Oração diária Jesus cura a sogra de Simão Pedro - Mc 1,29-39

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho:  Mc 1,29-39

Façamos a oração do dia: Senhor Jesus, eu te procuro com sinceridade, na certeza de encontrar, em ti, palavras que façam reviver a esperança no meu coração.

1ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico C

Liturgia do dia 12 de janeiro de 2022

PRIMEIRA LEITURA: 1Sm3,1-10.19-20

Leitura do Primeiro Livro de Samuel.

Naqueles dias, 1o jovem Samuel servia ao Senhor na presença de Eli. Naquele tempo, a palavra do Senhor era rara e as visões não eram frequentes. 2Aconteceu que, um dia, Eli estava dormindo no seu quarto. Seus olhos começavam a enfraquecer, e já não conseguia enxergar. 3A lâmpada de Deus ainda não se tinha apagado e Samuel estava dormindo no templo do Senhor, onde se encontrava a arca de Deus. 4Então o Senhor chamou: “Samuel, Samuel!” Ele respondeu: “Estou aqui”. 5E correu para junto de Eli e disse: “Tu me chamaste, aqui estou”. Eli respondeu: “Eu não te chamei. Volta a dormir!” E ele foi deitar-se.

6O Senhor chamou de novo: “Samuel, Samuel!” E Samuel levantou-se, e foi ter com Eli e disse: “Tu me chamaste, aqui estou”. Ele respondeu: “Não te chamei, meu filho. Volta a dormir!” 7Samuel ainda não conhecia o Senhor, pois, até então, a palavra do Senhor não se lhe tinha manifestado. 8O

Senhor chamou pela terceira vez: “Samuel, Samuel!” Ele levantou-se, foi para junto de Eli e disse: “Tu me chamaste, aqui estou”.

Eli compreendeu que era o Senhor que estava chamando o menino. 9Então disse a Samuel: “Volta a deitar-te e, se alguém te chamar, responderás: ‘Senhor, fala que teu servo escuta!’” E Samuel voltou ao seu lugar para dormir. 10O Senhor veio, pôs-se junto dele e chamou-o como das outras vezes: “Samuel! Samuel!” E ele respondeu: “Fala, que teu servo escuta”. 19Samuel crescia, e o Senhor estava com ele. E não deixava cair por terra nenhuma de suas palavras. 20Todo Israel, desde Dã até Bersabeia, reconheceu que Samuel era um profeta do Senhor.

– Palavra do Senhor.

– Graças a Deus.

SALMO 40(39)

— Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!

— Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor!

— Esperando, esperei no Senhor, e inclinando-se, ouviu meu clamor. É feliz quem a Deus se confia; quem não segue os que adoram os ídolos e se perdem por falsos caminhos.

— Sacrifício e oblação não quisestes, mas abristes, Senhor, meus ouvidos; não pedistes ofertas nem vítimas, holocaustos por nossos pecados. E então eu vos disse: “Eis que venho!”

Sobre mim está escrito no livro: “Com prazer faço a vossa vontade, guardo em meu coração vossa lei!”.

— Boas novas de vossa justiça anunciei numa grande assembleia; vós sabeis: não fechei os meus lábios!

EVANGELHO:  Mc 1,29-39

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 29Jesus saiu da sinagoga e foi, com Tiago e João, para a casa de Simão e André. 30A sogra de Simão estava de cama, com febre, e eles logo contaram a Jesus. 31E ele se aproximou, segurou sua mão e ajudou-a a levantar-se. Então, a febre desapareceu; e ela começou a servi-los. 32À tarde, depois do pôr do sol, levaram a Jesus todos os doentes e os possuídos pelo demônio. 33A cidade inteira se reuniu em frente da casa. 34Jesus

curou muitas pessoas de diversas doenças e expulsou muitos demônios. E não deixava que os demônios falassem, pois sabiam quem ele era.

