10. Retiro

Encontros de catequese catecumenato

TEMPO DO CATECUMENATO
RETIRO

EXPERIÊNCIA COM DEUS, ATRAVÉS DA LEITURA ORANTE.
(O RETIRO DEVE SER CONDUZIDO NA
METODOLOGIA DA LECTIO DIVINA)

Obs.: É importante ter um local apropriado para a realização do Retiro, tendo em vista o número de participantes, a duração, acomodação, alimentação, orientador do Retiro, equipe de apoio, ambiente, locomoção, data. É importante que o ambiente seja de silêncio, com espaço adequado aos momentos da realização do Retiro e que a Bíblia tenha lugar de destaque.

ACOLHIDA:

O retiro é um momento importante da nossa caminhada catequética. Faremos um dia de deserto, no qual somos convidados a fazer nossa experiência com Deus e conosco mesmo.
Deserto é o lugar do encontro entre Deus e a pessoa humana. É preciso silêncio para que nos ausentemos da agitação do dia a dia e nos deixemos mergulhar na Palavra de Deus e na oração.

Temos que percorrer um caminho longo nesse dia, que será dividido em momentos. É preciso dispor-se a fazer este caminho.

1º MOMENTO:

A Pessoa Humana (o grupo sentado em círculo, música suave de fundo, um caminho, um esboço do Corpo Humano com as partes separadas – no centro do círculo

coloca-se um pequeno altar com uma vela acesa, uma Bíblia, uma pequena vasilha queimando incenso).

“Ir para o deserto é, em primeiro lugar, partir em direção a si mesmo”. Somos

chamados a fazer essa viagem para nós mesmos.

Quem sou eu?

Sou pessoa humana sonhada, criada e amada por Deus: tenho um corpo, sexo, sentidos, órgãos…

Tenho uma história, um nome, pais, irmãos (pense neles, trazendo-os aqui em pensamento, data de nascimento, local de nascimento.

Tenho sentimentos, desejos, ideais, lembranças, sonhos, traumas, medos.

Necessito do outro, de estar com o outro.

Creio, uso sinais para expressar meus sentimentos

Tenho inteligência, criatividade, aprendo e ensino.

Preciso comunicar aos outros minhas próprias ideias.

Tenho alma e espírito que tem sede de Deus, do sagrado.

Para ser feliz é necessário um equilíbrio entre todas estas dimensões. Sozinho eu não sou capaz. Eu não posso esquecer a minha origem.

Encerrar: Salmo 8.

Canto: Vem Espírito – n. 7

2º MOMENTO:

A Experiência com Deus. (se possível em outro local)

(o grupo sentado no chão em círculo, música de fundo – sinfonia da natureza, argila).

“Partir para o deserto é ir para mais longe de si mesmo”.

O deserto é o lugar do encontro entre Deus e a pessoa humana.

“Por isso, eu mesmo a seduzirei, conduzirei ao deserto, e lhe falarei ao coração… Eu te desposarei na justiça, no direito, no amor, e na ternura”.

(Os 2,16 e 21).

(Entregar uma porção de argila para cada catequizando, pedir que amasse enquanto é feita a leitura de Jr 18, 1-6).

– Imagine o oleiro dando vida ao barro… compare-o com o Senhor Deus…

– Coloque-se nas mãos do Criador imagine-o formando você, soprando-lhe a vida

– você é um vaso, um vaso único…

– Dê forma a este barro que está em suas mãos, crie, faça um vaso…

– Um tempo se passou desde aquele dia em que você foi criado: 15, 20, 35 anos…

Quantas lembranças!

Quantos acontecimentos!

Coisas boas… que ajudaram a aperfeiçoar este vaso.

Coisas ruins… que provocaram marcas, rachaduras arranhões, deformações…

Muitas vezes tentar consertar é quase impossível ou impossível mesmo; às

vezes é preciso quebrar o vaso, esfarelá-lo e novamente se colocar nas mãos do

oleiro, do Criador, para ser recriado.

Contemple a sua obra. Ela está perfeita? Se não estiver refaça-a, enquanto isso,

em silêncio peça a Deus que te faça novo, que te recrie.

CANTO: Vaso Novo – n. 8

“Não temas porque Eu estou contigo, não te assombres porque Eu sou o teu Deus, Eu te fortaleço, e te ajudo e te sustento com a minha destra fiel”. (Is 4,10).

É preciso confiar…

Deus não quer apenas ser conhecido, mas quer ser amado, experimentado.

3º MOMENTO: LECTIO DIVINA – Leitura Orante da Palavra de Deus.

Como vimos a Lectio Divina ou Leitura Orante tem 4 passos. Iniciar, invocando o Espírito Santo.

