Oração diária, Orai por aqueles que vos perseguem - Mt 5,43-48

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Mt 5,43-48

O amor que Jesus prega é com total gratuidade. O humano ama o que é amável; o preceito de Jesus pede que se ame até o que não é amável.

Façamos a oração do dia: Pai, faze-me teu imitador, e não me deixes cair na tentação de fazer acepção de pessoas. Que eu ame a todos, sem qualquer distinção.

1ª Semana da Quaresma – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 27 de fevereiro de 2021

PRIMEIRA LEITURA: Dt 26,16-19 

Leitura do Livro do Deuteronômio.

Moisés dirigiu a palavra ao povo de Israel e lhe disse: 16“Hoje, o Senhor teu Deus te manda cumprir esses preceitos e decretos. Guarda-os e observa-os com todo o teu coração e com toda a tua alma.

17Tu escolheste hoje o Senhor para ser o teu Deus, para seguires os seus caminhos, e guardares seus preceitos, mandamentos e decretos, e para obedecerdes à sua voz. 18E o Senhor te escolheu, hoje, para que sejas para ele um povo particular, como te prometeu, a fim de observares todos os seus mandamentos. 19Assim ele te fará ilustre entre todas as nações que criou, e te tornará superior em honra e glória, a fim de que sejas o povo santo do Senhor teu Deus, como ele disse”.

Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 119(118) 

— Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

— Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!

— Feliz o homem sem pecado em seu caminho, que na lei do Senhor Deus vai progredindo! Feliz o homem que observa seus preceitos, e de todo o coração procura a Deus!

— Os vossos mandamentos vós nos destes, para serem fielmente observados. Oxalá seja bem firme a minha vida em cumprir vossa vontade e vossa lei!

— Quero louvar-vos com sincero coração, pois aprendi as vossas justas decisões. Quero guardar vossa vontade e vossa lei; Senhor, não me deixeis desamparado!

EVANGELHO: Mt 5,43-48 

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 43“Vós ouvistes o que foi dito: ‘Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!’ 44Eu, porém, vos digo: Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem!

45Assim, vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o sol sobre maus e bons, e faz cair a chuva sobre justos e injustos. 46Porque,

se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa?

47E se saudais somente os vossos irmãos, o que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? 48Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito”.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

“Sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito.” Em relação a nós, a perfeição do Pai consiste em amar sem limites. Por isso ouvimos de Jesus: “Amai os vossos inimigos, orai por aqueles que vos perseguem”. Se não é tão fácil amar sempre os amigos, o que pensar dos inimigos? Se aqueles com os quais nos damos bem, por vezes nos aborrecem, o que dizer de quem abertamente nos persegue? “Restauração” é hoje uma palavra que pretende ocupar o lugar da retaliação e da vingança. “Olho por olho” nos mantém na situação de sempre. Faço o que o outro fez repetindo o que já é conhecido e envelheceu.

Algo

novo precisa surgir no relacionamento humano, e pode ser a restauração. Refazer o que se rompeu mantendo vivos os extremos. Encurtar distâncias é uma tarefa cristã. Lanças pontes que aproximam até mesmo por cima de muros que separam. Tudo no sacrifício de si mesmo. Há algo sacrificante no amor aos inimigos. Sacrificante porque se torna sacro. Assim fez o Cristo que não matou o inimigo, mas matou em si mesmo a inimizade, derrubando o muro de separação e aproximando os povos. Redesenhe inimigo. Deseje o melhor ao adversário, inclusive a conversão. A oração por eles aliviará o seu coração.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2021’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

“Escutai!” Esta é a atitude fundamental para acolher em profundidade a Palavra de Deus. A acolhida do Reino depende da escuta da Palavra e da liberdade do destinatário para que a semente da Palavra caia no coração e produza bons frutos.

Oremos: “Divino Espírito Santo, amor eterno do Pai e do Filho, desperta meus ouvidos para que eu possa escutar como discípulo a Palavra de Deus. Dá-me vida pela tua palavra. Que o meu coração seja uma terra boa para que tua palavra seja semeada e possa dar muitos frutos bons. Amém!”

Leitura (Verdade)

Evangelho: Mt 5,43-48 “Ouvistes que foi dito: ‘Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!’ Ora, eu vos digo: amai os vossos inimigos e orai por aqueles que vos perseguem! Assim vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus; pois ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons e faz cair a chuva sobre justos e injustos. Se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os publicanos não fazem a mesma coisa? E se saudais somente os vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? Sede, portanto, perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito.”

Releia atentamente o texto sublinhando todos os verbos. Quais são as ações que estes verbos trazem?

“Para muitos, no Antigo Testamento, a palavra “próximo” era sinônimo de judeu. Isso legitimava a exclusão e o ódio aos inimigos. Até mesmo alguns Salmos trazem esse viés, pois seus inimigos, imaginavam, eram inimigos de Deus. “Eu, porém, vos digo: amai vossos inimigos”. Não se trata apenas do perdão, o que já seria bastante, mas de amor. E Jesus estabelece a teologia desse preceito: há um só Pai e todos somos filhos desse Pai. Isso supera definitivamente o humano. Amar do jeito dos publicanos traz a conotação de interesse. O amor que Jesus prega é com total gratuidade. O humano ama o que é amável; o preceito de Jesus pede que se ame até o que não é amável. Essa dimensão inclui até os inimigos.” 

Meditação (Caminho)

Agora, vamos trazer a reflexão da Palavra para a vida. O que o texto diz para mim?
Qual o primeiro verbo de ação? Qual o verbo que se opõe a este? Como é meu perdão? Que condições coloco para perdoar quem me ofende?

Oração (Vida)

Deixe seu coração falar com Deus. Permaneça aberto à sua graça, deixe-se guiar por sua Palavra e traga na sua presença as fragilidades humanas suas, de seus queridos, da humanidade e de todo Universo. Reze em comunhão com a Igreja neste tempo favorável e reze em prol da VIDA.

Contemplação (Vida e Missão)

Deixo-me conduzir pelo Espírito Santo, como Jesus, para o deserto, não precisamente de areia, mas onde estão as tentações e onde conduzido(a) pelo Espírito Santo encontro também a vitória. Proponho-me, não a fazer prodígios, mas obedecer a voz do bem, as moções do Espírito de Deus, em favor dos irmãos necessitados.

Bênção

Benção especial da Quaresma
– Deus Pai de misericórdia, conceda a todos, como concedeu ao filho pródigo, a alegria do retorno a casa. Amém.
– O Senhor Jesus Cristo, modelo de oração e de vida, nos guie nesta jornada quaresmal a uma verdadeira conversão. Amém.
– O Espírito de sabedoria e fortaleza nos sustente na luta contra o mal, para podermos com Cristo celebrar a vitória da Páscoa. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !