A devoção a Nossa Senhora do Carmo

179
A devoção a Nossa Senhora do Carmo

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !

Todos os anos a Igreja celebra no dia 16 de julho a festa de Nossa Senhora do Monte Carmelo, ou popularmente chamada de Nossa Senhora do Carmo. O termo Carmo aponta o lugar de origem da devoção a Virgem Maria com este título, o monte Carmelo, na cidade de Haifa, em Israel. Segundo a tradição, foi nesse monte que o profeta Elias viveu, e também, no século XII, um grupo de cruzados deu início a uma vida retirada e solitária, dando início à Ordem Carmelita sob o patrocínio da Virgem Do Monte Carmelo, chamados também dos Irmãos da Bem Aventurada Virgem Maria do Monte Carmelo. Reunidos como irmãos, aqueles pobres homens viviam em obséquio de Jesus Cristo, em pobreza e oração.

Ao longo dos séculos, a Mãe de Jesus sempre foi venerada e invocada com inúmeros títulos que expressam de forma tão bela a confiança filial a Virgem Maria. A devoção a Nossa Senhora do Carmo e ao seu escapulário é tão querida, difundida e amada, não só pelos membros da Ordem Carmelita, mas também pelos Papas e por tantos santos que sempre traziam consigo o Santo Escapulário. São João Paulo II nutria uma particular devoção ao Escapulário da Virgem do Carmo e tinha por este título de Nossa Senhora um grande respeito. Vemos que a devoção a Virgem do Carmo foi sendo também difundida pelos leigos que, em suas angústias e sofrimentos, sempre recorreram à proteção e ao amparo da Virgem do Monte Carmelo.

Aparição de Nossa Senhora do Carmo

Naquela passagem do livro dos Reis — quando o profeta Elias olha do monte Carmelo e vê uma pequena nuvem do tamanho da mão de um homem — é um pré-anúncio de Nossa Senhora, que trará o orvalho do céu sobre a terra. Nessa passagem bíblica, vemos de forma simples Maria.

O escapulário de Nossa Senhora do Carmo é um sacramental, é um sinal externo de devoção Mariana, busca-se com ele estar revestido da proteção de Nossa Senhora como um escudo e, ao mesmo tempo, ser chamado a imitar as virtudes de Maria. Maria é para todos nós modelo perfeito de vida Santa e virtuosa.
Segundo antiga tradição, a Virgem Maria apareceu vestida com o hábito Carmelita a São Simão Stock, religioso e superior da Ordem Carmelita, em 1251, trazendo na mão o escapulário. Nossa Senhora entregava o escapulário ao frade carmelita e dizia: “Aquele que morrer usando o escapulário com devoção não perecerá no fogo do inferno”. O Escapulário foi entregue como um penhor de salvação, sendo usado corretamente com devoção, respeito e amor.

O escapulário é um instrumento de devoção

Vemos que, hoje, muitos usam o escapulário não por devoção, e sim como um amuleto ou por superstição para não experimentar nada de mal. O Escapulário deve ser usado como um sacramental que me aponta algo muito maior e que sou chamado a recorrer com devoção. O verdadeiro escapulário é o de Nossa Senhora do Carmo, aquele que tem de um lado na ponta a estampa da Virgem do Carmo e na outra ponta o Sagrado Coração de Jesus. Outro escapulário é criação do povo. Estar revestido do escapulário é estar revestido das vestes de Maria, revestidos de suas virtudes e de sua proteção, por isso, imitá-la, pois Ela é a perfeita discípula de Jesus.

Maria nos ajuda na nossa caminhada a subirmos rumo ao monte que é Cristo, Ela é a nossa companheira de viagem, assim nos diz a oração da coleta da missa de hoje de Nossa Senhora do Carmo. Vemos que, a partir do século XV, a devoção a Nossa Senhora do Carmo e ao seu escapulário cresceu e foi se difundindo por todo mundo chegando até os dias de hoje, são inúmeras capelas, paróquias e dioceses consagradas a Ela, sendo uma devoção não apenas do Carmelo, mas universal. Pois todos nós somos filhos de Nossa Senhora.

Que revestidos do Escapulário de Nossa Senhora sejamos filhos fiéis e autênticos imitadores de suas virtudes. E que protegidos pelo Escapulário desejemos de todo o coração a eternidade; e que no nosso coração o inferno não tenha espaço. Virgem Santa do Carmo, estendei sobre nós o teu manto e livrai-nos do mal.

José Dimas
www.cancaonova.com