Liturgia diária, Amai os vossos inimigos - Mt 5,43-48

PRECISO MUITO TE AJUDA !
Divida desse mês é de R$ 514,00 (referente a mensalidade do servidor do site) Data para acertar o pagamento: 17/06
Valor arrecadado: R$ 104,89
FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR
PIX CHAVE EMAIL: doacao@catequizar.com.br
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

11ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

20 de junho de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Ó Deus, força daqueles que esperam em vós, sede favorável ao nosso apelo e, como nada podemos em nossa fraqueza, dai-nos sempre o socorro da vossa graça.

PRIMEIRA LEITURA:  2Cor 8,1-9

Leitura da segunda carta de são Paulo aos Coríntios –

Irmãos, 1Desejamos dar-vos a conhecer, irmãos, a graça que Deus concedeu às igrejas da Macedônia. 2Em meio a tantas tribulações com que foram provadas, espalharam generosamente e com transbordante alegria, apesar de sua extrema pobreza, os tesouros de sua liberalidade. 3Sou testemunha de que, segundo as suas forças, e até além dessas forças, contribuíram espontaneamente 4e nos pediam com muita insistência o favor de poderem se associar neste socorro destinado aos irmãos. 5E ultrapassaram nossas expectativas. Primeiro deram-se a si mesmos ao Senhor e, depois, a nós, pela vontade de Deus. 6De maneira que recomendamos a Tito que leve a termo entre vós esta obra de caridade, como havia começado. 7Vós vos distinguis em tudo: na fé, na eloquência, no conhecimento, no zelo de todo o gênero e no afeto para conosco. Cuidai de ser notáveis também nesta obra de caridade. 8Não o digo como quem manda, mas,

para exemplo do zelo dos outros, quisera pôr em prova a sinceridade de vossa caridade. 9Vós conheceis a bondade de nosso Senhor Jesus Cristo. Sendo rico, se fez pobre por vós, a fim de vos enriquecer por sua pobreza.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 145

          — Bendize, ó minha alma, ao Senhor!
— Bendize, ó minha alma, ao Senhor!

— Bendirei ao Senhor toda a vida, cantarei ao meu Deus sem cessar!

— É feliz todo homem que busca seu auxílio no Deus de Jacó, e que põe no Senhor a esperança. O Senhor fez o céu e a terra, fez o mar e o que neles existe. O Senhor é fiel para sempre.

— Faz justiça aos que são oprimidos; ele dá alimento aos famintos, é o Senhor quem liberta os cativos.

— O Senhor abre os olhos aos cegos, o Senhor faz erguer o caí­do, o Senhor ama aquele que é justo. É o Senhor quem protege o estrangeiro.

EVANGELHO:  Mt 5,43-48

          – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de

nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 43Tendes ouvido o que foi dito: Amarás o teu próximo e poderás odiar teu inimigo. 44Eu, porém, vos digo: amai vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam, orai pelos que vos maltratam e perseguem. 45Deste modo sereis os filhos de vosso Pai do céu, pois ele faz nascer o sol tanto sobre os maus como sobre os bons, e faz chover sobre os justos e sobre os injustos. 46Se amais somente os que vos amam, que recompensa tereis? Não fazem assim os próprios publicanos? 47Se saudais apenas vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Não fazem isto também os pagãos? 48Portanto, sede perfeitos, assim como vosso Pai celeste é perfeito.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Amar o próximo já não é fácil. O que dizer de amar o inimigo, rezar por quem me persegue, cumprimentar pessoas que

me querem mal? Não se trata apenas de atitudes difíceis na vida de qualquer um. Trata-se também do porquê de tais atitudes. Por que amar quem me prejudica? A guerra se faz contra o inimigo e se faz com armas letais. O inimigo merece bala. Cumprimentar o injusto por quê? Só se for para pô-lo na cadeia! Ou Jesus não está falando sério ou está se referindo a situações corriqueiras da vida de cada dia, quando é possível desculpar, ser gentil, dizer bom-dia. Será que devemos premiar a maldade? No entanto, a medida da perfeição é a perfeição do Pai. Se ele nos tratasse como tratamos os outros, não sobraria ninguém. Sua perfeição se vê na misericórdia e sua força na bondade. A raiz dos males está na nossa liberdade, que tanto opta pela vida quanto pela morte. Se o inimigo não muda, se o perseguidor não muda, se o malvado não muda, então somos nós que devemos mudar, começando por mudar o método de abordagem em relação a eles. Considere por um momento o nosso sistema presidiário. Ele odeia o inimigo e não beneficia ninguém. O mal pode mudar sob o impacto do bem.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Façamos a nossa oração com a Palavra, em um ambiente silencioso, e peçamos ao Espírito Santo que nos ensine a rezar e que abra os nossos ouvidos para escutarmos o Senhor. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!
“Divino Espírito Santo, vem e renova em nós os teus dons. Amém.”

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? “‘Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!’ Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai por aqueles que vos perseguem!” Faça a leitura do Evangelho, quantas vezes julgar necessário, e identifique seu tema central. Que mensagem Jesus nos transmite?

Meditação (Caminho)
O que o texto diz a você? Faça a meditação do Evangelho, relendo todo o texto e deixando-se tocar por ele. Detenha-se na palavra ou versículo que você sente que o Senhor direciona a você.

Oração (Vida)
O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Ao se aproximar do Senhor para este momento de oração, não tenha medo de dizer-lhe tudo que está em seu coração. Deus é rico em misericórdia e deseja estar com você.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? O que você deseja pôr em prática em sua vida neste dia?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]