Liturgia diária O homem prudente - Mt 7, 21.24-27
Faça uma doação de qualquer valor e ajude a manter o site no ar !

PIX CHAVE EMAIL: doacao@catequizar.com.br
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Na liturgia diária de hoje lemos o Evangelho: Mt 7,21.24-27

 Acolhendo a Palavra de Deus, tenhamos a certeza de que estamos construindo a nossa vida sobre bases seguras que as tempestades não poderão abalar.

Façamos a oração do dia: Espírito que move a praticar a Palavra, que eu não proclame minha fé só com a boca, e sim, com a plena vivência da vontade do Pai celeste, expressa nas palavras de Jesus.

1ª Semana do Advento – Ano Litúrgico B

Liturgia do dia 03 de dezembro de 2020

PRIMEIRA LEITURA:  Is 26,1-6

Leitura do Livro do Profeta Isaías – 1Naquele dia, cantarão este canto em Judá: “Uma cidade fortificada é a nossa segurança; o Senhor cercou-a de muros e antemuro. 2Abri as suas portas, para que entre um povo justo, cumpridor da palavra, 3firme em seu propósito; e tu lhe conservarás a paz, porque confia em ti. 4Esperai no Senhor por todos os tempos, o Senhor é a rocha eterna. 5Ele derrubou os que habitam no alto, há de humilhar a cidade orgulhosa, deitando-a por terra, até fazê-la beijar o chão. 6Hão de pisá-la os pés, os pés dos pobres, as passadas dos humildes”.

– Palavra do Senhor.
– Graças a Deus.

SALMO  118(117)

— Bendito é aquele que vem vindo em nome do Senhor.
— Bendito é

aquele que vem vindo em nome do Senhor.

— Dai graças ao Senhor porque ele é bom! “Eterna é a sua misericórdia!” É melhor buscar refúgio no Senhor, do que pôr no ser humano a esperança; é melhor buscar refúgio no Senhor, do que contar com os poderosos do mundo!”

— Abri-me vós, abri-me as portas da justiça; quero entrar para dar graças ao Senhor! “Sim, esta é a porta do Senhor, por ela só os justos entrarão!” Dou-vos graças, ó Senhor, porque me ouvistes e vos tornastes para mim o Salvador!

— Ó Senhor, dai-nos a vossa salvação, ó Senhor, dai-nos também prosperidade! Bendito seja, em nome do Senhor, aquele que em seus átrios vai entrando! Desta casa do Senhor vos bendizemos. Que o Senhor e nosso Deus nos ilumine!

EVANGELHO:   Mt 7,21.24-27

– O Senhor esteja convosco.
– Ele está no meio de nós.
– Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Lucas
– Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: 21“Nem todo aquele que me diz: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos Céus, mas o que põe em prática a vontade

de meu Pai que está nos céus. 24Portanto, quem ouve estas minhas palavras e as põe em prática, é como um homem prudente, que construiu sua casa sobre a rocha. 25Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos deram contra a casa, mas a casa não caiu, porque estava construída sobre a rocha. 26Por outro lado, quem ouve estas minhas palavras e não as põe em prática, é como um homem sem juízo, que construiu sua casa sobre a areia. 27Caiu a chuva, vieram as enchentes, os ventos sopraram e deram contra a casa, e a casa caiu, e sua ruína foi completa!”

– Palavra da Salvação
– Glória a vós Senhor.

COMENTÁRIO DO EVANGELHO

São Francisco Xavier, o grande missionário da Ásia, não foi para lá com o objetivo de ensinar as pessoas a dizer “Senhor, Senhor”, mas sim para que praticassem a vontade do Pai que está nos céus. Francisco sabia que a comunidade cristã precisava ser construída sobre fundamentos sólidos, a fim de ser fermento

no meio da massa e produzir uma sociedade humana justa e fraterna, para a maior glória de Deus.

