Oração diária, Multiplicação dos pães e peixes - Mc 6,34-44

Tempo do Natal depois da Epifania- Ano Litúrgico A

07 de janeiro de 2020

ORAÇÃO DO DIA

Pai, preserva-me da cobiça e da ganância que me impedem de ser generoso com meu semelhante. E abre meu coração para a partilha e a misericórdia.

PRIMEIRA LEITURA: 1Jo 4,7-10

Leitura da Primeira Carta de São João – Caríssimos: 7amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus e todo aquele que ama nasceu de Deus e conhece Deus. 8Quem não ama não chegou a conhecer Deus, pois Deus é amor. 9Foi assim que o amor de Deus se manifestou entre nós: Deus enviou o seu Filho único ao mundo, para que tenhamos vida por meio dele. 10Nisto consiste o amor: não fomos nós que amamos a Deus, mas foi ele que nos amou e enviou o seu Filho como vítima de reparação pelos nossos pecados

  • Palavra do Senhor.
    – Graças a Deus.

SALMO 72(71)

— Os reis de toda a terra hão de adorar-vos, ó Senhor!
— Os reis de toda a terra hão de adorar-vos, ó Senhor!

— Dai ao Rei vossos poderes, Senhor Deus, vossa justiça ao descendente da realeza! Com justiça ele governe o vosso povo, com equidade ele julgue os vossos pobres. 

— Das montanhas venha a paz a todo o povo, e desça das colinas a justiça! Este Rei defenderá os que são pobres, os filhos dos humildes salvará. 

— Nos seus dias a justiça florirá e grande paz, até que a lua perca o brilho! De mar a mar estenderá o seu domínio, e desde o rio até os confins de toda a terra!

EVANGELHO: Mc 6,34-44

        – O Senhor esteja convosco.
          – Ele está no meio de nós.
          – Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.
          – Glória a vós, Senhor.

         Naquele tempo, 34Jesus viu uma numerosa multidão e teve compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor. Começou, pois, a ensinar-lhes muitas coisas. 35Quando estava ficando tarde, os discípulos chegaram perto de Jesus e disseram: “Este lugar é deserto e já é tarde. 36Despede o povo para que possa ir aos campos e povoados vizinhos comprar alguma coisa para comer”. 37Mas Jesus respondeu: “Dai-lhes vós mesmos de comer”. Os discípulos perguntaram: “Queres que gastemos duzentos denários para comprar pão e dar-lhes de comer?” 38Jesus perguntou: “Quantos pães tendes? Ide ver”. Eles foram e responderam: “Cinco pães e dois peixes”. 39Então Jesus mandou que todos se sentassem na grama verde, formando grupos. 40E todos se sentaram, formando grupos de cem e de cinquenta pessoas. 41Depois Jesus pegou os cinco pães e dois peixes, ergueu os olhos para o céu, pronunciou a bênção, partiu os pães e ia dando aos discípulos, para que os distribuíssem. Dividiu entre todos também os dois peixes. 42Todos comeram, ficaram satisfeitos, 43e recolheram doze cestos cheios de pedaços de pão e também dos peixes.44O número dos que comeram os pães era de cinco mil homens.

  • Palavra da Salvação
    – Glória a vós Senhor.

[apss_share]

Comentário do Evangelho

Jesus, que entra em nossa história na vida oculta de Nazaré e na vida pública depois do Batismo, revela a misericórdia de Deus. Ele se enche de compaixão diante do povo que está sem pastor e tem fome. Ensina muitas coisas e multiplica o pão e o peixe. Jesus é o bom pastor que não nos deixa faltar nada. Ele nos dá o ensinamento para que saibamos tomar decisões acertadas. Ele nos dá o alimento de cada dia para vivermos como seres humanos. Ele se dá em alimento na Palavra e na Eucaristia para vivermos eternamente. Assim ele manifesta a sua vontade. Resta a nós realizá-la.

Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial
A leitura orante, ou lectio divina, de origem latina, significa “Leitura de Deus”. Ou seja, quando refletimos e rezamos as Sagradas Escrituras, estamos chegando ao coração do próprio Deus. Hoje o Evangelho nos convida a conhecer o coração de Jesus, um coração que sente compaixão pela multidão faminta, desamparada e peregrina.
Peçamos que o nosso coração também esteja sensível aos apelos da Palavra de Deus e aos nossos irmãos que passam necessidade. Rezemos: “Jesus Mestre, cremos com viva fé que estais aqui presente, para indicar-nos o caminho que leva ao Pai. Iluminai nossa mente, movei nosso coração, para que esta meditação produza em nós frutos de vida. Amém.”

Leitura (Verdade)
Em silêncio, faça uma leitura atenta do texto. Procure recordar a leitura fazendo memória do lugar, dos personagens, das palavras e gestos de Jesus. Por que estão recorrendo a Jesus? Como Jesus se comporta com essas pessoas? Que mudanças acontecem entre a situação inicial e a situação final dos que se aproximam de Jesus? Que mensagem Jesus quer transmitir com suas atitudes, gestos e palavras? O que significa sentir fome? E sede?
“Aparentemente a estratégia de Jesus falhara. Em vez de um recanto a sós com os discípulos, estava com ele uma grande multidão numa área deserta. Jesus sente-se comovido e, tomado de grande compaixão, usa uma imagem cheia de ternura e desafio: são ovelhas sem pastor. Os economistas e governantes imaginam a quantia de dinheiro necessária para um pedaço de pão. A melhor solução, para eles, é livrar-se dos famintos, mandando-os embora. Mas existe outra solução, que parte da solidariedade humana, que faz acontecer verdadeiros milagres. Em vez de um pedaço de pão, a fartura. É ainda a solidariedade humana que pede “recolher as sobras”. A fome de pão e de amor continua hoje. O Evangelho pede: “Dai-lhes de comer!”.“ (Viver a Palavra”, da Paulinas Editora).

Meditação (Caminho)
Este é o momento de relacionar sua reflexão com a vida. Qual a mensagem do Evangelho de hoje para você? Qual sentimento o texto despertou em seu coração? Que luz Jesus lhe revela com sua mensagem, seus gestos, suas atitudes? O que Cristo lhe pede hoje? Faça um momento de silêncio para confrontar sua meditação com a realidade que você vive.

Oração (Vida)
A Palavra meditada agora se transforma em oração. O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? Faça sua oração espontaneamente ou alguma oração que seu coração lhe sugerir.

Contemplação (Vida e Missão)
De que maneira esta passagem nos compromete? Pense em uma ação concreta para ser realizada durante o dia, em resposta ao apelo que o próprio Deus despertou em seu coração.

Bênção

  • Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
  • Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
  • Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
  • Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Paulinas

[apss_share]