Oração diária, A cura do homem da mão seca - Lc 6,6-11

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Lc 6,6-11

No sábado judaico ou no domingo cristão deve-se evitar o trabalho que impeça o descanso físico de quem teve a semana toda cansativa

Façamos a oração do dia: Com a justiça e a fraternidade, levando a ações práticas de promoção da vida para todos.

23ª Semana do Tempo Comum – Ano Litúrgico A

Liturgia do dia 07 de setembro de 2020

PRIMEIRA LEITURA: 1Cor 5,1-8

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios – Irmãos, 1é voz geral que está acontecendo, entre vós, um caso de imoralidade; e de imoralidade tal que nem entre os pagãos costuma acontecer: um dentre vós está convivendo com a própria madrasta. 2No entanto, estais inchados de orgulho, ao invés de vestirdes luto, a fim de que fosse tirado do meio de vós aquele que assim procede?

3Pois bem, embora ausente de corpo, mas presente em espírito, eu julguei, como se tivesse aí entre vós, esse tal que tem procedido assim: 4Em nome do Senhor Jesus — estando vós e eu espiritualmente reunidos com o poder do Senhor nosso, Jesus —, 5entregamos tal homem a Satanás, para a ruína da carne, a fim de que o espírito seja salvo, no dia do Senhor. 6Vós vos gloriais sem

razão! Acaso ignorais que um pouco de fermento leveda a massa toda?

7Lançai fora o fermento velho, para que sejais uma massa nova, já que deveis ser sem fermento. Pois o nosso cordeiro pascal, Cristo, já está imolado. 8Assim, celebremos a festa, não com velho fermento, nem com fermento de maldade ou de perversidade, mas com os pães ázimos de pureza e de verdade.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO 5

— Na vossa justiça guiai-me, Senhor!
— Na vossa justiça guiai-me, Senhor!

— Não sois um Deus a quem agrade a iniquidade, não pode o mau morar convosco; nem os ímpios poderão permanecer perante os vossos olhos.

— Detestais o que pratica a iniquidade e destruís o mentiroso. Ó Senhor, abominais o sanguinário, o perverso e enganador.

— Mas exulte de alegria todo aquele que em vós se refugia; sob a vossa proteção se regozijem, os que amam vosso nome!

EVANGELHO:  Lc 6,6-11

– O Senhor esteja convosco.
– Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Mateus.
– Glória a vós, Senhor.

Aconteceu num dia de sábado que 6Jesus entrou na sinagoga e começou

a ensinar. Aí havia um homem cuja mão direita era seca. 7Os mestres da Lei e os fariseus o observavam, para ver se Jesus iria curá-lo em dia de sábado, e assim encontrarem motivo para acusá-lo. 8Jesus, porém, conhecendo seus pensamentos, disse ao homem da mão seca: “Levanta-te, e fica aqui no meio”. Ele se levantou, e ficou de pé. 9Disse-lhes Jesus: “Eu vos pergunto: O que é permitido fazer no sábado: o bem ou o mal, salvar uma vida ou deixar que se perca?”

10Então Jesus olhou para todos os que estavam ao seu redor, e disse ao homem: “Estende a tua mão”. O homem assim o fez e sua mão ficou curada. 11Eles ficaram com muita raiva, e começaram a discutir entre si sobre o que poderiam fazer contra Jesus.

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

Na sinagoga de Cafarnaum, num dia de sábado, Jesus curou um homem que tinha a mão atrofiada. Com isso, ele estava ensinando, na prática, que

louvar e glorificar a Deus num dia santificado se faz, em primeiro lugar, com a caridade fraterna e, depois, com observâncias rituais ou legais. A pergunta de Jesus aos chefes religiosos que o observavam é extremamente clara: “Em dia de sábado, o que é permitido, fazer o bem ou fazer o mal? Salvar uma vida ou deixar morrer?”.

No sábado judaico ou no domingo cristão deve-se evitar o trabalho que impeça o descanso físico de quem teve a semana toda cansativa, e que impeça também ter tempo livre suficiente para dar glória a Deus em atos religiosos. Tempo para celebrar, para descansar, para o lazer, para estar com a família; precisamos desse tempo.

