Oração diária, Jesus não fez muitos milagres em Nazaré porque faltou fé aos nazarenos. Quem tem fé, crê, acredita.

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Mt 13,54-58

Jesus estando em sua terra era questionado por eles de onde vem tanta sabedoria se Jesus é filho do carpinteiro e Jesus os adverte dizendo que os profetas não são bem recebidos em sua terra. É preciso que acolhamos também os os ensinamentos de Jesus. Façamos a oração do dia: Pai, livra-me da tentação de querer enquadrar-te em meus mesquinhos esquemas. Que eu saiba reconhecer e respeitar o teu modo de agir.

17ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

Liturgia do dia 31 de julho de 2020

PRIMEIRA LEITURA: Jr 26,1-9

Leitura do Livro do Profeta Jeremias.

1No início do reinado de Joaquim, filho de Josias, rei de Judá, foi comunicada da parte do Senhor esta palavra, que dizia: 2“Assim fala o Senhor: Põe-te de pé no átrio da casa do Senhor e fala a todos os que vêm das cidades de Judá, para adorar o Senhor no templo, todas as palavras que eu te mandei dizer. Não retires uma só palavra; 3talvez eles as ouçam e voltem do mau caminho, e eu me arrependa da decisão de castigá-los por suas más obras. 4A eles então dirás: Isto diz o Senhor: Se não vos dispuserdes a viver segundo a lei que vos dei, 5a escutar as palavras dos meus servos, os profetas, que eu vos tenho enviado com solicitude e para vossa orientação, e que vós não tendes escutado, 6farei desta casa uma segunda Silo e farei desta uma cidade amaldiçoada por todos os povos da terra”.

7Os sacerdotes e profetas, e todo o povo presente ouviram Jeremias dizer estas palavras na casa do Senhor. 8Quando Jeremias acabou de dizer tudo e que o Senhor lhe ordenara falasse a todo o povo, prenderam-no os sacerdotes, os profetas e o povo, dizendo: “Este homem tem que morrer! 9Por que dizes, em nome do Senhor, a profecia: ‘Esta casa será como Silo, e esta cidade será devastada e vazia de habitantes?’” Todo o povo juntou-se contra Jeremias na casa do Senhor.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 69(68)

— Respondei-me, ó Senhor, pelo vosso imenso amor.

— Respondei-me, ó Senhor, pelo vosso imenso amor.

— Mais numerosos que os cabelos da cabeça, são aqueles que me odeiam sem motivo; meus inimigos são mais fortes do que eu; contra mim eles se voltam com mentiras! Por acaso poderei restituir alguma coisa que de outros não roubei?

— Por vossa causa é que sofri tantos insultos, e o meu rosto se cobriu de confusão; eu me tornei como um estranho a meus irmãos, como estrangeiro para os filhos de minha mãe.

— Pois meu zelo e meu amor por vossa casa me devoram como fogo abrasador; e os insultos de infiéis que vos ultrajam recaíram todos eles sobre mim!

— Por isso elevo para vós minha oração, neste tempo favorável, Senhor Deus! Respondei-me pelo vosso imenso amor, pela vossa salvação que nunca falha!

EVANGELHO:  Mt 13,54-58

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus. 

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 54dirigindo-se para a sua terra, Jesus ensinava na sinagoga, de modo que ficavam admirados. E diziam: “De onde lhe vem essa sabedoria e esses milagres? 55Não é ele o filho do carpinteiro? Sua mãe não se chama Maria, e seus irmãos não são Tiago, José, Simão e Judas? 56E suas irmãs não moram conosco? Então, de onde lhe vem tudo isso?” 57E ficaram escandalizados por causa dele. Jesus, porém, disse: “Um profeta só não é estimado em sua própria pátria e em sua família!” 58E Jesus não fez ali muitos milagres, porque eles não tinham fé.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Terminadas as parábolas, que São Mateus concentrou num sermão, Jesus foi para Nazaré e, como sempre, ensinava. Ensinava na sinagoga aos que lá se encontravam e que ficavam maravilhados com a sabedoria dele. Ouviam falar dos milagres que fazia em outros lugares e se perguntavam de onde lhe vinha isso tudo. Jesus tinha sido até então um habitante de Nazaré, conhecido de todos, perfeitamente integrado em seu meio ambiente, normal como todo mundo, sem nada de extraordinário.

Durante trinta anos, Jesus de Nazaré mostrou o valor da vida simples de cada dia. Mas um profeta não é valorizado em sua cidade nem em sua casa. Jesus também não foi valorizado em Nazaré, e não o foi por ser um deles. Podia ter sido diferente. Eles podiam ter-se orgulhado de que um compatriota fosse tão ilustre como Jesus. Ao contrário, depreciaram a si mesmos dizendo que alguém como eles não podia ter tal sabedoria. Como eram incrédulos, Jesus fez poucos milagres em Nazaré, porque o milagre supõe a fé naquele que o pede. Santo Inácio, que hoje celebramos, conheceu Jesus mais a fundo durante um período de convalescença e, ao contrário dos nazarenos, se encantou por ele, entregando-se totalmente à causa do Evangelho.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Celebramos hoje a memória de Santo Inácio de Loyola. No Evangelho, Jesus é o semeador que lança a boa semente da Palavra de Deus no mundo. Todo aquele que acolhe a sua mensagem terá vida plena e, no fim dos tempos, brilhará como o sol no Reino de Deus.

O ensinamento de Jesus provoca a admiração das pessoas: “De onde lhe vêm essa sabedoria e esses milagres?”. Porém, a falta de fé e o fechamento do coração as impediram de acolher Jesus como o Enviado do Pai. Que o Espírito Santo abra o nosso coração para acolhermos os ensinamentos de Jesus para o nosso dia.

“Senhor Jesus, dá-me um coração simples para compreender a riqueza de ensinamentos escondida em tua Palavra. Envia teu Espírito Santo para que eu não tenha medo de escutá-la e vivê-la conforme a tua vontade. Que a Palavra transforme o meu coração através da fé e confiança que eu deposito em ti. Amém.”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto? Por que o ensinamento de Jesus causa a admiração das pessoas? Por que foi difícil acolhê-lo como o Messias? Como Jesus reage diante dos questionamentos da multidão?

“Sem nenhuma fundamentação, alguns críticos, estranhando o silêncio de Jesus dos 12 aos 30 anos, imaginaram ter ele frequentado aulas de renomados mestres fora de Israel. Na realidade Jesus viveu esse tempo no anonimato, no cotidiano da pobre oficina de José, que fazia serviços gerais para a população.

Tendo retornado a Nazaré, não lhe deram crédito apesar de sua sabedoria. E isto porque sua família era de lá. Quase sempre estamos mais ligados a possíveis limitações do que às virtudes de alguém. É mais um profeta que não é acolhido. Queremos coisas grandiosas, esquecendo que Deus se revela às pessoas simples e humildes. Os autossuficientes e orgulhosos não deixam espaço para a sabedoria divina.”

Meditação (Caminho)

O que diz o texto para mim? Qual ensinamento a Palavra revela para minha vida? Como acolho os ensinamentos de Jesus? Meu olhar é generoso sobre as pessoas que convivem comigo?

Oração (Vida)

Apresente ao Senhor o apelo que brotou em seu coração e peça a graça de vivê-lo durante o dia. Faça a sua prece de agradecimento ou pedido.

“Jesus, princípio e realização do homem novo, convertei a vós os nossos corações, para que, deixando as sendas do erro, sigamos os vossos passos no caminho que conduz à vida. Fazei que, fiéis às promessas do batismo, vivamos, com coerência, a nossa fé, testemunhando com solicitude a vossa palavra, para que, na família e na sociedade, resplandeça a luz vivificante do Evangelho. Jesus, poder e sabedoria de Deus, acendei em nós o amor à Sagrada Escritura, onde ressoa a voz do Pai, que ilumina e abrasa, nutre e consola.

Vós, Palavra de Deus Vivo, renovai na Igreja o ardor missionário, para que todos os povos cheguem a conhecer-vos como verdadeiro Filho de Deus e verdadeiro Filho do homem, único Mediador entre o homem e Deus. Jesus, fonte de unidade e de paz, fortalecei a comunhão na vossa Igreja, para que, pela força do vosso Espírito, todos os vossos discípulos sejam um só. Vós que nos destes como regra de vida o mandamento novo do amor, tornai-nos construtores de um mundo solidário, onde a guerra seja suplantada pela paz, a cultura da morte, pelo empenho em favor da vida. Amém” (São João Paulo II).

Contemplação (Vida e Missão)

texto

Bênção

  • O Senhor Deus nosso Pai esteja sempre conosco.
  • Ele está no meio nós.

Oremos: “Senhor nosso Deus, Que enviastes Vosso Filho ao mundo Para curar as nossas enfermidades, Levar sobre Si as nossas dores, Redimir nossos pecados e Nos dar a Vida Eterna que vem de Vós, Tendes Piedade de nós!

Deus Misericordioso, Que cuida de todas as Vossas Criaturas, Atendei as nossas suplicas, e Segundo a Vossa Vontade, Protegei o Vosso Povo, Oprimido por essa doença terrível. Guardai e mantenhais a saúde daqueles Que não contraíram essa doença e Dai Senhor, aos que a contraíram, Paciência fortalecida, fé renovada e A cura desse mal, Para que todos nós desfrutemos De plena e duradoura saúde! Por Jesus Cristo nosso Senhor.” Amém.

Todo o Louvor, toda a Honra, toda a Gratidão, Toda a Fé, toda a Confiança, Toda a Adoração e toda a Glória Sejam dadas aos Senhor nosso Deus, Agora e para sempre! Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo! Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui