Explicação do Pai Nosso

A oração é um recurso que temos para sair do pecado, perseverar na graça, mover o coração de Deus e atrair sobre nós toda a sorte de bênçãos do céu
aqui

Um de seus discípulos pediu a Jesus que os ensinasse a orar e Ele o fez, ensinando-lhes o Pai Nosso. Foi assim que Jesus nos deu esta oração, sendo a oração cristã fundamental, aquela que todos conhecemos, adultos e crianças, aquela que rezamos em casa, na escola, na missa. Esta oração também é chamada de “Pai Nosso” porque Cristo a deixou para nós e nesta oração pedimos as coisas na ordem que nos convém. Deus sabe o que é melhor para nós. Através do Pai Nosso vamos conversar com nosso Deus Pai. Trata-se de viver as palavras desta oração, e não apenas repeti-las sem prestar atenção ao que dizemos. O Pai Nosso é composto por uma saudação e sete pedidos.

Saudações

PAI NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU. Com esta pequena frase nos colocamos na presença de Deus para adorá-lo, amá-lo e abençoá-lo.

PAI! : Ao dizer Pai, nos reconhecemos como seus filhos e temos o desejo e o compromisso de nos comportarmos como filhos de Deus, de tentarmos ser como Ele. Confiamos em Deus porque ele é nosso Pai.

PAI “NOSSO”: Ao dizer Pai Nosso reconhecemos todas as promessas de amor de Deus para conosco. Deus quis ser nosso Pai e Ele é um Pai bom, fiel e que nos ama muito. “Pai Nosso” porque é meu, de Jesus e de todos os cristãos.

“QUE VOCÊ ESTÁ NO CÉU”: O céu não é um lugar, mas uma forma de ser. Deus está nos corações que confiam e acreditam Nele. Deus pode habitar em nós se Lhe permitirmos. Deus não está fora do mundo, mas a sua presença abrange além de tudo o que podemos ver e tocar.

Os sete pedidos

Depois de nos colocarmos na presença de Deus, diremos de coração sete pedidos, sete bênçãos. Os três primeiros são para dar glória ao Pai, são os desejos de um filho que ama o seu Pai acima de todas as coisas. Nós quatro últimos pedimos sua ajuda, sua graça.

1. SANTO SEJA O TEU NOME: Com isto dizemos que Deus seja louvado, santificado em cada nação, em cada homem. Depende da nossa vida e da nossa oração se o seu nome é santificado ou não. Pedimos que Ele seja santificado por nós que estamos Nele, mas também por outros a quem a graça de Deus ainda não alcançou. Expressamos a Deus o nosso desejo de que todos os homens o conheçam e lhe sejam gratos pelo seu amor.
Expressamos nosso desejo de que o nome de Deus seja pronunciado por todos os homens de forma santa, para abençoá-lo e não para blasfemar contra ele. Comprometemo-nos a abençoar o nome de Deus com nossas próprias vidas.

2. VEM A NÓS O TEU REINO: Quando falamos do Reino de Deus, referimo-nos a torná-lo presente na nossa vida quotidiana, a ter Cristo em nós para dá-lo aos outros e assim fazer crescer o seu Reino; e também queremos dizer que esperamos que Cristo retorne e seja a vinda final do Reino de Deus.
Cristo veio à Terra pela primeira vez como homem e nasceu humildemente num estábulo. No fim do mundo, quando chegar a Ressurreição dos mortos e o julgamento final, Cristo voltará à Terra, mas desta vez como Rei e a partir desse momento reinará para sempre sobre todos os homens. Trata-se de ajudar na Evangelização e na conversão de todos os homens. Faça um apostolado para que todos os homens o conheçam e o amem.
Pedimos o crescimento do Reino de Deus em nossas vidas, o retorno de Cristo e a vinda final do seu Reino.

3. SEJA FEITA A TUA VONTADE, NA TERRA COMO NO CÉU: A vontade de Deus, o que Deus quer para nós é a nossa salvação, é que venhamos para estar com Ele. Pedimos que a nossa vontade esteja unida à Dele para que em
nossa vida, vamos tentar salvar os homens. Que o erro seja banido da terra, que a verdade reine, que o vício seja destruído e as virtudes floresçam.

4. DÁ-NOS HOJE O PÃO NOSSO DE CADA DIA: Ao dizer “dá-nos” estamos a dirigir-nos ao nosso Pai com toda a confiança com que um filho se dirige a um pai.
Quando dizemos “pão nosso” referimo-nos tanto ao pão do alimento para satisfazer as nossas necessidades materiais como ao pão da alma para satisfazer as nossas necessidades espirituais. Há fome no mundo desses dois tipos, por isso podemos ajudar nossos irmãos necessitados.

5. PERDOAR AS NOSSAS OFENSAS COMO TAMBÉM PERDOAMOS AQUELES QUE NOS OFENDEM.
PERDOE NOSSAS OFENSAS: Os homens pecam e se distanciam de Deus, por isso precisamos pedir perdão a Ele quando O ofendemos. Para receber o amor de Deus precisamos de um coração limpo e puro, não de um coração duro que não perdoa os outros.
COMO TAMBÉM PERDOAMOS AQUELES QUE NOS OFENDEM: Este perdão deve vir do fundo do coração. Para isso precisamos da ajuda do Espírito Santo e lembremos que o amor é mais forte que o pecado.

6. NÃO DEIXEMOS CAIR EM TENTAÇÃO
O pecado é fruto de consentir na tentação, de dizer sim aos convites que o diabo nos faz para praticarmos o mal. Pedimos-Lhe que não nos deixe seguir o caminho que leva ao pecado, ao mal. O Espírito Santo nos ajuda a dizer não à tentação. É preciso orar muito para não cair em tentação.

7. E LIVRA-NOS DO MAL
O mal é Satanás, o anjo rebelde. Pedimos a Deus que nos proteja da astúcia do diabo. Pedimos pelos males presentes, passados ​​e futuros. Pedimos que estejamos em paz e graça para a vinda de Cristo.

Amém, assim seja.

Como você percebe, ao rezar o Pai Nosso, você pede a Deus muita ajuda que Ele certamente lhe dará e ao mesmo tempo se compromete a viver como filho de Deus.