“A glória de Deus é o homem vivo e a vida do homem é a visão de Deus”, já ensinava Santo Irineu no início da Igreja; e a nova comunidade precisava de homens vivos. Para entrar no Reino dos Céus e ver a face do Senhor é necessário dizer “seja feita a vossa vontade” e realizá-la. Dizem que o rei de Portugal pediu a Santo Inácio missionários para a Índia, por causa dos muitos batizados sem preparação. Eram poucos os jesuítas.

Depois da oração da noite, Francisco Xavier foi chamado e Santo Inácio lhe disse: “Amanhã cedo sai um barco para a Índia. Precisam de você lá”. Francisco deixou tudo e partiu para realizar a vontade do Pai. Pediu apenas licença para remendar sua veste, que estava rasgada.

LEITURA ORANTE

Oração Inicial

A imagem do homem prudente que construiu a sua casa sobre a rocha é utilizada por Jesus para exemplificar a atitude de todo aquele que alicerça a vida em sua Palavra. Acolhendo a Palavra de Deus, tenhamos a certeza de que estamos construindo a nossa vida sobre bases seguras que as tempestades não poderão abalar.

Rezemos: “Vem, Espírito Santo! Faze-nos amar as Escrituras, para reconhecermos a voz viva de Jesus. Torna-nos humildes e simples, a fim de compreendermos os mistérios do Reino de Deus. Amém.”

Leitura (Verdade)

O que diz o texto? Quais imagens estão presentes na narrativa? Quais comparações Jesus utiliza para falar daqueles que escutam a sua Palavra? Quais elementos são fundamentais para que uma construção tenha firmeza e segurança?

“Não podemos avaliar uma vida pela soma de atos. Precisamos ter um projeto que dê sentido a todos os nossos atos. Jesus fala de uma veste sem remendos.

É a veste da coerência, em que fé e vida andam juntas. Quando orarmos, devemos assumir o compromisso de traduzir em gestos nossa prece. Os antigos falavam do sino, que convoca a todos à Missa, mas ele mesmo não vai. O texto de hoje é usado muitas vezes para iluminar o sacramento do Matrimônio.

Se há tantos lares que se perdem é porque foram construídos a partir das conveniências humanas e não levaram em conta a Palavra. Existe o perigo de um cristianismo nominal, um cristianismo de estatísticas e orações que começa e termina no domingo. Fé e vida são inseparáveis.

Meditação (Caminho)

O que o texto diz para mim? Que luz Jesus me revela, com sua pessoa e sua mensagem? De que maneira esta passagem me compromete? Quais alicerces sustentam minha vida, meus projetos, meus objetivos?

Oração (Vida)

“Ó Espírito Santo! Dai-me um coração grande, aberto à vossa silenciosa e forte palavra inspiradora; fechado a todas as ambições mesquinhas; alheio a qualquer desprezível competição humana; compenetrado do sentido da Santa Igreja! Um coração grande, desejoso de se tornar semelhante ao Coração do Senhor Jesus.

Um coração grande e forte, para amar a todos, para servir a todos, para sofrer por todos. Um coração grande e forte, para superar todas as provações, todo tédio, todo cansaço, toda ofensa, toda desilusão. Um coração grande e forte e constante até o sacrifício, quando for necessário. Um coração cuja felicidade é palpitar com o coração de Cristo e cumprir humilde e fielmente a vontade do Pai. Amém”

Contemplação (Vida e Missão)

Este é o momento de responder à presença de Deus em nossa vida com um compromisso, um gesto concreto. De que forma você deseja colocar em prática os apelos que a Palavra de Deus despertou em seu coração neste dia?

Bênção

O Senhor Jesus Cristo esteja ao meu lado para me sustentar,
Dentro de mim para me encorajar,
Diante de mim para me orientar,
Atrás de mim para me proteger,
Acima de mim para me abençoar.
Ele que vive e reina pelos séculos dos séculos. Amém.
Que a bênção de Deus Pai de amor e bondade desça sobre mim, minha família e sobre nosso planeta. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Confira a Homilia dominical.Clique aqui