Preparando-se para a Leitura Orante (pessoal). Encontre um local adequado para a sua oração. Pare, faça silêncio interior e concentre-se no que vai fazer.

Ponha-se numa posição agradável e relaxe seu corpo. Respire profundamente, várias vezes e coloque-se na presença de Deus. Respire paz, tranquilidade, harmonia… Volte sua atenção, serenamente, para a presença de Deus. Coloque-se humildemente diante do Senhor como filho (a) amado (a) e querido (a) de Deus.

1 – Leitura lenta e atenta do texto: Jo 4,4-42.

A Leitura, primeiro passo da Lectio Divina, é para conhecer e amar a Palavra de Deus. Ler atentamente o texto ao menos duas vezes. Tentar entender o que o texto significaria na época em que foi escrito. Momento de silêncio interior. O que o texto diz em si?

1. Quem são as pessoas que aparecem no texto e qual a situação de vida de cada uma?

2. De acordo com texto qual o papel de cada uma e quais seriam os seus sentimentos?

3. Aparece algum conflito no texto? Como é resolvido?

4. Destaque os versículos que foram mais fortes para você (sem tentar interpretar).

2 – Meditar a Palavra

Atualizar a palavra ligando-a com a vida.

1. Na meditação, eu procuro atualizar a Palavra na minha vida?

2. O que o texto tem a dizer para mim, para nós, hoje?

3. Que ensinamentos o Senhor quer-me, quer-nos dar?

– Ao final de cada momento, cada um partilha o que o espírito o iluminou.

3 – Respondendo a Deus pela Oração

Neste passo eu me dirijo a Deus.

– O que o texto me faz dizer a Deus?

– Tudo o que foi lido e meditado, agora, será transformado em uma conversa orante e agradável com Deus. Na Oração sou convidado a falar com Deus através de um pedido de perdão, um louvor, um agradecimento, uma súplica, oferecimento

. Eu Te louvo e agradeço Senhor…

– A oração deve brotar do coração, tocado pela Palavra.

4 – Contemplação

Contemplar é ver a vida com os olhos da fé, e contemplar a vida, as pessoas e o mundo com os olhos de Deus. É sentir a presença da Santíssima Trindade ao nosso lado. Reler o texto e voltar-se para a sua realidade (o seu dia a dia) e formular um compromisso. A palavra de Deus me aponta um caminho novo de vida, algo que eu preciso viver. Pode ser um apelo de conversão ou de realizar alguma coisa por alguém, pela comunidade…

– O que o texto sugere para a minha prática diária? Minha missão?

Partilhar cada passo

Conclusão: Rezar a Oração:

“Senhor, coloco-me, agora, diante da Sarça Ardente do teu Amor e abro, diante de Ti, o tapete da minha vida!

Aqui estou com minha fragilidade, pobreza, minhas sombras e luzes! Mesmo assim, me convidas a ser teu discípulo. Eu Te agradeço por tanto amor!

Queima, em mim, tudo o que não é bom. Fecunda meu ser com o Teu Santo Espírito para que minha pessoa e minha vida Te revele a todos.

Assiste-me em minhas tristezas e frustações! Recebe minhas alegria e realizações! Ajuda-me a ser uma benção para todos.” Amém.

A Lectio Divina é a base necessária de toda a vida cristã. A vida espiritual do cristão é a Sagrada Escritura lida, meditada, rezada e contemplada. Isso é compro[1]misso de cada dia. A leitura orante não é exercício isolado do cristão, pois ele está em comunhão com toda a Igreja. Conforme Orígenes, o “cristão perfeito” é aquele que sabe ler as Escrituras; Jerônimo, o que nos leva a “desconhecer a Escritura é desconhecer Cristo”. Também Santo Ambrósio pede que a leitura da Palavra de Deus seja contínua e diária: – “Tenham, diariamente nas mãos a Sagrada Escritura, a fim de adquirir o conhecimento de Cristo”.

Obs.: Se os catequizandos não possuem apostila, é importante reproduzir material contendo os passos da Leitura Orante para que possam praticá-la outras vezes.

AJUDE A MANTER O SITE NO AR !

Nosso site tem uma divida mensal e a cada dia está mais difícil manter o site no ar. Doe qualquer valor e você ira muito ajudar na manutenção e permanência do site no ar ! O seu gesto de amor ajudara muitos catequistas que visitam nosso site

FAÇA UMA DOAÇÃO DE QUALQUER VALOR

PIX CHAVE CPF: 16800472808
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

ou

PIX CHAVE EMAIL: [email protected]
RESPONSAVEL: Anderson Roberto Fuzatto

Deus te abençoe !