Liturgia diária Amai os vossos inimigos e orai... - Mt 5,43-48

PRECISO MUITO TE AJUDA !
Divida desse mês é de R$ 514,00 (referente a mensalidade do servidor do site) Data para acertar o pagamento: 17/06
Valor arrecadado: R$ 104,89
FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR
PIX CHAVE EMAIL: doacao@catequizar.com.br
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

1ª Semana da Quaresma – Ano Litúrgico A

11 de março de 2017

ORAÇÃO DO DIA

Espírito de amor perfeito, coloca-me no caminho da perfeição do Pai, que ama a humanidade, fazendo o bem a todos os seres humanos, sem distinção.

PRIMEIRA LEITURA: Dt 26,16-19

Leitura do Livro do Deuteronômio – Moisés dirigiu a palavra ao povo de Israel e lhe disse: 16“Hoje, o Senhor teu Deus te manda cumprir esses preceitos e decretos. Guarda-os e observa-os com todo o teu coração e com toda a tua alma.
17Tu escolheste hoje o Senhor para ser o teu Deus, para seguires os seus caminhos, e guardares seus preceitos, mandamentos e decretos, e para obedeceres à sua voz. 18E o Senhor te escolheu, hoje, para que sejas para ele um povo particular, como te prometeu, a fim de observares todos os seus mandamentos.
19Assim ele te fará ilustre entre todas as nações que criou, e te tornará superior em honra e glória, a fim de que sejas o povo santo do Senhor teu Deus, como ele disse”.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO Sl 118,1-8

          — Feliz é quem na lei do Senhor Deus vai progredindo!
— Feliz é quem na lei do Senhor

Deus vai progredindo!

— Feliz o homem sem pecado em seu caminho, que na lei do Senhor Deus vai progredindo! Feliz o homem que observa seus preceitos, e de todo o coração procura a Deus!
— Os vossos mandamentos vós nos destes, para serem fielmente observados. Oxalá seja bem firme a minha vida em cumprir vossa vontade e vossa lei!
— Quero louvar-vos com sincero coração, pois aprendi as vossas justas decisões. Quero guardar vossa vontade e vossa lei; Senhor, não me deixeis desamparado!

EVANGELHO: Mt 5,43-48

         – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
          – Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:
43“Vós ouvistes o que foi dito: ‘Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!’ 44Eu, porém, vos digo: Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem!
45Assim, vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o sol sobre maus e bons, e faz cair a chuva sobre os justos e injustos.

46Porque, se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa?
47E se saudais somente os vossos irmãos, o que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? 48Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito”.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Jesus é realmente um revolucionário! Como amar sinceramente aquele que matou meu pai na minha frente, dentro da minha casa, num assalto? Ou na porta da igreja para roubar o carro, quando saía da Missa? No Cairo um taxista foi espancado até a morte. Entre nós foi por causa de um time de futebol. Temos que perdoar e amar o inimigo e o perseguidor para nos tornarmos filhos do Pai que está no céu. O preço parece alto, mas o produto também é alto, é a filiação divina. O parâmetro é a perfeição do Pai: ser perfeito como o Pai celeste

é perfeito. Tudo na linha contrária do que é mais espontâneo. Por que não se vingar, por que não retaliar, por que não pagar com a mesma moeda? O mundo conhece guerras intermináveis, desde as guerras de famílias em nosso sertão, às guerras da máfia e às guerras mundiais. O ser humano precisa sobreviver e viver com paz e alegria. É bela a imagem profética dos idosos sentados tranquilos na praça vendo as crianças brincarem. Visão do paraíso onde não haverá agressões nem medo. A terra se corrompeu por causa da violência de seus habitantes e veio o dilúvio, lemos no Gênesis. Se os corações não se aproximarem, será impossível viver neste mundo.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2017’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
Em nossa caminhada em preparação à Páscoa do Senhor, o Evangelho hoje nos apresenta um grande apelo: passar do amor ao próximo para o amor aos inimigos. Mais uma vez peçamos que o Espírito Santo nos ajude a rezar e a entrar em profunda sintonia com a proposta de Jesus.
Repita algumas vezes a oração: Vem Santo Espírito consolador, acendei em nós a chama do vosso amor.

Leitura (Verdade)
O que diz o texto bíblico? Leia-o atentamente e procure compreendê-lo. Leia-o novamente fazendo pequenas paradas para repetir a palavra que chamou a sua atenção durante a leitura. A quem Jesus está instruindo? Qual é o tema central de sua mensagem? Quais são os questionamentos presentes no texto? Qual comparação Jesus utiliza? Vamos ter presente em nossa compreensão do texto, que o relato de Mt 5, 43-48 está inserido no bloco de capítulos das bem-aventuranças e são orientações de Jesus aos seus discípulos. Jesus faz referência ao Pai que tem compaixão e misericórdia por todos, também para com os pecadores. O amor aos inimigos é um amor muito mais exigente do que o amor ao próximo, mas está sustentado na imitação de Deus que reparte suas graças sobre todos, justos e pecadores, sem distinção. É na prática do amor que nos tornamos verdadeiramente filhos de Deus.

Meditação (Caminho)
Silencie e procure perceber o que o texto diz para a sua vida. Qual foi a palavra que encontrou maior sintonia com os apelos do seu coração? Deixe a Palavra de Deus encontrar espaço em sua vida. Examine sua consciência, reveja suas ações, confronte suas atitudes com a mensagem de Jesus.
Jesus nos ensina que o cristão precisa ir além do amor ao próximo. A vivência do amor não pode conhecer limites ou ser condicionado aos gostos, preferências ou pessoas que nos agradam. Deus nos chama a ultrapassar os limites e condições que colocamos para amar. Jesus, com sua vida, palavras, gestos e entrega na cruz nos mostra que o amor radical não é impossível aos seres humanos, uma vez que o Espírito de Deus habita em nós.

Oração (Vida)
Apresente ao Senhor os sentimentos, apelos e desejos despertados pela Palavra em sua oração. Se o seu coração está envolvido em mágoas, tristezas e sofrimentos por ter dificuldade em perdoar alguém, entregue seus sentimentos ao Senhor. Se nem sempre é fácil amar as pessoas com quem você convive diariamente na sua família ou no trabalho, entregue-as ao Senhor. Se você foi ofendido por alguém e esta mágoa insiste em tirar a sua paz, entregue sua dor ao Senhor. Silencie, faça uma revisão de sua vida e peça ao Senhor as graças que você necessita neste momento da sua vida.

Contemplação (Vida e Missão)
É preciso uma decisão constante de viver segundo os ensinamentos de Jesus. Qual é a aplicação da Palavra em minha vida? O que me proponho a viver?

Bênção
– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

[apss_share]