Algumas normas podem ajudar a lembrar e a guardar o dia de descanso. O que não se pode é inverter os valores, transformando leis protetoras em grades de prisão. A mão foi curada e os fariseus ficaram com raiva.Côn. Celso Pedro da Silva, ‘A Bíblia dia a dia 2020’, Paulinas

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

Aproximemo-nos de Deus mais uma vez para fazermos a nossa oração com sua Palavra e peçamos as luzes de seu Espírito Santo para melhor compreendermos o Ele nos diz.
Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Leitura (Verdade)

O que diz o texto bíblico? “Levanta-te e fica aqui no meio!” Faça a leitura do Evangelho quantas vezes julgar necessário e destaque os verbos e os personagens que aparecem durante a narrativa. Qual atitude os escribas e os fariseus têm diante de Jesus? No Evangelho de hoje, Jesus demonstra compaixão e devolve a dignidade a um homem. Quem é esse homem? Qual é a situação dele?

“Mais uma vez, a oposição entre escribas e fariseus e Jesus tem como ponto de discórdia o sábado. O descanso sabático teve origem durante a escravidão do Egito. Seu objetivo era dar ao povo um dia de descanso dedicado à vida familiar e ao louvor a Deus. A origem do sábado está ligada, portanto, à vida das pessoas.

No meio da sinagoga existia um excluído. E Jesus o convida para ficar de pé, “no meio”. Ele recobra sua dignidade. Certamente o povo simples vibrou com a atitude, mas os escribas e fariseus ficaram furiosos e desautorizados. É uma velha questão que irá se tornar cada vez mais grave e acabará na condenação e morte de Jesus. E ele não ressuscitará no sábado, agora superado, mas no primeiro dia da semana.” 

Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim?
Qual versículo mais me chamou atenção? Que caminho Jesus, por meio de sua Palavra, me indica?
Neste segundo passo da leitura orante, coloque-se em uma atitude de escuta para ouvir o que o Senhor tem a lhe dizer. Escute-o.

Oração (Vida)

Ó Jesus, verdadeira luz que ilumina a humanidade, viestes do Pai para ser nosso mestre e nos ensinar seu caminho na verdade: vida e espírito são as “palavras” que nos destes. Concedei-nos conhecer os mistérios de Deus e suas incompreensíveis riquezas. Mostrai-nos todos os tesouros da sabedoria e da ciência de Deus, que em vós estão guardados.

Fazei com que a palavra habite nossa vida e ilumine nossos passos. Fazei com que a palavra se espalhe rapidamente e chegue até os confins da Terra. Maria Rainha dos Apóstolos e os santos Pedro e Paulo sejam nosso exemplo, inspiração e guia. Amém.

Contemplação (Vida e Missão)

Sintetize em poucas palavras o apelo que você sentiu em seu coração, para colocá-lo em prática durante o dia. O que você se propõe viver?

Bênção

  • O Senhor Deus nosso Pai esteja sempre conosco.
  • Ele está no meio nós.

Oremos: “Senhor nosso Deus, Que enviastes Vosso Filho ao mundo Para curar as nossas enfermidades, Levar sobre Si as nossas dores, Redimir nossos pecados e Nos dar a Vida Eterna que vem de Vós, Tendes Piedade de nós!

Deus Misericordioso, Que cuida de todas as Vossas Criaturas, Atendei as nossas suplicas, e Segundo a Vossa Vontade, Protegei o Vosso Povo, Oprimido por essa doença terrível. Guardai e mantenhais a saúde daqueles Que não contraíram essa doença e Dai Senhor, aos que a contraíram, Paciência fortalecida, fé renovada e A cura desse mal, Para que todos nós desfrutemos De plena e duradoura saúde! Por Jesus Cristo nosso Senhor.” Amém.

Todo o Louvor, toda a Honra, toda a Gratidão, Toda a Fé, toda a Confiança, Toda a Adoração e toda a Glória Sejam dadas aos Senhor nosso Deus, Agora e para sempre! Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo! Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui