Oração diária Amarás o teu próximo!

PRECISAMOS MUITO DE SUA AJUDA

Estimados irmãos venho aqui pedir a sua ajuda se possível for. Estamos fechando o mês e não vou conseguir pagar a mensalidade da divida do site referente ao servidor onde o site fica hospedado. Pra complicar minha situação tenho pai acamado. Diante das dificuldades que todos estamos passando compreendo o qto esta difícil para todos, mas se vc tiver a possibilidade de AJUDAR COM UMA DOAÇÃO sera de muita ajuda para diminuir as dividas. .Clique aqui para Doar

11ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

16 de junho de 2020

ORAÇÃO DO DIA

Pai, não permitas que a violência tome conta do meu coração; antes, torna-me capaz de responder, com gestos de amor, a quem me faz o mal.

PRIMEIRA LEITURA: 1Rs 21,17-29

Leitura do Primeiro Livro dos Reis – Após a morte de Nabot, 17a palavra do Senhor foi dirigida a Elias, o tesbita, nestes termos: 18“Levanta-te e desce ao encontro de Acab, rei de Israel, que reina em Samaria. Ele está na vinha de Nabot, aonde desceu para dela tomar posse. 19Isto lhe dirás: ‘Assim fala o Senhor: Tu mataste e ainda por cima roubas!’ E acrescentarás: ‘Assim fala o Senhor: No mesmo lugar em que os cães lamberam o sangue de Nabot, lamberão também o teu’”.
20Acab disse a Elias: “Afinal encontraste-me, ó meu inimigo?” Elias respondeu: “Sim, eu te encontrei. Porque te vendeste para fazer o que desagrada ao Senhor, 21farei cair sobre ti a desgraça: varrerei a tua descendência, exterminando todos os homens da casa de Acab, escravos ou livres em Israel. 22Farei com a tua família como fiz com as famílias de Jeroboão, filho de Nabat, e de Baasa, filho de Aías, porque provocaste a minha ira e fizeste Israel pecar.
23Também a respeito de Je­zabel o Senhor pronunciou uma sentença: ‘Os cães devorarão Jezabel no campo de Jezrael. 24Os da família de Acab, que morrerem na cidade, serão devorados pelos cães, e os que morrerem no campo, serão comidos pelas aves do céu’”. 25Não houve ninguém que se tenha vendido como Acab, para fazer o que desagrada ao Senhor, porque a isto o incitava sua mulher Jezabel. 26Portou-se de modo abominável, seguindo os ídolos dos amorreus que o Senhor tinha expulsado diante dos filhos de Israel.
27Quando Acab ouviu estas palavras, rasgou as vestes, pôs um cilício sobre a pele e jejuou. Dormia envolto num pano de penitência e andava abatido. 28Então a palavra do Senhor foi dirigida a Elias, o tesbita, nestes termos: 29“Viste como Acab se humilhou diante de mim? Já que ele assim procedeu, não o castigarei durante a sua vida, mas nos dias de seu filho enviarei a desgraça sobre a sua família”. – Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 50

— Misericórdia, ó Senhor, porque pecamos!
— Misericórdia, ó Senhor, porque pecamos!

— Tende piedade, ó meu Deus, misericórdia! Na imensidão de vosso amor, purificai-me! Lavai-me todo inteiro do pecado, e apagai completamente a minha culpa!

— Eu reconheço toda a minha iniquidade, o meu pecado está sempre à minha frente. Foi contra vós, só contra vós, que eu pequei, e pratiquei o que é mau aos vossos olhos!

— Desviai o vosso olhar dos meus pecados e apagai todas as minhas transgressões! Da morte como pena, libertai-me, e minha língua exaltará vossa justiça!

EVANGELHO: Mt 5,43-48

          – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 43“Vós ouvis­tes o que foi dito: ‘Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!’ 44Eu, porém, vos digo: ‘Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem!’ 45Assim, vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o sol sobre maus e bons, e faz cair a chuva sobre os justos e injustos.
46Porque, se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa? 47E se saudais somente os vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? 48Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito”.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

São Paulo escreveu aos romanos: “Se teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer, se tiver sede, dá-lhe de beber. Agindo desta forma estarás acumulando brasas sobre a cabeça dele. Não te deixes vencer pelo mal, mas vence o mal com o bem”. É o que ensina Jesus no Evangelho de Mateus: “Amar os inimigos e orar por aqueles que vos perseguem”. É preciso fazer a experiência. Ela é libertadora. Desata as amarras do coração. Vivemos raivas solitárias. Brigamos sozinhos. Não conseguimos esquecer, entender, perdoar, e acreditamos estar com razão. A ação do outro podia ter sido diferente, mas feriu, magoou, despertou desejos de vingança. No mundo não se procura justiça; procura-se vingança, satisfação em ver o outro punido com muito rigor. Deixe o passado e olhe para frente! O que não tem remédio, remediado está. Queira o bem do suposto inimigo. Seu bem será sua conversão. Você não pode ser atendido em suas orações com o coração cheio de rancor. Você não pode ser perdoado se não perdoar. Tire primeiro o que pesa em seu coração. Só depois procure o diálogo, o entendimento. Melhor do que raiva é ter pena, e tendo pena compreende-se a fragilidade alheia. Forte é quem ama e perdoa.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Leitura (Verdade)
“Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!’ Eu, porém, vos digo: amai os vossos inimigos e orai por aqueles que vos perseguem!” Faça a leitura do Evangelho, quantas vezes julgar necessário, e identifique a mensagem central que Jesus nos transmite?
“Os israelitas tinham como norma amar os amigos e odiar os inimigos. Para eles, amigos eram os de sua raça e religião; inimigos eram todos os outros povos. E para os inimigos a vingança devia ser de sete vezes. Esta é a prática normal de todos os povos. Se queres a paz, prepara a guerra. Com esta tentativa foram feitas milhares de guerras e a paz não aconteceu. A característica que nos assemelha ao Pai é a misericórdia. O perdão deve ser dado setenta vezes sete. Amar os que são amáveis é humano; amar os não amáveis é divino. Porque somos todos pecadores, precisamos usar da misericórdia para, um dia, termos um julgamento favorável. O amor do Pai não discrimina; o amor ao discípulo perseguido não se transforma em ódio.” (Viver a Palavra – 2020. Frei Aldo Colombo – Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
O que o texto diz para mim? Releio este Evangelho e deixo-me tocar por ele. Que palavra ou versículo eu percebo que o Senhor direciona para mim? Que apelos ele me faz?Reconheço em mim as características do amor de Deus?

Oração (Vida)
Ao se aproximar do Senhor para este momento de oração, não tenha medo de dizer-lhe tudo que está em seu coração. Deus é rico em misericórdia e deseja estar conosco.
Conclua com a oração que o Senhor nos ensinou:
Pai Nosso que estais no Céu, santificado seja o Vosso nome; venha a Nós o Vosso Reino; seja feita a Vossa vontade assim na Terra como no Céu; o pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; e não nos deixei cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém.

Contemplação (Vida e Missão)
Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Anote o que foi mais importante (palavras, frases, imagens). O que você deseja pôr em prática em sua vida neste dia?

Bênção
“Alegrem-se na esperança, sejam pacientes na tribulação, perseverem na oração. (…) Não se deixem vencer pelo mal, mas vençam o mal com o bem. (Romanos 12, 12; 21)

Ir. Carmen Maria Pulga

Confira a Homilia dominical.Clique aqui

[apss_share]