7 dicas bíblicas para ser feliz

felicidade não se compra comdinheiro mas se é feliz amando
Material para catequese
Material para catequese

Quem não quer ser feliz? Quem quer viver em desgraça? Aqui está uma série de dicas muito úteis para nos conceder essa felicidade:

Guarda as suas leis e os seus mandamentos que hoje te prescrevo, para que sejas feliz, tu e os teus filhos depois de ti, e permaneças longos anos na terra que o Senhor, teu Deus, te dá. (Dt 4,40)

Não tenham a menor dúvida de que o caminho seguro para a felicidade é viver segundo a vontade de Deus . E isso implica cumprir os seus mandamentos. Algo possível de fazer se pela graça amamos a Deus. Como diz São João:

Sabemos que amamos os filhos de Deus porque amamos a Deus e cumprimos seus mandamentos. Pois esta é a caridade de Deus, que guardemos os seus preceitos. Seus preceitos não são pesados. (1 Jo 5,2)

Todos devemos saber que quanto mais amamos a Deus, mais fácil nos torna cumprir os seus mandamentos, porque esse mesmo amor é a graça que nos ajuda a não pecar . Quem ama o Senhor acaba odiando o pecado que o afasta dEle, mas não devemos nos desesperar se virmos que ainda pecamos, pois Ele é fiel para nos perdoar todas as vezes que caímos se nos aproximarmos verdadeiramente com o coração contrito e humilhado. . Imploremos o perdão da sua misericórdia e da sua graça a capacidade de vencer todas as tentações.

Honra teu pai e tua mãe, como Javé, teu Deus, te ordenou, para que vivas muitos anos e sejas feliz na terra que Javé, teu Deus, te dará. (Dt 5,16)

Honrar os pais é típico de pessoas decentes. Devemos obediência a eles enquanto estamos sujeitos a eles. E sempre respeitar, enquanto eles viverem . Independentemente de como eles se comportam conosco. Claro que dentro desse aspecto não entra permitir que eles interfiram em assuntos que são de nossa absoluta preocupação. Se o próprio Deus diz que um homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua esposa, é claro que não devemos permitir que os pais ponham em risco o casamento. Mas faça tal coisa sem desrespeito e com a devida honra.

Nem é preciso dizer que na velhice os pais devem ser objeto do maior de nossos afetos. Ainda mais se estiverem doentes. E deixe-me acrescentar também nossos pais espirituais, os sacerdotes. Eles não têm filhos na carne, mas muitos deles nos geraram e nos criaram em Cristo . Vamos estar especialmente atentos a eles.

Porque, seguindo a verdade, serás feliz em todas as tuas obras, como todos os que praticam a justiça. De acordo com suas faculdades, faça esmolas e não perca os olhos depois do que você der. Não vire o rosto de nenhum pobre, e Deus não os afastará de você. (Tobias 4,6-7)

Verdade e caridade, caridade e verdade, uma dupla inseparável para alcançar a fidelidade . Quem dá goza mais do que quem recebe. E poucas coisas são tão satisfatórias para a alma quanto ajudar os necessitados.

Conto uma anedota pessoal. Quando eu era bem criança – não mais que 6 ou 7 anos – ia com minha mãe no metrô de Madri (subúrbio), quando saímos para a rua na estação Embajadores, encontramos uma senhora muito velha pedindo esmola. Por alguma razão que me escapa, fiquei chocado ao ver seu rosto. Passamos, mas quando subíamos as escadas, eu disse à minha mãe: “dá-me cinco duros para dar a essa mulher”. Eu os entreguei para aquela velha, que me olhou bem nos olhos e sussurrou: “Obrigado, meu filho. Deus te abençoe.” Acredite em mim quando digo que não havia muitas crianças no mundo tão felizes quanto eu naquela época.. Foi provavelmente a primeira vez que ajudei uma pessoa pobre. E não vou esquecer na vida a alegria que Deus me deu.

Mas tu guardas a Lei e os preceitos, sê misericordioso e justo, e serás feliz. (Tobias 14.9)

Novamente lei, misericórdia e justiça. Quando a misericórdia de Deus se prostitui tanto hoje, pretendendo torná-la cúmplice das nossas transgressões, é necessário recuperar o seu verdadeiro significado . Grande é a misericórdia de Deus que nos perdoa os nossos pecados, mas há tanta ou mais misericórdia divina em nos libertar do pecado.

Porque Yavé, Deus, é sol e escudo, e Yavé dá graça e glória e não nega bens aos que andam na integridade. (Salmo 84,12)

A graça foi dada a cada um de nós na medida do dom de Cristo. (Ef 4,7)

Pois de sua plenitude todos nós recebemos graça sobre graça. (Jo 1,16)

Não vamos esquecer. Tudo é graça. Até nossa colaboração com a graça nos é dada pela graça . Não vamos desperdiçá-lo. Não caiamos na tentação de confiar apenas nas nossas forças, nem no desespero de acreditar que não nos é dado vencer o pecado. Deus nos ama tanto que envia seu Filho para pagar o preço por nossos pecados e seu Espírito para nos recriar à imagem do Filho, para que possamos vencer toda tentação. Se somos filhos de Deus, ajamos como o Filho de Deus nos permite agir no Espírito Santo. E só então seremos verdadeiramente felizes.

O que pode ser dito de nós:

Não tenho alegria maior do que esta, ouvir que meus filhos andam na verdade. (3 João, 4)

E que com Santa Teresa de Jesus possamos dizer no final dos nossos dias: ” finalmente morro filha da Igreja “ . Afinal, como diziam os Padres, “ não se pode ter Deus por Pai quem não tem a Igreja por Mãe ”.