercam para um convívio fraterno, para a alegria, a bondade, o perdão?

Oração (Vida)

“Deus, meu amado Pai, sonda o meu coração. Ele está aberto para ti. Tu conheces minha natureza e todas as minhas fraquezas. Diante de ti, sou tão pequeno, mas me engrandeço na tua presença. Na fé que me conduz ao verdadeiro caminho, eu lhe peço, fica comigo, cobre-me com a tua misericórdia, afaga-me com o teu abraço e sustenta-me com a tua mão. O fardo é mais leve quando estou contigo.

A fé alimenta minha alma e me nutre de vida. Querido Pai, guia-me para o caminho reto. Envolve-me de bênçãos e vitórias. Confio em ti e esperarei, porque o melhor tempo é o tempo do Senhor. Que o Espírito Santo esteja comigo em todos os momentos da minha vida, envolvendo-me de proteção e luz. Obrigado(a) por me escutar, meu Pai. Amém.”

Contemplação (Vida e Missão)

De que forma você deseja conservar a Palavra de Deus presente neste seu dia? O que você deseja colocar em prática segundo os ensinamentos de Jesus?

Bênção

Confira a Homilia dominical.Clique aqui