Como resgatar nas crianças o gosto por atividade física?

187
Crianças andando de biciicleta no parque

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !

Quais são as atividades que as crianças praticam hoje: videogame, celular, computador e tablet, ou corda, bola, corrida, pega-pega e jogos coletivos? Primeiro, quero que você, pai e mãe, voltem alguns anos da vida de vocês e vejam como foi a infância em termos de atividade. Foram paradas ou ativas? Pais, reflitam sobre esses questionamentos:

O que as atividades físicas ajudaram em seu desenvolvimento físico, psíquico, social, coletivo, de equipe, entrosamento e comunicação? Sabemos que a forma de pensar, raciocinar e criar são desenvolvidas com o uso de aparelhos eletrônicos, mas o que ajuda na saúde não “se mexer”?

Problemas gerados pela falta de atividade física

Avaliado como epidemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o excesso de gordura, na infância, aumenta as chances de uma vida adulta com problemas de saúde.

Segundo essa pesquisa da OMS, os problemas acontecem por falta de atividade física e alimentação inadequada, as quais acarretam obesidade nas crianças brasileiras e provocam o surgimento de diabetes, infecções respiratórias e de pele, problemas cardíacos, excesso de gordura no fígado e má formação dos ossos.

Outro problema grave causado pelos quilos a mais está no impacto da autoestima, principalmente se levarmos em conta que: 30% das crianças obesas, em idade pré-escolar, tem 30% de chances de virar um adulto acima do peso (A TRIBUNA). Isso não acontece somente no Brasil, mas em diversos países; e, a cada ano, a proporção aumenta pela alta do sedentarismo e da falta da atividade física.

Todos esses fatores mencionados acima ocorrem por não ter uma prevenção por meio da atividade física.

Estimular a atividade física nas crianças

Você deve estar se perguntando: “Como faço para que meu filho se exercite?” Primeiramente, olhe para você, veja se está lhe dando algum exemplo e o que está lhe oferecendo para que tenha o hábito de praticar atividade físicas.

Motive-o, mas não com a atividade que você quer que ele faça; dê a ele opções, até ele encontrar aquilo de que gosta. Leve seu filho para fazer experiências com diversos esportes como natação, judô, handebol, futebol, corrida, saltos, ginástica, hipismo etc. Alguma atividade vai atrair a atenção dele! Cada criança tem um gosto, assim, deve-se dar atenção às preferências dela, a fim de que a atividade se torne prazerosa.

Não projete seus sonhos nos filhos

Um erro muito comum é quando os pais querem que os filhos se realizem naquilo que não deu certo para eles [pais]. Isso acontece muito com aqueles que não conseguiram ser jogadores de futebol e querem que os filhos o sejam, mesmo contra a vontade destes. Esse tipo de atitude só vai deixar a criança, a cada dia, com menos vontade de fazer a atividade física, causando-lhe traumas interiores, por não conseguirem expressar suas vontades; então, crescem sendo pessoas que só realizam a vontade do outro e nunca colocam a sua em prática. Será um adulto sem sonhos nem motivações.

Pais, sejam os primeiros motivadores dos seus filhos. Não fiquem falando palavras negativas, de baixa estima, humilhando-os. Eles não nasceram sabendo andar, correr, chutar, saltar, mas, com suas palavras de motivação, poderão transformar a vida deles.

Não pare nos erros das crianças, pois só errando se aprende. Um dia, você errou e ainda erra; então, que esses erros não sejam fraquezas, mas motivações para um bom desenvolvimento.

Thiago Moreira, missionário da Comunidade Canção Nova
www.cancaonova.com