35De madrugada, quando ainda estava escuro, Jesus se levantou e foi rezar num lugar deserto. 36Simão e seus companheiros foram à procura de Jesus. 37Quando o encontraram, disseram: “Todos estão te procurando”. 38Jesus respondeu: “Vamos a outros lugares, às aldeias da redondeza! Devo pregar também ali, pois foi para isso que eu vim”. 39E andava por toda a Galileia, pregando em suas sinagogas e expulsando os demônios.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

A palavra de Jesus sempre vem acompanhada de ação. Liberta a sogra de Simão para que deixe sua alienação e se ponha a servir. No ensino dos demônios se entende o que é o ensino de Jesus com autoridade. Eles têm teologia correta, sabem que Jesus é o Santo de Deus (v. 24), mas sua ação é má. Jesus une a libertação à palavra. Nisso ele é o oposto dos demônios. Jesus fala e liberta; os demônios falam e alienam. A palavra/ação de Jesus nesse momento atinge os habitantes de Cafarnaum: doentes e endemoninhados são curados. Depois ele se retira a um lugar deserto para rezar. Jesus tem um compromisso com o Reino. Não quer fazer show, por isso precisa se retirar e também estar em sintonia com o Pai, em oração. A evangelização sempre deve ser palavra, ação e oração.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Coloquemo-nos na presença do Senhor, para fazermos nossa oração com a Palavra. Na cura da sogra de Pedro, que vamos meditar, encontramo-nos com o Senhor da vida que nos liberta e cura. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

“Ó Espírito Santo, luz que ilumina a escuridão, vem nos iluminar. Amém.”

Leitura (Verdade)

Faça a leitura do Evangelho e procure identificar sua mensagem central. Leia-o quantas vezes julgar necessário, destacando as palavras e os versículos que mais lhe chamam atenção. Vale lembrar que, neste primeiro passo da leitura orante, é importante compreender o texto. Por isso, atente-se aos personagens e a suas ações. Observe o que está acontecendo na narrativa.

“Saindo da sinagoga, em Cafarnaum, Jesus vai à casa de Simão. Lá, apresentam-lhe a situação da sogra acamada, com febre alta. Jesus interessou-se pela doente e a curou. Ela, quando se viu com saúde, levantou-se e foi servir a Jesus e ao seu grupo. Muitas coisas podemos aprender com essa cena: o valor da oração de intercessão, pela qual apresentamos nossas necessidades ao Senhor; a misericórdia de Jesus que vem ao nosso encontro em nossas tribulações; e a atitude de serviço, própria de quem está no caminho de Jesus. Aonde chega a presença de Jesus, o mal se afasta. É o Reino de Deus que chega com sua bondade e sua misericórdia. Onde tocam as suas mãos, renasce a vida.”

Meditação (Caminho)

Marcos diz que a sogra de Pedro estava gravemente doente. Jesus atendeu o pedido que lhe fizeram, e mostrou um carinho especial para com a mulher: aproximou-se, tomou-lhe a mão e a ajudou a levantar-se. Como nos relacionamos com as pessoas? Especialmente com as mais próximas que precisam de nosso carinho e que lhe estendamos a mão?

Oração (Vida)

O que o texto o(a) leva a dizer a Deus? O que você deseja dizer a Ele? Na oração, você é convidado(a) a dizer ao Senhor tudo o que desejar. Apresente-lhe seu louvor, sua gratidão pela vida e tudo que a Palavra o(a) suscita a pedir.

Contemplação (Vida e Missão)

Qual novo olhar nasceu em você, a partir da Palavra? Como você gostaria de passar este dia, com o ensinamento do Senhor?

Bênção

– Que Deus nos abençoe e nos guarde. Amém.
– Que Ele nos mostre a Sua face e se compadeça de nós. Amém.
– Que volte para nós o Seu olhar e nos dê a paz. Amém.
– Abençoe-nos, Deus misericordioso, Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Histórinhas para Catequese!

Faça uma doação de qualquer valor e tenha acesso ao site missacomcriancas.com.br . São centenas de historinhas para teatros que podem ser usadas na missa ou encontros de catequese.

DOAR PELO MERCADO PAGO - VALOR R$ 10,00 : Clique aqui

DOAR PELO MERCADO PAGO - VALOR R$ 20,00 : Clique aqui

DOAR PELO MERCADO PAGO - VALOR R$ 50,00 : Clique aqui

Ou FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Para ter o acesso só me chamar no WhatsApp 19 987634283
Deus te abençoe !